• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - COLUNA DO SILVEIRA 1425

COLUNA DO SILVEIRA 1425

“O  cansaço às vezes quer nos consumir e nos abater diante dos desafios do dia a dia. Para que isso não aconteça, é necessário que busquemos forças espirituais junto a Deus. Só Ele nos fortalecerá e nos permitirá alcançar as vitórias do dia a dia!”    (Clélio Silveira Filho)


Olá, bom dia! Aqui estamos nós com mais uma edição impressa, online e em PDF do Jornal AGORA Santa Inês, a edição de número 1425 que circula nesta quarta-feira, dia 17 de julho de 2019. É “nós” seguindo firme que nem uma rocha, agarrados nas mãos de Deus que nos quer em atividade sempre! É Dele que vem a força que nos conduz a cada dia de fechamento de edição do AGORA. Uma batalha que não é fácil e envolve mais de uma dúzia de pessoas até o nosso “produto” chegar em suas mãos em qualquer uma das versões. E exige muita responsabilidade, coragem  e Fé de que tudo vai dar certo. E dá. Amém! Quanto a forma ou a maneira em que conduzimos nossa linha Editorial, isso é jornalismo livre e independente. Críticas, denúncias, etc. isso é jornalismo também. A maioria gosta que agimos assim, alguns poucos não, mas como nem Jesus agradou a todos, não seríamos nós, pobres pecadores e mortais, que iríamos agradar, logo, a vida segue e a gente segue também rente no batente, com as Graças de Deus! Que Ele, nesta quarta-feira, e no decorrer de toda esta semana, nos abençoe muito, a todos nós, repito. Amém!

 

AS BARBARIDADES ASSUSTAM

Não tem como não publicar. Aqui nas páginas do AGORA, principalmente na página 10 desta edição, relatamos alguns casos bárbaros cometidos por gentes comuns, que embriagadas são capazes de tudo. Eu digo sempre e repito, o alcoolismo é uma arma usada para fazer o mau. Vejam lá; um homem matou outro por causa de um pedaço de melancia. Noutro caso o estopim foi uma nota de 10 reais; um devia ao outro. E um terceiro caso, um homem embriagado “torturou” com direito a plateia e tudo, um gato até a morte. Quer dizer......onde vamos parar? Não somos santos para ficar aqui apontando o dedo contra todo mundo, mas nossa missão de jornalista nos obriga a relatar fatos que nos deixam estarrecidos. Só Jesus na causa!

FAZ SENTIDO 

O Planalto comete um erro se desdenhar da possibilidade de Eduardo Bolsonaro ser reprovado na Comissão de Relações Exteriores ou no plenário do Senado, para embaixada do Brasil em Washington. Há precedente: o diplomata Guilherme Patriota foi reprovado por 38×37 no Plenário do Senado, em maio de 2015, para representar o Brasil na Organização dos Estados Americanos (OEA). Há mais: a aprovação de embaixadores é das poucas votações que ainda são secretas no Senado Federal. A ameaça é concreta: o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, tem sido hostil às demandas do Itamaraty desde o início do ano.  A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

 DNIT “LAVOU AS MÃOS”

E sujou sua imagem. As crateras que haviam sido abertas por conta do pesado inverno no contorno que une as BR,s 316 e 222 estão sendo fechadas, tapadas e recebendo benefício por parte da Prefeitura Municipal de Santa Inês, que não tem nada a ver com aquele trecho  que é de responsabilidade do DNIT. Coisa do Governo Federal.

PREFEITURA ASSUMIU A FATURA

Mas, a Prefeitura, não aguentando mais o desgaste que acaba recaindo sobre ela, está gastando seus próprios recursos para fazer o que o DNIT não faz. Uma pessoa muito próxima da administração municipal “desenhou” na manhã de segunda-feira, bem cedinho para um “chegado” seu na atual gestão, convencendo-o da necessidade de restaurar aquele trecho e do prejuízo que ele vinha  causando para a imagem da prefeita.

AGIU RÁPIDO

Foi “tiro e queda”, a mensagem foi entendida e logo pela manhã de segunda-feira, começou a restauração do contorno. E isso não foi preciso briga e nem nada demais.  Se consegue as coisas quando se é bem intencionado,  e se tem o poder de convencimento e o objetivo, óbvio, é coletivo. Valeu prefeita, os daqui e os de fora agradecem!

IGREJA MATRIZ E REFORMA

O Pároco da Matriz de Santa Inês, Padre Joelson, chegou com vontade de fazer uma grande reforma na estrutura da igreja. Começou com a perfuração de um poço artesiano que segue em sua reta final ou perto disso. Depois Padre Joelson quer mudar o forro da igreja, climatizá-la (ou seja, colocar ar refrigerado) e ainda mais, trocar o piso. Por enquanto é só.

VAMOS ABRIR O BOLSO

É, mas Padre Joelson para fazer tudo isso vai depender de dinheiro, muito dinheiro, e a igreja não tem. Então, vamos virar pidões e vamos correr atrás (que não fujam) de quem pode ajudar, afinal, esses benefícios já tem em várias igrejas católicas pelo interior do Maranhão, só aqui que não. E com um calor desses, o Padre está mais do que certo. Baixa o forro, muda as luminárias, climatiza e troca-se o piso. Está profetizado que vai dar certo. Vá preparando seu bolso que a comitiva do “ajuda aí” vai passar na sua empresa. Aguardem!

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Coluna-do-Silveira

Data: 17/07/2019

Visitas: 489

Palavras-chave: COLUNA DO SILVEIRA 1425

Fonte:

Big Systems
5162148 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 20 do mês 10 de 2019