• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - DOMINGO REGISTRA VÁRIOS ACIDENTES GRAVES E CINCO ÓBITOS NAS BRS QUE CORTAM O MARANHÃO

DOMINGO REGISTRA VÁRIOS ACIDENTES GRAVES E CINCO ÓBITOS NAS BRS QUE CORTAM O MARANHÃO

 

Em uma das ocorrências, duas pessoas morreram carbonizadas na BR-226

O domingo (26) foi um dia com ocorrências graves e quantidade de óbitos acima da média nos últimos anos nas rodovias federais que cortam o estado do Maranhão. Ao todo, foram quatro acidentes graves, que tiraram a vida de cinco pessoas em diferentes partes do estado.

DUAS VÍTIMAS CARBONIZADAS

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a primeira ocorrência se deu na madrugada do domingo, no km 294 da BR-226, município de Barra do Corda, quando um GM/Celta 4P Spirit e uma Scania/R 480 A6X4 se chocaram frontalmente.

O impacto da batida provocou incêndio que consumiu parte do Celta e carbonizou os dois ocupantes, que não tiveram chance de escapar. As vítimas foram identificadas como Evandro da Silva Miranda, passageiro, 25 anos, e de Romildo da Silva Ribeiro, condutor, 30 anos.

De acordo com os levantamentos iniciais das duas equipes da PRF que compareceram ao local, os vestígios indicam que a carreta estava na contramão no momento do impacto. O condutor desta foi levado para a delegacia de Polícia Civil daquele município para as providências que o caso requer.

REBOQUE SE DESPRENDE E MATA CICLISTA

Por volta das 14 horas do domingo (26), um adolescente identificado como Rogério Silva Sousa, de 14 anos, morreu após ser atropelado por uma carrocinha que se desprendeu de uma caminhonete em Itinga do Maranhão, na BR-010. O acidente ocorreu no km 350, na frente da casa da vítima que veio a óbito no local.

De acordo com informações da PRF, quando chegaram ao local, o corpo do adolescente já havia sido deslocado para a funerária e encontraram um veículo do tipo reboque, de cor azul, que estava atrelado a uma Hilux Prata.

Os agentes identificaram após análise que a estrutura de conexão do veículo com a caminhonete estava rompida, a principal motivação pela qual a carrocinha desprendeu e saiu da faixa para o acostamento, atingindo assim o ciclista.

Ainda segundo a PRF, o reboque não estava amarrado ao veículo tracionador com uma corrente de segurança, dispositivo necessário e obrigatório para uso de engates para evitar que caso seja rompido o engate ou estrutura do reboque o veículo rebocado não saia desgovernado. A obrigação está prevista na resolução do CONTRAN nº 197/06 e nº 234/07 no artigo 6°. Quando a equipe da PRF chegou ao local, foi constatado que o sítio de colisão estava parcialmente desfeito, com o corpo já transportado por serviço de funerária. Ausente também o condutor e a caminhonete.

O condutor da caminhonete fugiu do local e se apresentou algumas goras depois na delegacia de Polícia Civil em Açailândia, juntamente com seu advogado. Ele responderá por homicídio culposo na direção de veículo automotor.

COLISÃO LATERAL NA BR-316

Na noite do domingo, no município de Santa Inês, mais precisamente na BR 316 km 272, ocorreu um acidente do tipo colisão lateral envolvendo um veículo GM/ Classic e um caminhão M.Benz 1315, resultando no óbito de João Francisco Araújo, 47 anos, condutor do Classic.

AMBULÂNCIA ATROPELA PEDESTRE

A última ocorrência grave de domingo aconteceu no km 21 da BR-135, em São Luís, próximo a entrada da comunidade Igaraú. Um pedestre foi atravessar a via e foi atingido por uma ambulância do SAMU, que trafegava em velocidade razoável, mas não viu o pedestre atravessando a via de forma desatenta. A vítima, o pedestre Josueliton Souza da Silva, veio a óbito no local.

 

Fonte: O Imparcial

MAIS DE 100 PESSOAS DETIDAS SUSPEITAS DE ENVOLVIMENTO NOS ATENTADOS EM IMPERATRIZ

Mais de cem pessoas foram conduzidas à Delegacia Regional de Imperatriz, no fim de semana, durante operação das polícias Civil e Militar. Pelo menos 30 delas são suspeitas de envolvimento com o crime organizado. Armas de fogo e drogas foram apreendidas pela força-tarefa.

