• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - CONDENADO A 22 ANOS DE PRISÃO POR DUPLO HOMICÍDIO EM SANTA INÊS, O ASSASINO DO JORNALISTA DÉCIO SÁ

CONDENADO A 22 ANOS DE PRISÃO POR DUPLO HOMICÍDIO EM SANTA INÊS, O ASSASINO DO JORNALISTA DÉCIO SÁ

Jhonatan de Sousa Silva foi condenado por ter executado a tiros Antônio Pereira Lima e Geraldo Araújo Pereira em outubro de 2010, no município de Santa Inês

Jhonatan de Sousa Silva, assassino confesso do jornalista Décio Sá, foi condenado a 22 anos e 11 meses de prisão pelo assassinato de dois homens em outubro de 2010, no bairro Sítio Bar, na zona rural de Santa Inês. O julgamento foi realizado nesta quinta-feira (28) no Fórum de Justiça do município, e foi concluído antes logo no começo da tarde. Jhonatan de Sousa Silva foi trazido da Penitenciária de  Pedrinhas, onde cumpre várias penas, e após o rápido julgamento aqui em Santa Inês, foi levado de volta para o Complexo de Pedrinhas.

ASSASSINATOS EM SANTA INÊS  

Ele é acusado de ter executado a tiros dois homens que jogavam sinuca com ele em um bar na zona rural de Santa Inês depois de uma discussão por causa de uma aposta no valor de R$ 5. As vítimas Antônio Pereira Lima e Geraldo Araújo Pereira foram baleadas na cabeça.

Na época do crime, Jhonatan usava um nome falso e era conhecido como Leandro da Silva da Conceição. Ele chegou a ser preso, mas foi liberado após ser concedido um habeas corpus pela juíza Larissa Tupinambá. Somente após ele ter assassinado o jornalista Décio Sá em abril de 2012 em São Luís, que a polícia descobriu que ele era o autor do duplo assassinato em Santa Inês.

Na quinta-feira passada, (28), durante o julgamento, Jhonatan mudou a versão dada anteriormente e disse que cometeu o crime por conta de um assédio sexual que uma mulher que estava com uma das vítimas havia sofrido no bar em que eles estavam.

SEGUNDO JULGAMENTO

Esta foi a segunda vez este ano que Jhonatan de Sousa Silva sentou no banco dos réus. Em setembro, ele foi julgado pelo assassinato de um preso dentro do presídio de Pedrinhas, na capital, mas foi absolvido. O acusado cumpre pena no Complexo Penitenciário de Pedrinhas por conta do assassinato do jornalista Décio Sá. Inicialmente, ele havia sido condenado a 25 anos e três meses de prisão, mas a pena foi aumentada para 27 anos e sete meses. O acusado ainda responde por outros cinco processos, inclusive no estado do Piauí pelo assassinato do empresário Fábio Brasil.  (Da Redação com informações do G1 MA)

MATÉRIA CORRELATA: COMO FOI O CASO

No dia 13 de outubro de 2010, o site www.agoramaranhão.com, pertencente ao Sistema AGORA, segundo pesquisas feitas na  última quinta-feira, publicou a seguinte matéria:

DUPLO  ASSASSINATO  NO  POVOADO  COTIA  PELADA,  EM SANTA INÊS

Antônio Pereira Lima e Geraldo Araújo Pereira foram assassinados com tiros na cabeça, ontem à noite, (12), no povoado Cotia Pelada, no município de Santa Inês. O duplo homicídio foi praticado pelo paraense Leandro da Silva Conceição. Este o nome que ele usava na época. 

 De acordo com a polícia, Leandro, em companhia de outras quatro pessoas, entre as quais, os [também] paraenses Denis Nascimento Alves e Cleilson Macena Sousa, além de Raimunda Catarina de Freitas e Ana Paula da Silva, estavam em um bar jogando sinuca. As vítimas estavam juntamente com o grupo se divertindo. De repente, teve início a uma confusão generalizada. Leandro foi até à residência onde estava hospedado e retornou ao bar armado com uma pistola calibre 380. Ele atirou contra a cabeça de Antônio Pereira e Geraldo Araújo, que morreram na hora.

 Ana Paula da Silva chegou a esconder a arma utilizada no crime no banheiro do bar. O quinteto, ainda, tentou fugir do local em um celta, mas foi cercados por policiais militares, que efetuaram a prisão. Eles foram conduzidos para a delegacia de Santa Inês, onde foram autuados em flagrante. Além da pistola, a polícia apreendeu carregadores de pistola e um silenciador. (09:39 - 13/10/2010/ www.agoramaranhão.com)

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Policia

Data: 30/11/2019

Visitas: 1066

Palavras-chave: CONDENADO A 22 ANOS DE PRISÃO POR DUPLO HOMICÍDIO EM SANTA INÊS, O ASSASINO DO JORNALISTA DÉCIO SÁ

Fonte: Da Redação com informações do G1 MA

Big Systems
5545424 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 13 do mês 12 de 2019