• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - FOI UM MARANHENSE O REALIZADOR DO PRIMEIRO CENSO DEMOGRÁFICO DO BRASIL

FOI UM MARANHENSE O REALIZADOR DO PRIMEIRO CENSO DEMOGRÁFICO DO BRASIL

O dia 14 de janeiro é uma data em que a cidade de Caxias tem dois registros históricos: um de presente e futuro e outro do passado.

O registro do presente é que no dia 14 de janeiro de 2020 foi assinado, na sede do Instituto Histórico e Geográfico de Caxias (IHGC), a ordem de serviço para a realização de obras de reconstrução, revitalização, urbanização da área da Estação Ferroviária de Caxias. As solenidades, presididas pelo presidente do IHGC, Desembargador Arthur Almada Lima Filho, contaram com a exposição do projeto por técnicos da superintendência maranhense do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). 

Após a exposição técnica, falaram representações da Arte e Cultura caxienses e os sócios do IHGC professora Sílvia Carvalho, ex-secretária de Educação,o jornalista, consultor e palestrante Edmilson Sanches, diretor do IHGC.

O projeto investirá quase R$ 7 milhões em três frentes, duas delas principais: o espaço cultural (o galpão das oficinas, em frente à sede do IHGC), onde haverá auditório de quase 400 lugares, teatro, espaço para exposições artísticas etc.; e o espaço educativo (o galpão do armazém); e o espaço administrativo da sede do Instituto

Toda a área em volta desses imóveis será urbanizada/revitalizada, com muita área verde. Na tela, os técnicos mostraram um bonito complexo para a História, a Cultura e a Educação caxiense.

Serão dois anos de obras. O presente e o futuro agradecem.

Como disse em meu pronunciamento na solenidade de hoje, as obras também serão uma homenagem e uma valorização a grandes nomes e feitos do passado de Caxias. Nomes como o músico e maestro Elpídio Pereira, os dramaturgos Armando Maranhão, Coelho Netto, Gonçalves Dias e Ubirajara Fidalgo; artistas plásticos como Indinha Castelo Branco e João Lopes de Carvalho; e outros nomes que destaquei, em vários campos, o da Ciência, Administração etc. Um desses nomes deve ser lembrado pela passagem do 14 de janeiro. No dia 14 de janeiro, em 1871, era criada a Diretoria-Geral de Estatística, no Rio de Janeiro. Um caxiense foi seu diretor e, um ano depois, em 1872, foi o responsável pela realização do primeiro Censo geral da população do Brasil. Esse caxiense era Joaquim José de Campos Costa Medeiros e Albuquerque. É mais um orgulho para nossa cidade, saber que foi um conterrâneo que deu início à série de Censos Demográficos que, agora, realizam-se de dez em dez anos.

Neste ano de 2020, quando se realizará mais um Censo geral no Brasil, seria bom que Caxias tivesse ciência desse e de outros feitos históricos e positivos de filhos seus, bem como, se possível, fizesse saber ao Maranhão e aos demais Estados do País a importância de nossa cidade para a História, a Cultura e a Identidade brasileiras  --  História, Cultura e Identidade que nossa cidade, por meio do talento e coragem de seus filhos e filhas, ajudou a formar, fixar e ampliar. (POR EDMILSON SANCHES)

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Entretenimento

Data: 29/01/2020

Visitas: 56

Palavras-chave: FOI UM MARANHENSE O REALIZADOR DO PRIMEIRO CENSO DEMOGRÁFICO DO BRASIL

Fonte: EDMILSON SANCHES.

Big Systems
5896501 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 25 do mês 02 de 2020