• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - COLUNA DO SILVEIRA 1471

COLUNA DO SILVEIRA 1471

“Com muita Fé e discernimento, conseguimos encontrar nas trevas a luz que precisamos para seguir caminhando. Duas dádivas de Deus, as quais, não devemos  abandonar, jamais! Deus no comando...sempre!”. Clélio Silveira Filho.

 

Olá, bom dia sexta-feira, 10 de janeiro de 2020! Aqui estamos nós com mais uma edição impressa, online e eletrônica (PDF) do seu Jornal AGORA Santa Inês, alcançando milhares e milhares de leitores aqui na cidade, nos municípios vizinhos, no Estado, no Brasil e no Mundo. A gente aproveita para mandar um abraço para Cris Verzuva lá na Flórida/EUA, que estará aniversariando dia 12, e um abraço para seu marido o italoamericano  Roberto Verzurva. Também mandamos  um abraço para Cacau Silveira lá em Lisboa, Portugal, que acompanha par e passo o que acontece aqui na cidade que nasceu e passa adiante as notícias. E outro abraço para Tata, minha comadre, madrinha de minha caçula Yasmim, lá em Milão, na Itália, onde mora há mais de uma década. E centenas de outros brasileiros, que de alguma forma tem ligação com o Maranhão e Santa Inês, ou com a região, e acompanham as notícias através do site: www.agorasantaines.com.br, que fechou 2019 com mais de CINCO MILHÕES E MEIO DE ACESSOS, ou recebem a edição eletrônica (PDF). Loucura! Loucura! Diria o apresentar Luciano Huck. Mas aqui a gente só agradece a Deus por tudo. E não tem nada de loucura. Tem mesmo é muito trabalho e muita dedicação. Esta é a edição 1471 do AGORA. Rogamos a Deus que nos abençoe a todos, e que Suas bênçãos nos alcancem onde quer que estivermos. Todos nós, inclusive, e sempre. Amém!

COLUNA DE BRASÍLIA

E hoje a gente abre espaço para receber a Coluna do Cláudio Humberto, um dos mais importantes articulistas políticos do Brasil, sediado em Brasília, cuja Coluna é reproduzida por dezenas e dezenas de jornais em todo o Brasil. Fiquem com um pouco do clima lá da Capital Federal. Até pra semana!  

 

COLUNA DO CLÁUDIO HUMBERTO

 

ATRAVESSADORES FAZEM MINISTRO IGNORAR BOLSONARO

Deve se estender ao cartel de distribuidores de combustíveis a atitude correta do presidente Jair Bolsonaro contra a ameaça criminosa da Aneel à geração de energia solar. Bolsonaro já se posicionou contra esses atravessadores, que impedem a venda direta de combustíveis dos produtores aos postos, reduzindo o preço para o consumidor. Mas o lobby dos atravessadores é tão poderoso que faz o ministro Paulo Guedes (Economia) ignorar e desafiar a decisão do presidente.

 

CONSTITUIÇÃO VIOLENTADA

Só produtores de etanol não têm direito à livre concorrência, previsto na Constituição. São obrigados a entregar o produto a atravessadores.

 

CARTEL CADA VEZ MAIS RICO

Além de atravessadores, as distribuidoras que a ANP tornou bilionárias passaram a comprar usinas e hoje concorrem com quem produz etanol.

 

ISSO VAI DAR TRABALHO

Contra a Aneel, Bolsonaro tem a parceria dos presidentes da Câmara e do Senado, mas estes parecem “sensíveis” ao lobby dos distribuidores.

 

RECESSO PODE IMPACTAR RETOMADA DO EMPREGO

Juristas têm feito alertas sobre as consequências do marasmo e da vida boa de parlamentares, com “férias” de quase dois meses, sobre as contratações de jovens. É que a medida provisória 905, que criou o Contrato Verde Amarelo e serviu de base para planejamento de custos de empresas, ainda não foi convertida em lei e pode “gerar insegurança jurídica no mundo dos negócios” e desestimular “novos investimentos”.

 

O PROBLEMA

Caso não vire lei, as contratações seguirão as normas antigas e devem se tornar motivo de judicialização entre empresas e empregados.

 

CONTRATAÇÕES VÃO SOFRER

 “As empresas se organizaram para ter um custo com as novas regras e sem virar lei, altera a programação”, alerta o advogado Peterson Vilela.

 

AINDA HÁ TEMPO

Para o advogado trabalhista Leonardo Gonzalez, a situação ainda não é grave. Ele diz ser “mais prudente aguardar” prazo de validade da MP.

 

ESSES AIATOLÁS…

O fracassado ataque ao Iraque tem três explicações possíveis: (1) os iranianos são ruins de pontaria, (2) suas armas são obsoletas ou (3) dispararam mísseis para dar satisfação, sem pagar mico de covardia, e erraram o alvo de propósito para não provocar muito os americanos.

 

RUMO À NORMALIDADE

O medo do desemprego diminuiu 2,1% entre os brasileiros no último trimestre de 2019, segundo pesquisa da Confederação Nacional da Indústria. O índice precisa cair mais 6% para chegar à média histórica.

 

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Coluna-do-Silveira

Data: 10/01/2020

Visitas: 53

Palavras-chave: COLUNA DO SILVEIRA 1471

Fonte:

Big Systems
5722103 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 17 do mês 01 de 2020