• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - COLUNA ESTADO DE ALERTA -  Da Editoria de Política

COLUNA ESTADO DE ALERTA - Da Editoria de Política

85 MIL MORTOS

Ontem o Brasil superou a marca dos 85 mil mortos pela covid19, ou coronavírus. E daí? E daí que esse número poderia ser bem menos se ao menos, a metade dos recursos que o Ministério da Saúde tem disponível para barrar a pandemia, ou diminuir seus efeitos, tivesse sido gastos  de março até ontem, 24 de julho.

MORTOS E DINHEIRO GUARDADO

O exemplo triste, é comum quando se trata de cuidar dos bens, e não cuidar do bem maior; a vida. Quantas famílias ricas adotam essa mesma  postura, mas aí é com elas. Agora fazer o que o Governo Federal fez com os brasileiros, esconder o dinheiro, não gastar o dinheiro do brasileiro com a saúde dele, é muita falta de humanidade. Na verdade isso é mesmo, data vênia, genocídio. Pode se zangar quem quiser!

 MORRE À MINGUA

Se isso tem outro nome, que nos apresente ele. Ora bolas! Ora Pílulas! Em uma pandemia dessas  que tirou do eixo tanta gente e já matou 85 mil seres humanos, os guardadores do nosso dinheiros gastaram menos de um terço do orçamento disponível, e o ministro interino (que não sabe talvez aplicar uma injeção) vem dizer (leiam aí na página 4) que a pandemia ainda não acabou e o Ministério da Saúde estava guardando o dinheiro para o segundo semestre? Isso é o que meu povo? Isso não se faz! Isso é desumano, mesmo!

QUANTOS FORAM MORTOS?

Deixou-se morrer a três por quarenta aí sem remédio, sem respirador, sem UTI e o escambau! Isso em uma leitura, sem frescuras, quer dizer que mataram mesmo, milhares de pessoas dessas 85 mil, isso número oficial, sem contar àqueles que nem conseguiram fazer um exame e morreram sem que oficialmente constasse sua morte nos boletins oficiais. A tal subnotificação também foi mais um refúgio para se esconder o verdadeiro número de mortos pelo coronavírus no Brasil.

 BATEM PALMAS

E o pior de tudo, é que tem um monte de desinformados, que ainda bate palma pra essa gente que deixou que morressem tantos irmãos brasileiros por falta de recursos. Disso não escapou nem mesmo os bravos profissionais de saúde da linha de frente, que não sabiam dessa “falcatrua”, só revelada ontem pelo telejornal da  Globo e os jornais Folha e Estado de São Paulo, a Veja, etc. Nos relatórios estava a recomendação: “não pode ser divulgado”. Como podem ser tão maus....perversos mesmo!

 NÃO TEM MAIS PRA COMPRAR 

Agora, nem que eles queiram comprar, não vão encontrar os insumos e os equipamentos que possam salvar vidas. O mundo inteiro já foi lá onde tem e comprou. E a gente com o dinheiro escondido aqui no Ministério da Saúde que está sem ministro desde “antão”. E idem, sem ministro da Educação, já que o quarto que foi nomeado numa semana, na outra pegou covid19/coronavírus.

 CLOROQUINA SOBRANDO   

Enquanto faltam remédios, insumos, EPI,s, e outros que tais, verdadeiramente necessários para salvar vidas....sobram milhões de comprimidos da tal de Hidroxicloroquina, cujo garoto propaganda é o presidente da República Jair Bolsonaro. Se isso prestasse mesmo, ele que pegou o coronavírus no dia 7 de julho, já estaria bom e não teria testado positivo novamente na quarta-feira 22, 15 dias depois de ter sido infectado, segundo ele. A Cloroquina dele só serviu mesmo pra criar tensão e confusão entre os médicos e seus “apaixonados”. Que Deus o salve e que ele se desculpe, se tiver coragem para tanto, com a população brasileira.

NÃO DÁ PRA ENGOLIR!

Vamos fechar esse assunto por agora, vez que já nos causa ânsia de vômito,  só em pensar o quanto o Governo Federal foi irresponsável com o povo brasileiro deixando milhares de pessoas morrerem, mas com o cofre cheio com mais de dois terços dos bilhões que teriam que ter sido gastos na pandemia. Nem que fosse pegar emprestado depois lá fora, como os países europeus fizeram.

VOLTEMOS PRA CÁ

Primeiro ponto: tem deputado estadual aí querendo ser o “pai” da criança, que teria impedido o fechamento da agência do Banco da Amazônia em Santa Inês. Balela pura! Se dependesse dele a gente (os 4 mil correntistas) já estavam batendo perna de Santa Inês pra Vitória do Mearim. Home...tome tento! O povo não é besta não! Quem sabe dessa história tim-tim-por-tim-tim é o Jornal AGORA Santa Inês. Esse sim, até hoje está na “enfuca” e todo dia está de “zóios” abertos em cima do assunto. Lê o AGORA. Se atualiza!

 NÃO FEZ...E VAI FAZER AGORA

Segundo ponto: tem político aqui na cidade, que passou uma geração na prefeitura e não fez o que está prometendo fazer agora, caso se eleja “perfeito”. Ora bolas! Seu moço, se não fez quando tinha tudo nas mãos, vai fazer agora, em tempos tão bicudos, e com que parceria? Esquece isso! Tudo tem seu tempo. E muitas coisas já passaram do seu tempo.

Postado por: Paulo Silveira

Categoria do Post: Coluna-do-Silveira

Data: 25/07/2020

Visitas: 912

Palavras-chave:

Fonte:

Big Systems
7391191 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 23 do mês 09 de 2020