• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - COLUNA DO SILVEIRA 1442

COLUNA DO SILVEIRA 1442

“Meu senhor e meu Deus, gostaria de pedir-te que toques no coração daqueles que se sentem sem vontade de viver, para que vejam que Tu, jamais os abandonou, e que eles podem contar Contigo sempre! Não permita Senhor que cometam a loucura de tirar a própria vida. Amém!”. Clélio Silveira Filho

Olá, bom dia! Aqui estamos nós neste sábado, dia 14 de setembro de 2019, com mais uma edição impressa, online e em PDF do Jornal AGORA Santa Inês, a de número 1442, trabalhada dentro dos padrões editoriais que nos conduzem nestes 18 anos de existência. Ainda falaremos sobre esses 18 anos, e de que forma comemoraremos, mas seguindo o batidão de hoje, queremos aqui neste parágrafo, lamentar as mortes que estão sendo registradas aqui em Santa Inês e em outras cidades do Maranhão,  e em outros estados, de pessoas que em atos de tresloucados, oriundos do mal do século, a DEPRESSÃO, tiram a própria vida. Essa rotina que vem nos assustando, está nos deixando um pouco tristes, mas não sem esperança, pois acreditamos que Deus está milhões de vezes mais preocupado  do que nós com essa situação, e por certo, está a nos chamar à atenção para o que está acontecendo. Quer tão somente, que compreendamos que algo de urgente precisa ser feito. As instituições civis, públicas e religiosas tem que se irmanar neste momento e se aprofundarem em estudos que possam nos levar a uma fórmula de “estancarmos” essa onda de suicídio que tem nos tirado o chão e a paz de muitas famílias. O nosso Deus, é O Deus do bem. Precisamos fazer uma leitura de tudo o que está acontecendo,  e assim, não apontarmos para Ele, como se Ele quisesse que tudo acontecesse como de fato, aconteceu, só aqui em Santa Inês com três famílias. É nós, seres humanos, tantas vezes desumanos, que não nos preocupamos como de fato devemos nos preocupar com o nosso próximo, seja ele quem for; um parente muito próximo, um amigo, um estranho, mas humano, um colega de trabalho, um irmão de missão, etc.  Estamos vivendo momentos de muita e intensa dor pela perda de tantos que nem conhecemos, nunca cruzaram nossos caminhos, mas nossos orações estão abalados. E aí, só nos resta dobrar os joelhos e Rogar a Deus por todos, inclusive por nós. Tenho conversado muito sobre isso com muitas pessoas. Tenho falado sobre isso na TV e tenho escrito sobre isso aqui neste Jornal. Não me falta fé, falta-me mais “alguéns” que queira encarar uma jornada de palestras com quem estiver interessado em falar sobre esse assunto. Conversar com alguém que tenha um familiar em situação de “risco”, por conta da depressão. Deus, com certeza, vai sinalizar um caminho para seguirmos em nossa missão. Que Ele, em sua infinita bondade receba as almas daqueles que por falta,  às vezes de um Bom Dia, como vai? caiu em depressão e tirou a própria vida. Não perdemos a esperança de que Tu vais agir, Oh, Pai! Que suas bênçãos de vida, e vida em abundância nos alcance a todos, hoje e sempre, amém! 

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Coluna-do-Silveira

Data: 14/09/2019

Visitas: 226

Palavras-chave: COLUNA DO SILVEIRA 1442

Fonte:

Big Systems
5115049 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 14 do mês 10 de 2019