• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - COLUNA DO SILVEIRA 1431

COLUNA DO SILVEIRA 1431

“Às vezes não somos essa fortaleza que parecemos ser. Na verdade, qualquer  vacilo na nossa fé, pode nos levar a um momento de desespero. Mas é exatamente aí que não podemos nos afastar de Deus ou Culpá-lo pelo que está acontecendo. Ele nos fará dar a volta por cima, desde que não soltemos Suas mãos”. Clélio Silveira Filho

Olá, bom dia! Cá estamos avançando pelo mês de agosto com gosto, e com muita coragem e Deus no comando! Ora, logo, estamos mais firmes que uma rocha, e certos de que a luta é natural, mas a vitória é real. Hoje são 7 de agosto de 2019, uma quarta-feira que acredito, será mais do que abençoado por Deus, aliás, já está sendo, creia nisso  se você está nos lendo. Isso por si, só, já é uma vitória, não pelo jornal, mas pelo fato de você está vivíssimo e com muita expectativa para viver este dia. Ah, só uma pergunta: você já fez sua oração matinal? Já colocou seus problemas, seus projetos, seus compromissos de hoje aos pés de Jesus? Se não fez, pare um pouco e o faça. É bom vivermos um dia inteiro confiantes em Deus. Creia, o dia é diferente. Não que Ele vá resolver todos os seus problemas, pagar suas contas, te dar de presente um carro, uma casa ou coisa assim. Isso a gente sabe que temos que suar para ter, mas fica mais fácil conseguir tudo isso, se a gente estiver seguindo amparado em orações e abençoado por Deus. Cada dia, é um dia, e a opção de vivermos cada um deles mais voltados para as coisas de Deus é nossa. Ele está de braços abertos, que a gente pelo menos estenda as mãos para Ele, e a oração é como se fosse nosso braço estendido para Ele, é uma conexão com Ele. Bom, espero que se você chegou até aqui, não pare nesse texto, e vá adiante, faça um propósito com Deus, Ele te abraçará! Que as bênçãos dele alcancem  a todos nós, onde quer que estejamos nesta quarta-feira. Amém!

REVISTA AGORA

Vem com tudo a nova edição da Revista AGORA, cuja produção está a “pleno vapor”, para usar uma expressão lá das antigas. As editoras Patrícia Silveira e Aldrey Barbosa seguem fechando as últimas páginas, enquanto na plataforma de editoria da revista na sede do Sistema Agora, Carlos Magno comanda a equipe na diagramação de cada página.

O TRABALHO, COMPENSA

É tudo é muito trabalhoso, são cerca de três meses para se fazer uma edição da Revista Agora, desde a sua concepção, negociações com anunciantes, criação de arte, diagramação e finalização, e isso envolve muita gente trabalhando. Claro que compensa todo sacrifício, afinal, vivemos disso, e damos graças a Deus por isso. A edição que vem aí, é show! Até o final de agosto vai estar circulando. Aguardem! Ah, ainda há disponibilidade de umas três ou quatro páginas, creio eu.

FARMÁCIA DO ALEMÃO

O “Alemão” mais conhecido de Santa Inês, mostrou visão empresarial e não se curvou diante das grandes redes de farmácias que desembarcaram em Santa Inês nos últimos anos. O “Alemão”, partiu para o enfrentamento, modernizou as instalações de sua farmácia, baixou os preços mais ainda e contra ataca com toda a sua cortesia e disponibilidade para prestar serviço aos seus clientes. Aí o “Alemão” é imbatível e agora ficou mais ainda. Sucesso!

FILHO DO AMIGO PENINHA 


Will Gregory, filho do meu querido amigo cantor e multicompositor Peninha, lançou na semana passada seu mais recente trabalho como cantor. Will que tem quase dois metros de altura, canta muito!  Estou torcendo pelo sucesso dele. Seu pai, Peninha é um amigo com quem eu converso várias vezes por semana (ele lá em São Paulo ou viajando pelo Brasil e eu aqui em Santa Inês)  e com quem eu fiz dezenas de shows na década de 80. Amizade permanece até hoje. Ele é também um admirador da voz da minha filha Zabella. Detalhe; Will Gregory é cantor gospel. Amém!  O destaque do trabalho de Will Gregory é uma releitura da música católica Sonda-me, Will faze-nos arrepiar. Vá lá no meu Instagram @cleliosilveira ou no do Peninha; @cantorpeninha e confira um pouco desse trabalho.

QUE TRISTE!

Um jovem senhor foi preso em Monção, após roubar uma lâmpada de um poste da Cemar, desses que ficam na avenida. Isso mesmo; ele escalou o poste e roubou uma lâmpada. Explicar como que uma pessoa possa agir dessa maneira? Foi preso, não deve ficar muito tempo na cadeia, mas, o que deu nele para cometer essa “lambança?”. Seria hilário, se não fosse triste!

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Coluna-do-Silveira

Data: 07/08/2019

Visitas: 116

Palavras-chave: COLUNA DO SILVEIRA 1431

Fonte:

Big Systems
4857429 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 22 do mês 08 de 2019