• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - SOBRINHO NETO DO EX-PRESIDENTE SARNEY FOI ASSASSINADO A TIRO ONTEM EM SÃO LUÍS APÓS DISCUSSÃO NO TRÂNSITO

SOBRINHO NETO DO EX-PRESIDENTE SARNEY FOI ASSASSINADO A TIRO ONTEM EM SÃO LUÍS APÓS DISCUSSÃO NO TRÂNSITO

O publicitário e sobrinho-neto do ex-presidente José Sarney, identificado como Diogo Adriano Costa Campos foi assassinado no fim da manhã de ontem, terça-feira (16), após uma discussão no trânsito na Lagoa da Jansen, em São Luís. O fato aconteceu em frente ao bar Por Acaso. Ainda segundo as informações o veículo de Diogo colidiu com o outro automóvel no momento em que saía da garagem do prédio onde morava, os dois motoristas ainda seguiram em discussão durante alguns metros. Ao sair do veículo para falar com o outro motorista Diogo foi atingido com um tiro na região do pescoço. As investigações mostram ainda que o autor do crime atirou contra o publicitário de dentro do Argo. Diogo morreu no local.

A Polícia Militar realizou buscas para tentar identificar e localizar o autor dos disparos. Por volta das 21 horas de ontem, a Polícia disse já saber quem foi o autor do assassinato. 

SAIBA QUEM É

A  Polícia Civil  identificou o suspeito de homicídio do publicitário Diogo Adriano Costa Campos, de 41 anos, que morreu após levar um tiro no pescoço no fim da manhã de  ontem terça-feira (16), na Lagoa da Jansen, em São Luís. O suspeito foi apontado como sendo  Ayrton Campos, que ontem a noite mesmo prestou depoimento na Secretária de Segurança Pública do Maranhão. O carro em que foi cometido o ato, foi apreendido e estava no nome do pai do suspeito.

As investigações usaram imagens de câmeras de segurança da região que mostraram a dinâmica do homicídio. Informações preliminares apontam que o suspeito do crime atirou contra a vítima de dentro do carro, já que a perícia não conseguiu recolher a cápsula da bala que matou o publicitário.

QUEM ERA 

Diogo era filho de Conci Sarney (Concizinha), irmão de Gustavo Adriano, que foi diretor do fórum eleitoral do Maranhão, e sobrinho do ex-presidente José Sarney. Ele foi funcionário da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), onde permaneceu no setor de Comunicação Social até o ano de 2016.

CASO MARIANA COSTA

Essa não é a primeira vez que familiares do ex-presidente José Sarney são vítimas da violência. Em novembro de 2016, Mariana Costa de 33 anos, também sobrinha-neta do ex-presidente da república José Sarney, e filha do ex-deputado estadual, Sarney Neto, foi encontrada morta e com sinais de asfixia em sua residência, no Turu, em São Luís. O autor do crime, o empresário Lucas Porto confessou ter matado a cunhada. O motivo segundo ele, teria sido que Mariana Costa não correspondia aos seus sentimentos amorosos. De acordo com a polícia, Porto tinha marcas de arranhões no corpo e no rosto. As câmeras do prédio o mostraram saindo correndo pelas escadas do local. Lucas Porto foi preso na casa da vítima ao voltar para prestar condolências no dia do velório. A polícia estava de posse das imagens das câmeras de segurança e o reconheceu.

Segundo a polícia, as câmeras do Condomínio Garvey Park foram fundamentais para efetuar a prisão – Porto foi atuado em flagrante. Após prestar depoimento, ele foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas. (Da Redação de O Imparcial)

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Policia

Data: 17/06/2020

Visitas: 196

Palavras-chave: SOBRINHO NETO DO EX-PRESIDENTE SARNEY FOI ASSASSINADO A TIRO ONTEM EM SÃO LUÍS APÓS DISCUSSÃO NO TRÂNSITO

Fonte: Da Redação de O Imparcial

Big Systems
6923006 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 04 do mês 08 de 2020