O resultado da operação Imperatriz Segura foi divulgado em uma coletiva na Delegacia Regional da Polícia Civil. A ação das forças especiais das polícias Militar e Civil, além do Corpo de Bombeiros, foi iniciada no dia 23 deste mês e resultou na condução de 111 pessoas suspeitas de envolvimentos nos atentados aos veículos, que foram queimados na semana passada em Imperatriz.

Das 111 pessoas presas, 30 foram autuadas por ligação nas ações criminosas. Durante a operação, a polícia apreendeu: 228 gramas de maconha, 30 quilos de cocaína, dois quilos de crack, 841 comprimidos de êxtase e SLD, além de 26 armas de fogo entre revólveres e espingardas.

Só na noite de domingo (27), foram feitas 47 conduções para a delegacia, e 11 pessoas ficaram presas. Segundo o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, todos os presos têm envolvimento com algum grupo criminoso que atua na cidade. Dois deles eram procurados em outros estados. No Amazonas, um dos presos teria atuado no massacre ocorrido em cadeias de Manaus. "Dois criminosos de altíssima periculosidade, procurados em outros estados da federação. Um deles, inclusive, com relações internacionais. Nós vamos oficiar aos órgãos federais e aos estados em que eles são procurados, que eles estão aprisionados aqui no estado do Maranhão", explicou o secretário. Ainda de acordo com Jefferson Portela, o resultado da operação foi altamente positivo devido a dedicação da força policial. "O sucesso da operação se deve à dedicação plena desses homens e mulheres que formam a Polícia Civil, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, atuando 24h por dia, durante todo o período da Operação Imperatriz Segura. Portanto, um resultado altamente positivo com a retirada de circulação de criminosos, apreensão de drogas, armas de fogo e outros objetos ilícitos flagrados com esses que foram conduzidos para a Regional de Imperatriz", declarou o secretário.

INCÊNDIOS

CRIMINOSOS

A operação Imperatriz Segura foi iniciada dia 23 deste meses depois que um ônibus, que faz a rota para o bairro Bom Jesus, foi queimado por homens armados. Na mesma noite, uma escola pública também foi atacada, os bandidos colocaram fogos nas carteiras da unidade, que só não queimaram por que o fogo foi controlado. Um dia depois, uma máquina patrol, três caçambas e um ônibus foram incendiados dentro da Secretaria de Serviços Urbanos de Imperatriz.

Ações que, segundo a polícia, foram feitas devido a transferência de 13 detentos do presídio de Davinópolis. Eles comandavam os crimes da organização do lado de fora. Na unidade prisional, foram apreendidos 14 celulares em poder do presos.

Durante a coletiva, o secretário de Segurança Pública anunciou que a Polícia Militar vai receber oito novas viaturas em Imperatriz, além de reforços para a Polícia Civil. Jefferson Portela disse, ainda, que a operação Imperatriz Segura, que está em andamento na cidade, não tem prazo para terminar.

Segundo o comandante geral da Polícia Militar no Maranhão (PM-MA), tenente coronel Pedro Ribeiro, as forças policiais vão permanecer em Imperatriz, as rondas e as blitz, que durante a operação foram intensificadas, vão permanecer para combater a criminalidade. "Nós vamos alocar viaturas, intensificar o policiamento nas regiões consideradas mais críticas, trabalhar fortemente no serviço de inteligência e fazer operações constantes. Porque o que a sociedade de Imperatriz realmente gosta é de polícia presente nas ruas, operações reais intensificadas e diariamente. Nós vamos abordar, realmente chegar junto e prender criminosos", garantiu o comandante geral da PM-MA. Os processos serão encaminhados para a Vara de Combate ao Crime Organizado em São Luís.

Fonte: G1 MA

 

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Policia

Data: 29/07/2020

Visitas: 143

Palavras-chave: DOMINGO REGISTRA VÁRIOS ACIDENTES GRAVES E CINCO ÓBITOS NAS BRS QUE CORTAM O MARANHÃO

Fonte: O Imparcial

Big Systems
6918164 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 04 do mês 08 de 2020