• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - COLUNA DO SILVEIRA 1392

COLUNA DO SILVEIRA 1392

“Com as Graças de Deus, seguimos caminhando todos os dias, vencendo as tribulações, abençoados por Seu Filho Jesus Cristo, e iluminado pelo Espírito Santo”.

Por Clélio Silveira Filho do livro Gotas de Reflexão Espiritual parte I.

 

Olá, bom dia! Menos de 48 horas depois, cá estamos nós outra vez com mais uma edição impressa, online e em PDF do seu Jornal AGORA Santa Inês. Nem o “mundão” de festa que aconteceu na cidade no meio da semana, nos impediu, Graças a Deus, de circularmos neste sábado dia 16 de março de 2019 com a edição 1.392 deste “periódico” como costumava chamar meu saudoso amigo/irmão Chico Coa Café. Não é fácil trabalhar debaixo de muito barulho, mais e daí? Ora, o povo quer se divertir, e a gente se diverte olhando a “massa” pra cima e pra baixo, passando na porta do jornal. Milhares de pessoas. Difícil saber em qual dos dois dias de Dona Zima tinha mais gente, se na quarta com a cantora gospel, ou na quinta com o esticado Jonas. O certo é que foi festa por demais! Agora, imagina se a prefeita faz o Carnaval também? Aí era demais, emendava uma festa na outra e o dinheiro do povo ia pro povo em forma de axé, sertanejo, marchinhas de carnaval, etc. Bem fez ela em não fazer mesmo. O povo quer festa, mas, também precisa de outras coisas mais sérias. Deixemos as festas de lado e vamos ao “batente” porque, aqui a gente nunca correu do trabalho, pelo contrário, nós é que corremos atrás dele. Esperamos que todos tenham um ótimo dia, um boníssimo fim de semana e que Deus nos abençoe a todos (desculpe-me se cometo uma redundância). Amém!

PENINHA O CANTOR

Tenho conversado muito nos últimos dias com o grande amigo cantor e compositor,  Peninha, com quem fiz muitos  shows por vários estados brasileiros, inclusive com passagem aqui por Santa Inês na década de 80. É impressionante que cada vez que conversamos, parece que os fatos que lembramos aconteceram ontem. Peninha segue sendo um dos maiores compositores brasileiros, morando em Alphaville, São Paulo, mas, continua sendo um ser humano humilde e agradecido a Deus. Um de seus filhos é cantor  Gospel, e ele, Peninha, diz que foi salvo  aos 45 minutos do segundo tempo. Prometemos não nos desconectar novamente. A amizade já dura uns 35 anos. Assim como ele, outros tantos artistas com quem  trabalhei, ainda mantenho contato, mas todos sabem de uma coisa; seguimos amigos, entretanto shows, só se for em alguma comemoração. Salve Haroldo! Deus te abençoe grande amigo!

NONO DE CASA NOVA

O empresário Nono Ferreira, abre nesta segunda-feira (18), as portas da novíssima e luxuosa loja Nono Veículos, depois de mais de seis meses de construção. Isso mesmo; construção. Nono, um empresário que nos orgulha e trabalha por esta cidade, um dos mais generosos e religiosos, derrubou  “na chão” a loja velha e construiu uma nova. Passe lá hoje para tomar um café da manhã e conhecer as novas estruturas da nova NONO VEÍCULOS.

ELOGIOS SOBRE EDIÇÃO DO ANIVERSÁRIO DA CIDADE

Incontáveis foram as mensagens de elogios, que recebemos por conta da edição Especial de Aniversário de Santa Inês, a última. Os elogios vieram de amigos e leitores do Rio de Janeiro, de São Luís, de Imperatriz, de São Paulo, de Imperatriz, de Manaus, de Fortaleza, de Teresina, daqui mesmo da cidade, um grande número de pessoas que formam opiniões, gente que entende do “riscado”, quem estava mais atento às informações contidas na edição e vai por aí. Nos sentimos felizes e com a sensação do dever cumprido. O AGORA faz parte da história de Santa Inês desde 2001. Em setembro comemora maioridade, 18 anos. E está mais vivo do que nunca! Detalhe: agora prepara voos altíssimos. Nos aguardem! Ah, e o nosso muito obrigado por tantos afagos. Divido-os com os meus familiares, com os colegas de trabalho, meus colaboradores, nossos assinantes, nossos anunciantes e nossos milhares de leitores. Em nome de todos o nosso melhor......muito obrigado!

