• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - O orgulho

O orgulho

Esse é, certamente, um dos mais importantes sentimentos humanos, refere-se, essencialmente, a exortação de si mesmo, onde o próprio sujeitos procede uma auto exortação, enaltece-se a si mesmo. Todos nós já o experimentamos alguma vez na vida. É uma sensação inusitada, prazerosa, agradável e está em consonância com um acontecimento importante para a vida de quem o sente. Orgulhar-se, entre as vivências, humanas é comum pois, até mesmo situações bem simples na vida, pode-levar alguém a experimentá-lo.

A sua significância será dada a partir da experiência específica que o provoca e é ela que definirá seu significado psicológico, social ou mesmo psicopatológico.  Portanto, orgulhar-se é próprio dos seres humanos. Por si tratar de uma experiência muito subjetiva onde seu significado e intensidade varia de pessoa para pessoa, a expressão de se orgulhar é pessoal, envolvente e traduz a essência do sentimento que se tem por em cada ocasião ou situação que o determina.

A palavra, é corrente em nosso idioma e muito aplicado em colóquios e, como outros sentimentos, pode ter um significado ambíguo. Em uma perspectiva, positiva, o orgulho refere-se a honradez, ufania, amor próprio, realça o esforço, a dignidade, a dedicação e outras qualidades em quem o experimenta. Destaca também, brio, altivez e o valor de si mesmo. Destaca as conquistas e o bem de cada. “Fulano sente-se orgulhoso dos filhos”, “sinto orgulho do trabalho que faço. Meus pais me dão orgulho“! etc... Essa forma de expressar orgulho é digna, reconhecida, conveniente e aceita por todos.

Se aplicado em uma perspectiva negativa, orgulho refere-se a um sentimento exagerado de vaidade, hipervalorização de si mesmo, de presunção, de empáfia, de imodéstia e de insolência. Havendo nesses casos, uma espécie exagero, culto ao orgulho, de disfuncionalidade ou distorção em seu significado. A evocação desse tipo de orgulho, nessas condições, pode, contrariamente ao que ocorreu no primeiro exemplo, significar despudor, desconsideração, desagrada aos outros e provoca repúdio.

Etimologicamente, se origina do catalão, orgull, relativo a alguém que tem um conceito exagerado de si próprio. Uma pessoa dita orgulhosa, é a que cultiva o orgulho, e se caracteriza como tal, é considerada socialmente como uma figura soberba, vaidosa, arrogante, desprezível pois em última instância, demonstra desprezo pelos outros ao mesmo tempo em que se vangloria.

Nessa perspectivava, o orgulhoso, se basta a si mesmo e o outro é sempre desconsiderado. Não são humildes, por isso mesmo fogem dos preceitos da fé cristã, onde a humildade, compaixão e indulgências são exortados como virtudes. O orgulhoso é vaidoso e ostenta poder. A Igreja católica condena essa condição, o colocando entre os Sete Pecados Capitais.

Há ainda outros significados para orgulho. Quando alguém experimenta algum fracasso ou é humilhado, injustamente, comumente diz-se que essa pessoa está com o orgulho ferido, para demonstrar a amargura que sentira quando seu valor foi desconsiderado. E, isso não é incomum, muitas pessoas passam por isso e modernamente uma condição que facilita essa experiência negativa é o buling.

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Entretenimento

Data: 15/06/2019

Visitas: 22

Palavras-chave: O orgulho

Fonte: Por Ruy Palhano

Big Systems
4706026 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 15 do mês 07 de 2019