• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - Violência assustadora em Santa Inês: assassinatos e tentativas são responsáveis pela onda de crimes nos últimos dias

Violência assustadora em Santa Inês: assassinatos e tentativas são responsáveis pela onda de crimes nos últimos dias

O nível de violência em nosso município tem aumentado assustadoramente nos últimos dias, vários assassinatos e tentativa de homicídios foram registrados nos últimos 20 dias. Esses crimes tem deixado a população bastante preocupada e horrorizada com a gravidade e a frequência com que tem se repetido. Abaixo uma relação de casos registrados nos últimos dias e a motivação dos crimes. 

A MOTIVAÇÃO DOS CRIMES

A polícia acredita que todos esses casos têm envolvimento com facções. “A gente tem acompanhado aí né nos grupos de WhatsApp, nos blogs, esses áudios aí, que realmente tem essa ameaça né, essa facção ameaçando facção. Alguns casos desses daí a gente tem certeza desse envolvimento e outros são acertos de contas mesmo”, ressaltou o delegado Regional Elson Ramos.

TENTATIVAS DE HOMICÍDIOS

PRIMEIRO CASO


A tentativa de homicídio aconteceu no último sábado (05/10), na Vila Militar. A vítima foi identificada como Thalyson Warly. De acordo com informações, dois homens chegaram em uma moto e efetuaram quatro tiros contra o mesmo. Dois tiros atingiram Thalyson na região do rosto  e na coluna.

Thalyson chegou a ser levado para o hospital municipal da cidade, porém, pelo fato de estar em um estado bastante grave, foi encaminhado para São Luís. Thalyson trabalha como serralheiro e tem uma serralheria na Rua Evaristo Da Veiga, localizada no Bairro Sabbak.

SEGUNDO CASO


O segundo caso aconteceu na última terça-feira (15/10), Adailton Lobo, de 41 anos, o qual já teria sofrido uma tentativa de homicídio minutos antes nas proximidades do contorno, entrada da cidade. O mesmo já tinha sido alvo do primeiro tiro, que pegou no capacete em que estava usando. Na tentativa de se livrar dos criminosos, Adailton acabou se refugiando em uma loja de materiais de construção, localizada na Avenida das Laranjeiras, que faz ligação entre a Avenida Castelo Branco e o Contorno das BR,s 222 e 316, porém os acusados do atentado o seguiram e entraram no estabelecimento atirando contra mesmo.

Adailton foi alvejado por pelo menos  5 (cinco) tiros, 1(um) atingindo o tórax, 1(um) na região do pescoço, 1(um) próximo a orelha e 1 (um) tiro em cada mão. Os suspeitos fugiram após o crime, enquanto Adailton, foi socorrido por populares e levado para o Hospital Municipal Thomaz Martins, em estado muito grave e até a tarde de ontem aguardava para ser transferido para São Luís.

ASSASSINATOS

PRIMEIRO CASO


O corpo do crediarista Odair Ferreira, assassinado na noite da última terça-feira, dia 15/10, foi transladado e sepultado por familiares na cidade Mundo Novo no estado de Goiás. Já quanto ao criminoso, seu primo de nome EdCarlos este se encontrava-se até ontem, sexta-feira (18) foragido. A polícia está investigando o caso com intuito de prender o mesmo.

COMO FOI O CASO

O crime se deu em mais uma noite trágica em Santa Inês. Odair Rodrigo Ferreira, de 46 anos foi executado  por volta das 8h na Vila Militar. O autor do crime foi identificado como Ed Carlos, o próprio é primo da vítima. Os dois estariam bebendo em um bar conhecido como “Bar do Novim”, quando ambos iniciaram uma discussão. Momento este que Ed Carlos foi até a sua residência, pegou uma arma e voltou ao bar e acabou efetuando um disparo nas costas de Odair, que logo após foi a óbito.

De acordo com informações, Odair é natural de Santa Helena de Goiás, que seria crediarista e atualmente morava em Santa Inês.

SEGUNDO CASO


O jovem identificado como Paulo Ricardo Coqueiro Santos, mais conhecido como “Paulinho”, de 28 anos, foi assassinado na tarde de quarta-feira (09/10), na Vila Adelaide Cabral, conhecido popularmente como Vila do Rato.

O crime aconteceu por volta das 17h:30 daquele dia, quando Paulinho estava assistindo um jogo em um campo próximo a antiga reciclagem, e dois homens em uma moto chegaram rodeando pelo mato, e de repente um deles chegou por trás colocou uma arma calibre 38 em sua cabeça, disparando três tiros contra o mesmo, vindo a óbito no local.

Paulinho morava na Rua Juazeiro do Norte, na Vila Adelaide Cabral, o qual tinha uma ficha criminal extensa. Além disso, já vinha sido ameaçado de morte há muito tempo. De acordo com informações seria acerto de contas.

TERCEIRO CASO


O assassinato ocorreu na noite de sexta-feira (27/09), na Vila Edmundo Rios. Um homem identificado como Adailson Sousa Brás, foi executado na porta de sua residência quando o mesmo teria acabado de chegar e iria colocar o automóvel para dentro de casa, quando de repente chegaram dois elementos e alvejaram Adailson na frente dos filhos, evadindo-se em seguida.

QUARTO CASO


Já na madrugada de domingo (29/09),  outro homem foi assassinado no Bairro Sabbak, o qual foi identificado apenas como sendo “Naldinho”.  Segundo informações, “Naldinho”, estava e um bar quando chegaram dois homens em uma motocicleta e alvejaram o próprio com aproximadamente quatro disparos, momento em que ele estava sentado em uma cadeira. Também não se sabe quem foram os executores de “Naldinho” e o motivo que levou ao mesmo ser executado.

QUINTO CASO


Na tarde de segunda-feira (30/09), por volta das 15h:30, um homem conhecido pelo apelido de “Hollywood”  foi morto no Bairro do Céu. De acordo com informações, “Hollywood” havia sido preso no dia anterior, por agredir companheira, além disso,  era um grande traficante em Pindaré Mirim, e tinha uma extensa ficha policial. Na tarde de segunda ao ser liberado, ele pegou um moto táxi, quando passava no Bairro do Céu, dois homens em uma moto, seguiram e pediram que ele descesse da garupa, o qual se recusou e logo foi alvejado a tiros e foi a óbito do local.

SEXTO CASO


Kleberson Araújo, mais conhecido como “Manin Germano”, foi assassinado na noite de segunda-feira (30/09), no Povoado Barro Vermelho, município de Santa Inês. Segundo os relatos dos populares, Klerberson foi atacado por dois elementos também estavam em uma motocicleta e morreu no local depois de ser atingido por vários tiros dentro do carro que dirigia. Algumas informações dizem que ele seria suspeito de mexer com roubo de gado, a polícia está investigando o caso.

A polícia está investigando todas essas situações, inclusive, estão trabalhando na melhoria de quantitativa de policiais na Delegacia Regional, para da uma resposta para a sociedade.

(Por: Késsia Marina)

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Policia

Data: 19/10/2019

Visitas: 631

Palavras-chave: Violência assustadora em Santa Inês: assassinatos e tentativas são responsáveis pela onda de crimes nos últimos dias

Fonte: Por: Késsia Marina

Big Systems
6999972 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 15 do mês 08 de 2020