• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - FILHO DE SANTA INÊS TORNA-SE CIBORGUE APÓS IMPLANTE DE CHIP EM SEU CORPO

FILHO DE SANTA INÊS TORNA-SE CIBORGUE APÓS IMPLANTE DE CHIP EM SEU CORPO

O chip será utilizado para diversas funções, como pagamento de contas sem a necessidade de cartão de crédito, armazenamento de dados, abertura de portas e desbloqueio automático de dispositivos como celulares.

No último dia 30 de julho de 2019, o professor e servidor federal Cleórbete Santos, que é filho de Santa Inês, nascido na Rua da Petrobras, alcançou o posto de se transformar no primeiro ciborgue santainesense e quem sabe até do Maranhão e da região Nordeste do País. Isso por conta de um implante de um chip feito em sua mão direita, que tornou seu corpo uma mistura de biologia com eletrônica. O maranhense, que atualmente mora no Tocantins, explicou que "o chip será utilizado para diversas funções, como pagamento de contas sem a necessidade de cartão de crédito, armazenamento de dados, abertura de portas e desbloqueio automático de dispositivos como celulares".

O CHIP NO MUNDO

Cidadãos de diversos países como a Suécia, têm implantado esse tipo de chip para as mais diversas atividades, como bater ponto no trabalho ou pagar transportes públicos. Esses dispositivos geralmente são do tamanho de um grão de arroz e funcionam como pendrive e antena, por meio de uma tecnologia chamada NFC, (Near Field Communication - algo como Comunicação de Campo Próximo, em tradução livre), que possibilita a troca de dados com outros aparelhos, como smartphones e computadores. Pessoas com esse tipo de implante são consideradas ciborgue, do inglês cyborg, ou cybernetics organisms (organismos cibernéticos), ou, ainda, pós-humanos ou biohackers. No Brasil estima-se que menos de 1.000 (mil) pessoas tenham sido "chipadas", segundo o CEO da empresa paulista Project Company, Antônio Henrique Danin, e embora esse implante de dispositivos pelo corpo seja uma tendência mundial, nem todo mundo tem a coragem de aderir a essa moda.

O QUE É A TECNOLOGIA NFC

O futuro está entre nós. Várias vezes em filmes de ficção científica vimos que chips eram implantados nas pessoas por variados motivos e, na maioria das vezes, pensávamos que isso era uma realidade muito distante ou que talvez nunca fosse acontecer. Mas erramos, porque ela já é uma realidade presente.

Problemas básicos como esquecer as chaves ou a carteira não são mais um transtorno em um mundo onde o chip é uma realidade, além de abrir portas ao se aproximar, sem sequer pegar na maçaneta. Passar por uma catraca sem precisar digitar senha, usar crachá ou colocar a impressão digital, isso já é uma realidade. Os microchips substituem chaves e podem até fazer pagamentos.

Essa inovação tecnológica já é vivida, porém tímida e é usada por aquelas pessoas que amam inovações, no caso apenas 0,4% da população do Brasil, ou seja, menos de 1.000 pessoas tiveram a coragem de realizar o implante. Esse chip é chamado de biochip e tem duas partes. Uma parte de memória, onde dados de saúde e arquivos são armazenados, e outra criptografada que guarda senhas e códigos de acesso.

Desejamos boa sorte ao professor Cleórbete Santos, que mais uma vez, inova e tem a coragem de ser um dos poucos ciborgues do terceiro milênio. (Por Renildo Matos especial para o Jornal AGORA Santa Inês).

Por:  Cléorbete Santos, o ciborgue nascido em Santa Inês / Facebook

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: A-Cidade

Data: 10/08/2019

Visitas: 1493

Palavras-chave: FILHO DE SANTA INÊS TORNA-SE CIBORGUE APÓS IMPLANTE DE CHIP EM SEU CORPO

Fonte: Por: Cléorbete Santos, o ciborgue nascido em Santa Inês / Facebook

Big Systems
4848816 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 21 do mês 08 de 2019