A SAÚDE DE DONA IZABEL CRISTINA

Nos preocupa muito, o estado de saúde da amiga (de toda a minha família) Izabel Cristina Coelho Vieira, dona do Colégio Atuação. Ela que faz parte de uma família de mulheres envolvidas com a educação de Santa Inês, desde quando aqui a família chegou, final da década de 60, indo pra década de 70 já com muita bagagem, é uma das três irmãs professoras que entraram para a história de Santa Inês. Das três, uma partiu bem cedo, a amiga Izabel nos preocupa agora, e nos preocupa também como está sua irmã diante da situação,  muito mais amiga nossa, a Tereza da Escola Horas Alegres, por onde, assim igualmente como o Atuação, já passaram milhares e milhares de alunos. Só pra o leitor ter uma ideia, a Escola Horas Alegres comemorou nesta semana 39 anos de existência. Roguemos a Deus pela saúde da Mestra e empresária Izabel Cristina. Façamos nossas orações. Deus nos ouve quando fazemos uma corrente de oração por alguém. Creia nisso e reze baixinho no seu cantinho. Ele vai te ouvir. Nos ouvir. 

MORRE A MÃE DE SAULO

E é com muito pesar que este Colunista e editor-chefe do AGORA, registra aqui o falecimento aos 78 anos no Rio de Janeiro, da radialista e cantora Célia Cardoso Alves, que morava na Região dos Lagos, em Maricá, mas que atualmente passava por problemas de saúde. Ela vem a ser a mãe do meu cunhado, Saulo Gomes, apresentador de TV, e foi casada com o decano do jornalismo brasileiro, Saulo Gomes (pai) com quem teve um casal de filhos, o Saulo que escolheu Santa Inês para morar e Luiza Alves. Ela faleceu na quarta-feira, 13, às 6 horas da manhã em um hospital do Rio de Janeiro.  Meu cunhado Saulo, que já enfrenta problemas de saúde – ele é casado com minha irmã Leninha – está passando por este momento de luto, e nós, nos solidarizamos e nos unimos a ele, para que Deus lhe dê forças para segurar de pé perda tão expressiva. Força cunhado. Você é um homem de fé! Vai superar todas as barreiras, creia nisso. Estamos juntos! Teus fãs do Bronca, também! (na foto Dona Célia Cardoso Alves com um dos meus irmãos, no Rio de Janeiro, Raudivan Silveira/ Foto arquivo da família)

MORTES EM SUZANO

O que dizer diante de mais uma tragédia no Brasil? Só lamentar que circulem armas com a maior facilidade pelo Brasil. Lamentar que jovens tirem a vida dos outros e as suas próprias vidas porque de uma forma ou de outra, e dependo da forma que vivem e como convivem, se acham nesse direito. E para piorar mais ainda, querem liberar 4 armas para cada cidadão brasileiro guardar em casa, no comércio ou na fazenda. Imaginem se somente 10% da população comprar 4 armas, nós termos mais 84 milhões de armas circulando pelo Brasil. O que será de nós? Não se pensa nisso. Como liberar mais armas, se o que se tem que fazer é recolher as que tem por aí? O tal do miliciano que foi preso acusado de ter matado a vereadora lá do Rio de Janeiro, tinha um arsenal com mais de 100 fuzis. Imagina o que é isso? E todo dia tem mais uma tragédia nesse Brasil. Agora choramos pelas vítimas de Suzano. Antes choramos pelas vítimas de Brumadinho, pelas vítimas do “Ninho do Urubu”, pelas vitimas do.......até quando. Jesus, TOMA CONTA!!!! 

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Coluna-do-Silveira

Data: 16/03/2019

Visitas: 501

Palavras-chave: COLUNA DO SILVEIRA 1392

Fonte:

Big Systems
4629172 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 24 do mês 06 de 2019