• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - ALÉM DOS 60 ANOS

ALÉM DOS 60 ANOS

No Idoso o envelhecimento e a diminuição da capacidade de recuperação das células fazem com que seu corpo seja mais suscetível a tumores.

 A Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que um em cada quatro homens entre 60 e 79 anos no mundo tem ou vai desenvolver algum tipo de câncer. Entre as mulheres, na mesma faixa etária, é de umapara três. A OMS aponta também uma expansão das mortes por câncer como um fenômeno global, e apontam como um dos motivos o fato da população estar ficando cada vez mais velha. No Brasil, o INCA (Instituto Nacional do Câncer) ressalta que, com o envelhecimento da população as doenças crônicas não transmissíveis tornam-se cada vez mais comum, ejunto com as doenças cardiovasculares são as principais causas de morte dos brasileiros.

Como as condições dos idosos melhoraram muito nos últimos anos, muitos deles podem ser tratados com os mesmos procedimentos dos mais jovens. Se as suas outras doenças estão controladas, o idoso pode receber um tratamento mais adequado ao seu tipo de câncer, mesmo os oncologistas tendo um excesso de cuidados com esses pacientes, devido a doenças associadas, o seu desempenho funcional e também estado mental e estado nutricional, são muito importantes, pois muito estudos do INCA mostram que os idosos sofrem muitas complicações principalmente por conta mais da desnutrição do que as suas outras doenças associadas que o idoso já possuía.

Existem grandes desafios no tratamento desses idosos, devido a desnutrição, pois a perda de apetite faz o idoso comer menos, e o próprio tumor e tratamento causa alterações metabólicas.

 Outro desafio é a Sarcopenia, que é a perda da massa e força muscular do idoso, dificultando a deglutição, piorando a desnutrição, a induzindo a menor sobrevida. A Xerostomia, conhecida como boca seca, causa no idoso dificuldade de falar e comer, afeta o paladar e a saúde dentária, e pode também ocorrer como efeito colateral da radiologia.

  É um grande efeito da quimioterapia e a mucosite, que é a inflamação do tubo digestivo. Além de todos esses sintomas, os idosos, com câncer geralmente possuem doenças metabólicas e cardiovasculares.

Segundo o Presidente da SBGG ( Sociedade Brasileira de Geriatra e Gerontologia ) Tarso Mosoi que é otimista em relação aos idosos com câncer,  afirma: “A tendência, no longo prazo, é de o câncer se tornar uma doença controlada. O diagnóstico é feito cada vez mais precocemente, o que aumenta a sobrevida”.

   É o que todos os que trabalham com idosos espera o que aconteça, pois o progresso tecnológico, de mais tratamentos e medicamentos, faz com que as pessoas cheguem a Terceira Idade mais saudáveis.

Por Dra. Marta Pinheiro Barros

Médica Especializada em Gerontologia Social e Saúde do Idoso pela UFMA

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Entretenimento

Data: 11/03/2020

Visitas: 64

Palavras-chave: ALÉM DOS 60 ANOS

Fonte: Dra. Marta Pinheiro Barros

Big Systems
6145785 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 02 do mês 04 de 2020