• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - Câncer de Boca

Câncer de Boca

O câncer da boca (também conhecido como câncer de lábio e cavidade oral) é um tumor maligno que afeta lábios, estruturas da boca, como gengivas, bochechas, céu da boca, língua (principalmente as bordas) e a região embaixo da língua. É mais comum em homens acima dos 40.

PRINCIPAIS CAUSAS:

Tabagismo: Quem fuma cigarro ou utiliza outros produtos derivados do tabaco, como cigarro de palha, de Bali, de cravo ou kreteks, fumo de rolo, tabaco mascado, charutos, cachimbos e narguilé, entre outros, tem risco muito maior de desenvolver câncer de boca e de faringe do que não fumantes. Quanto maior o número de cigarros fumados, maior o risco de câncer.  

•      Consumo regular de bebidas alcoólicas.

•      Exposição ao sol sem proteção representa risco importante para o câncer de lábios.

•      Excesso de gordura corporal aumenta o risco de câncer de boca.

•      Os trabalhadores da agricultura e criação de animais, indústria têxtil, de couro, metalúrgica, borracha, construção civil, oficina mecânica, fundição, mineração de carvão, assim como profissionais cabeleireiros, carpinteiros, encanadores, instaladores de carpete, moldadores e modeladores de vidro, oleiros, açougueiros, barbeiros, mineiros, canteiros, pintores e mecânicos de automóveis podem apresentar risco aumentado de desenvolvimento da doença.

Infecção pelo vírus HPV está relacionado a alguns casos de câncer de orofaringe.

PREVENÇÃO:

•      Não fumar;

•      Evitar o consumo de bebidas alcoólicas;

•      Ter alimentação rica em frutas verduras e legumes;

•      Manter boa higiene bucal;

•      Ir ao dentista regularmente para fazer uma avaliação;

•      Usar preservativo (camisinha) na prática do sexo oral.

•     

SINAIS E SINTOMAS:

           Lesões (feridas) na cavidade oral ou nos lábios que não cicatrizam por mais de 15 dias, que podem apresentar sangramentos e estejam crescendo.

Manchas/placas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, céu da boca ou bochechas

•      Nódulos (caroços) no pescoço;

•      Rouquidão persistente.

Nos casos mais avançados observa-se:

Dificuldade de mastigação e de engolir;

•      Dificuldade na fala;

•      Sensação de que há algo preso na garganta;

•      Dificuldade para movimentar a língua.            

 

Fique atento a esses sinais e a mudanças na coloração ou aspecto da sua boca. No caso de anormalidades, procure um profissional de saúde.

O diagnóstico do câncer de cavidade oral normalmente pode ser feito com o exame clínico (visual), mas a confirmação depende da biópsia. Na grande maioria das vezes é cirúrgico, tanto para lesões menores, com cirurgias mais simples, como para tumores maiores. O cirurgião de Cabeça e Pescoço é o profissional que vai avaliar o estágio da doença.

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Entretenimento

Data: 02/02/2019

Visitas: 16

Palavras-chave: Câncer de Boca

Fonte: Dra. Josélia Gaioso

Big Systems
4243539 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 21 do mês 02 de 2019