• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - COLUNA DO SILVEIRA 1485

COLUNA DO SILVEIRA 1485

“Deus nos dá a vida. Muitas delas são perdidas por falta do zelo que devemos ter com ela e não temos. Nós, muitas vezes afrontamos a Deus, quando não cuidamos da vida como devemos. É dever nosso cuidar bem da vida que Deus nos deu”. Do livro Gotas de Reflexão Espiritual I, de autoria deste colunista.

 

Olá, bom dia! Meio da semana, e olha nós aqui outra vez com mais uma edição impressa, online e eletrônica do Jornal AGORA Santa Inês, aquele que nunca sai do ar. Não demora muito e milhares de pessoas espalhadas por aqui, ali e mais adiante, em vários estados brasileiros e algumas cidades estrangeiras estarão lendo todo o conteúdo deste que é de longe, o único veículo de comunicação político de toda a região, e o único jornal impresso num raio de 200 km. É por isso que a gente segue de pé e até de nariz empinado, como dizia minha avó Maria Benigna Brito, salvo engano, primeira professora que “lecionou” na então Ponta da Linha lá pelo início da década de 50 do século passado. O AGORA quando publica ou é, ou foi, ou será e ponto! Mas deixemos de entretantos e vamos para os finalmentes, não sem antes togar a Deus Pai, todo Poderoso, que nos abençoe grandemente neste dia, nesta semana, neste mês, neste ano e por toda as nossas vidas (falo no plural, pois não vivo só em uma ilha), e que essas bênçãos nos alcancem onde quer que estivermos. Amém!

PETROBRAS PERDE MAIS  DE R$ 67 BILHÕES

Na maior queda dos preços internacionais do petróleo desde a Guerra do Golfo, em 1991, as ações da Petrobras perderam na segunda-feira (9), em poucas horas, mais de R$ 67 bilhões em valor de mercado, segundo dados da Economatica. Por volta das 13h, a estatal brasileira estava avaliada na B3 em R$ 239,5 bilhões, contra um valor de R$ 306,9 bilhões no fechamento dos mercados na sexta-feira (6). Eita Petrobras, quando não é o rato....é o gato.

 

O ESPETÁCULO É DELE

A acusação feita pelo presidente Jair Bolsonaro — de que as eleições de 2018 foram fraudadas para que ele não vencesse já no primeiro turno — é uma tentativa ‘irresponsável’ de desviar o foco dos resultados ruins que o país está colhendo na economia. A análise é de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), que pediu anonimato. “O problema é que a economia está fazendo água. Até o Michel Temer, que era um presidente temporário e governou no meio de um escândalo de corrupção, conseguiu colocar um PIB maior que o de 2019”, afirmou o ministro.

 

QUER PLATEIA

O vídeo — em que o presidente falava a apoiadores em Miami, nos Estados Unidos — deixou os ministros do STF chocados, e aparentemente sem ação, em um primeiro momento. Todos concordaram em não se manifestar para que a resposta fosse dada pela ministra Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), instância máxima responsável pelo processo eleitoral no país. Segundo um deles, é preciso ter a responsabilidade de não jogar mais gasolina na fogueira e aumentar a polarização em um momento de provável crise econômica mundial.

Outra avaliação entre os ministros é que Bolsonaro apelou para uma suposta fraude eleitoral na tentativa de turbinar as manifestações de 15 de março, que estavam enfraquecendo. “Ele está tentando desesperadamente encontrar uma narrativa para manter os eleitores mobilizados. Como não tem o que mostrar na economia, fica o tempo todo criando crises e se vitimizando, como se fosse perseguido”, disse um segundo ministro também do STF. “Veja que o presidente passa a maior parte do vídeo falando sobre as agruras da campanha, mas não fala das providências do governo”, finalizou.

 

É PRECISO INVESTIGAR

De acordo com o mesmo ministro, o procurador-geral da República deve abrir uma investigação imediatamente. “É preciso investigar e esclarecer à sociedade o que, de fato, ocorreu. Se for verdade, é necessário descobrir o que aconteceu, como aconteceu e quem cometeu o crime. Se for mentira, o presidente precisa ser responsabilizado, porque não se pode sair difamando as instituições do país dessa forma. A sociedade brasileira não pode ser feita de boba”, afirmou o ministro.

 

POR FIM

A avaliação geral, dentro do Supremo e do TSE, é de que não há possibilidade de ter havido fraude eleitoral. “Que fraude foi essa que permitiu que um candidato que saiu do nada elegesse a maior bancada da Câmara? Que fraude foi essa que permitiu que esse mesmo candidato se elegesse no segundo turno? A sociedade não é ingênua e vai se lembrar que, à exceção do Fernando Henrique Cardoso, ninguém escapou do segundo turno. Até mesmo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com a popularidade que tinha, submeteu-se ao segundo turno por duas vezes. Sinceramente, temos de assumir que Bolsonaro não sabe governar e não estava preparado para assumir um cargo com as responsabilidades e pressões de presidente da República”, afirma ministro do STF. (Por Veja Online)

 

LEVES, LIVRES E SOLTOS

 

Ontem,  terça-feira (10) a 1ª Vara de Execuções Penais da Comarca da Ilha de São Luís-MA, divulgou a lista dos presos que cumprem pena para receberem o benefício da saída temporária para a visita de familiares no período da quaresma. A saída tem início nesta quarta-feira (11) a partir da 9h, com a volta até às 18h do dia 17 de março. Segundo o juiz, Márcio Brandão, a Saída Temporária referente à Quaresma foi antecipada em razão da proximidade com o Dia das Mães (10 de maio), em respeito ao que dispõe a Lei de Execuções Penais no artigo 124, que exige o mínimo de 45 dias de intervalo entre dois períodos de benefício. Vai entender!!! Semana Santa só para eles. Assim é o Brasil.

