• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - COLUNA DO SILVEIRA 1403

COLUNA DO SILVEIRA 1403

“A Alma se alegra quando o motivo para tanto é Jesus. E se entristece, se nossa animação não tem nada a ver com Ele. A Alegria Verdadeira é Jesus! Simples assim”. Clélio Silveira Filho.

olá, bom, dia! Olha nós aqui outra vez com mais uma edição impressa, online e em PDF do Jornal AGORA Santa Inês, sendo esta simplesmente a de número 1403, ou melhor, a edição 1400 fora as três que “certos políticos” em 2001 juravam que nós não passaríamos delas, das ditas cujas três. Queimou a língua ou está nos “engolindo” até hoje, e pode se preparar para ver o que vem por aí. Em setembro estaremos completando 18 aninhos de existência, de batalha dura, porém vencedora a cada round. Hoje é sábado, dia 27 de abril, finzinho do mês chegando e a gente já começa a criar expectativas com relação ao mês de maio, e daí por diante. Fico aqui na torcida para que tenhamos todos nós um bom dia, um ótimo final de semana e que Deus, em sua infinita bondade, continue a nos abençoar. A abençoar a todos nós, faço questão de deixar bem claro aqui que quando eu peço bênçãos para Deus não é só para mim, mas para todos que de uma forma ou de outra venha a ler este jornal ou a fazer parte da minha família, do meu círculo de amizades, os nossos assinantes, anunciantes, leitores em geral e até para quem eu nunca vi mais gordo e muito menos, mais magro. Benção é bom quando é para todo mundo. Amém!

MUITO OBRIGADO

Eu não teria aqui espaço para listar aqui o incontável número de parabéns que eu recebi na quinta-feira, por conta dos meus 66 anos. Parabéns que vieram do Rio de Janeiro, de São Paulo, de São Luís, do Pernambuco, do Paraná, do Goiás, de Imperatriz, de Barra do Corda, de tantos outros lugares que eu nem consigo me lembrar, parabéns dos filhos e filhas, netos e netas, da sogra, tios, sobrinhos, afilhados, amigos, políticos, médicos, advogados, cunhados, genros, noras, irmãos da RCC, e muitos, muitos mesmo votos de felicidades. Ah, o primeiro parabéns, tinha que ser de minha mulher...e foi. A todos muito obrigado, inclusive àqueles que se debruçaram sobre o celular e escreveram longos votos de parabéns. Muito obrigado, mesmo!

GRATIDÃO A DEUS

E não poderia deixar de explicitar aqui de público a minha gratidão a Deus pela dádiva desses 66 anos que Ele me permitiu viver com saúde, paz, trabalho e cercado de filhos, do amor de minha mulher, do carinho dos amigos e com dignidade. Sou eternamente grato A Deus pelo tanto que Ele tem demonstrado que me ama, assim como ama você que está lendo esta coluna agora. Creia nisso! Ele nos ama a todos, nós é que às vezes não estamos nem “nos lixando” para isso. Mas, creiam, eu sou literalmente agradecido pelo que Deus me proporciona. Sem Ele......eu não sou nada! Obrigado pelos meus 66 anos com saúde e cara de 50! É o que dizem. Obrigado! Obrigado e Obrigado!!!!

MAIA: UM É VAIDOSO E OUTRO É RADICAL

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse acreditar, nesta sexta-feira, 26, que “caiu a ficha” do presidente Jair Bolsonaro, se referindo às boas relações políticas que o presidente da República deve ter com os parlamentares. O deputado, no entanto, fez diversos ataques ao clã. Disse que Eduardo é vaidoso e que Carlos é radical.

“Ele não era nada, era um deputado do baixíssimo clero, o pai vira presidente, ele passa a ser chamado pela equipe do Trump, pela equipe de não sei o quê… Um pouquinho de vaidade é um direito, não é?”, disse Maia sobre Eduardo , em entrevista publicada na manhã desta sexta-feira, 26, pelo BuzzFeed.

Maia criticou o fato de que Eduardo  tem parte no comando da política externa do país. “Ascendeu do “baixíssimo clero” para comandar uma política externa que é essa loucura aí”, afirmou.

TEM QUE INTERNAR

Sobre Carlos (FOTO), vereador do Rio de Janeiro e filho mais velho do presidente da República, Maia disse que “precisaria internar”. O presidente da Câmara foi perguntado sobre o fato de que Carlos teria impedido o pai de acessar sua própria conta no Twitter. “Eu não acredito, e ninguém acredita mais, que é o Carlos que comanda esse jogo”, afirmou. Maia responsabilizou o próprio Jair Bolsonaro pela publicação do “golden shower“. “Alguém coloca aquilo do golden shower sem o pai ver? O filho pode ser doido à vontade, mas num negócio daquela loucura só com autorização do dono da conta”.

PRIMEIRAS FALAS DE LULA 

‘Fico preso 100 anos, mas não troco dignidade por liberdade’, diz Lula. Após redução de pena e possibilidade de regime semiaberto em setembro, ex-presidente afirma em entrevista a jornais que só deixará a cadeia inocentado.  Preso em Curitiba desde abril de 2018, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu nesta sexta-feira, 26, uma entrevista ao jornal Folha de S. Paulo e ao portal do jornal El País. Depois do julgamento do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que confirmou sua condenação no caso do tríplex do Guarujá por unanimidade, mas reduziu sua pena e abriu possibilidade de progressão ao regime semiaberto em setembro, Lula disse que só deixará a prisão se for inocentado. “Eu ficarei preso 100 anos, mas não trocarei minha dignidade pela minha liberdade”, declarou o petista. “Você pensa que eu não gostaria de estar em casa? Adoraria estar em casa com minha mulher, com meus filhos, meus netos, com meus companheiros, mas não faço nenhuma questão. Eu quero sair daqui com a cabeça erguida como eu entrei, inocente”, declarou o petista, que disse ter ido para a prisão com “muita tranquilidade”. 

LULA DIZ QUE NÃO TEM PROBLEMA  PASSAR O RESTO DA VIDA PRESO

Indagado sobre se teme passar o resto da vida preso, o ex-presidente respondeu que “não tem problema”. “Tenho certeza que eu durmo todo dia com minha consciência tranquila, tenho certeza que o [procurador Deltan] Dallagnol não dorme e o [ex-juiz Sergio] Moro não dorme. E aqueles juízes do TRF4 que nem leram a sentença fizeram um acordo lá era melhor que só um tivesse lido e falado ‘olha, todo mundo vota igual’”, criticou. Lula disse que, antes de ser condenado em segunda instância na Lava Jato e ter a prisão decretada, aliados o incentivaram a deixar o Brasil ou pedir asilo a uma embaixada estrangeira, possibilidades que rechaçou. “Eu tomei como decisão que meu lugar é aqui [no Brasil]. Tenho tanta obsessão de desmascarar o Moro, desmascarar o Dallagnol e a sua turma e aqueles que me condenaram, que eu ficarei preso cem anos, mas não trocarei minha dignidade pela minha liberdade. Quero provar a farsa montada”, disse. (PR  (Marlene Bergamo/Folhapress)

DIZ, E DESDIZ

A Secretaria de Governo divulgou uma nota na noite de ontem, sexta-feira (26) na qual informou que peças de propaganda de empresas estatais não precisarão ser submetidas à Presidência da República porque isso feriria a Lei das Estatais. A nota foi divulgada após o secretário de Publicidade e Promoção, Glen Lopes Valente, ter enviado um e-mail a empresas – como Petrobras e Correios – determinando que as peças de propaganda fossem submetidas à Secretaria de Comunicação Social, subordinada à Secretaria de Governo. "Em atendimento à decisão estratégica de maximizar o alinhamento de toda ação de publicidade do Poder Executivo federal, comunicamos que a partir desta data o conteúdo de todas as ações publicitárias, inclusive de natureza mercadológica (...) deverá ser submetido para conformidade prévia da Secom [Secretaria de Comunicação da Presidência]", dizia o e-mail. Na noite desta sexta, a Secretaria de Governo divulgou a seguinte nota: "A Secom, ao emitir o e-mail veiculado, não observou a Lei das Estatais, pois não cabe à Administração Direta intervir no conteúdo da publicidade estritamente mercadológica das empresas estatais”. Questionada se, a partir disso, a orientação do secretário não valeria mais, a Secretaria de Governo respondeu que sim.

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Coluna-do-Silveira

Data: 27/04/2019

Visitas: 188

Palavras-chave: COLUNA DO SILVEIRA 1403

Fonte:

Big Systems
4520950 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 24 do mês 05 de 2019