PETROBRAS PERDE MAIS  DE R$ 67 BILHÕES
Na maior queda dos preços internacionais do petróleo desde a Guerra do Golfo, em 1991, as ações da Petrobras perderam na segunda-feira (9), em poucas horas, mais de R$ 67 bilhões em valor de mercado, segundo dados da Economatica. Por volta das 13h, a estatal brasileira estava avaliada na B3 em R$ 239,5 bilhões, contra um valor de R$ 306,9 bilhões no fechamento dos mercados na sexta-feira (6). Eita Petrobras, quando não é o rato....é o gato. 
O ESPETÁCULO É DELE 
A acusação feita pelo presidente Jair Bolsonaro — de que as eleições de 2018 foram fraudadas para que ele não vencesse já no primeiro turno — é uma tentativa ‘irresponsável’ de desviar o foco dos resultados ruins que o país está colhendo na economia. A análise é de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), que pediu anonimato. “O problema é que a economia está fazendo água. Até o Michel Temer, que era um presidente temporário e governou no meio de um escândalo de corrupção, conseguiu colocar um PIB maior que o de 2019”, afirmou o ministro.
QUER PLATEIA 
O vídeo — em que o presidente falava a apoiadores em Miami, nos Estados Unidos — deixou os ministros do STF chocados, e aparentemente sem ação, em um primeiro momento. Todos concordaram em não se manifestar para que a resposta fosse dada pela ministra Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), instância máxima responsável pelo processo eleitoral no país. Segundo um deles, é preciso ter a responsabilidade de não jogar mais gasolina na fogueira e aumentar a polarização em um momento de provável crise econômica mundial.
Outra avaliação entre os ministros é que Bolsonaro apelou para uma suposta fraude eleitoral na tentativa de turbinar as manifestações de 15 de março, que estavam enfraquecendo. “Ele está tentando desesperadamente encontrar uma narrativa para manter os eleitores mobilizados. Como não tem o que mostrar na economia, fica o tempo todo criando crises e se vitimizando, como se fosse perseguido”, disse um segundo ministro também do STF. “Veja que o presidente passa a maior parte do vídeo falando sobre as agruras da campanha, mas não fala das providências do governo”, finalizou.
É PRECISO INVESTIGAR 
De acordo com o mesmo ministro, o procurador-geral da República deve abrir uma investigação imediatamente. “É preciso investigar e esclarecer à sociedade o que, de fato, ocorreu. Se for verdade, é necessário descobrir o que aconteceu, como aconteceu e quem cometeu o crime. Se for mentira, o presidente precisa ser responsabilizado, porque não se pode sair difamando as instituições do país dessa forma. A sociedade brasileira não pode ser feita de boba”, afirmou o ministro.
POR FIM 
A avaliação geral, dentro do Supremo e do TSE, é de que não há possibilidade de ter havido fraude eleitoral. “Que fraude foi essa que permitiu que um candidato que saiu do nada elegesse a maior bancada da Câmara? Que fraude foi essa que permitiu que esse mesmo candidato se elegesse no segundo turno? A sociedade não é ingênua e vai se lembrar que, à exceção do Fernando Henrique Cardoso, ninguém escapou do segundo turno. Até mesmo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com a popularidade que tinha, submeteu-se ao segundo turno por duas vezes. Sinceramente, temos de assumir que Bolsonaro não sabe governar e não estava preparado para assumir um cargo com as responsabilidades e pressões de presidente da República”, afirma ministro do STF. (Por Veja Online)
LEVES, LIVRES E SOLTOS 
Ontem,  terça-feira (10) a 1ª Vara de Execuções Penais da Comarca da Ilha de São Luís-MA, divulgou a lista dos presos que cumprem pena para receberem o benefício da saída temporária para a visita de familiares no período da quaresma. A saída tem início nesta quarta-feira (11) a partir da 9h, com a volta até às 18h do dia 17 de março. Segundo o juiz, Márcio Brandão, a Saída Temporária referente à Quaresma foi antecipada em razão da proximidade com o Dia das Mães (10 de maio), em respeito ao que dispõe a Lei de Execuções Penais no artigo 124, que exige o mínimo de 45 dias de intervalo entre dois períodos de benefício. Vai entender!!! Semana Santa só para eles. Assim é o Brasil. 

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Coluna-do-Silveira

Data: 11/03/2020

Visitas: 1096

Palavras-chave: COLUNA DO SILVEIRA 1485

Fonte:

Big Systems
6410485 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 25 do mês 05 de 2020