• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - COLUNA DO SILVEIRA

COLUNA DO SILVEIRA

“O cansaço às vezes quer me consumir, a ponto de eu achar que sou o único a sofrer tribulações. Mas, Jesus não me deixa desabar. Ele me mantém de pé, e com o coração cheio de Fé, creio que ele me levanta todos os dias para continuar minha missão”. Clélio Silveira Filho.

SAULO GOMES NOS DEIXA AOS 56 ANOS DE IDADE

NOTA DE PESAR

É com imenso dor que todos que fazem o Sistema AGORA de Comunicação, informam  através  desta nota de pesar, aos amigos e admiradores do apresentador Saulo Celio Alves Gomes, (Saulo Gomes) que o mesmo faleceu na madrugada de terça-feira, 10 de novembro de 2020, no Hospital Macrorregional de Imperatriz-MA, onde se encontrava internado desde o último sábado (7).  Saulo Gomes, muito embora os exames finais não constassem que ele tenha ido a óbito vítima da Covid19, mas o mesmo deu entrada naquele hospital com todos os sintomas da doença e seu acesso ao mesmo foi protocolado como sendo Covid19, sendo que em razão disso, novos exames pós morte, estão sendo feitos e seu sepultamento seguiu os protocolos determinados para os casos de Covid, sendo que nenhum familiar, nem mesmo sua esposa teve acesso ao corpo, que na tarde de terça-feira, seguiu em cortejo acompanhado de veículos da imprensa imperatrizense e dos familiares, para sepultamento em cemitério de lá mesmo de Imperatriz.

QUEM ERA SAULO GOMES

Saulo Gomes era Carioca, tinha 56 anos de idade, filho de uma radialista e de um jornalista e escritor, o até então decano do Jornalismo Brasileiro Saulo Gomes, que nos deixou a cerca de um ano, autor de vários livros. O Saulo Gomes que o Maranhão conheceu e nos deixou, era tido como o mais experiente perito de Identificação Visual de Veículos do Brasil, tendo sido professor de centenas de delegados treinados na Academia de Polícia de Brasília, oriundos de 23 estados brasileiros pelos quais ele passou como professor. Saulo também foi destaque em programas de TV como Linha Direta da TV Globo, é programas como  do Jô Soares, do Ratinho e do Celso Portinlhole no SBT, Gilberto Barros na Band, entre outros. Ele era casado com Maria Madalena Silveira, a Leninha, irmã do diretor-superintendente do Sistema AGORA, jornalista Clélio Silveira Filho dentre outros, desde a metade dos anos 90, sendo que o casal morou em várias capitais brasileiras. Saulo veio com a família morar em Santa Inês na metade do ano de 2004, tendo passado uma temporada em Pindaré. Depois mudou-se para Santa Inês, onde chegou a ocupar o cargo de diretor da 9ª Ciretran por alguns anos, em seguida se dedicando a outros trabalhos. Muito querido em Santa Inês, Saulo Gomes tornou-se uma figura popular e acabou indo parar na televisão, mais precisamente na TV Remanso/Record, onde foi o primeiro apresentador do programa Balanço Geral, o qual ele comandou por muito tempo. Mais tarde desligou-se do programa, mas não da TV Remanso/Record, onde reapareceu apresentando o programa Show do Bronca, que foi comandado por ele por alguns anos, tendo deixado de apresentar o programa para seguir outros caminhos, o que os levaram para a cidade de Imperatriz, origem de sua mulher Leninha. Em Imperatriz  Saulo Gomes voltou a fazer televisão, se destacando em um programa de grande audiência na cidade. Sua última grande participação na TV foi a cobertura da visita do presidente Bolsonaro àquela cidade no último dia 29 de outubro.

Na semana passada, ele que já tinha problemas pulmonares, começou a sentir fraqueza e outros sintomas, tendo sido internado no final de semana e ido a óbito nesta madrugada. Seu corpo será sepultado em Imperatriz, devido as normas protocolares de quem morre de Covid19, Coronavírus.      

FAMÍLIA SILVEIRA

Através do porta voz da família Silveira, jornalista Clélio Silveira Filho, agradece a todos os amigos e admiradores de Saulo Gomes, os grupos de WhatsApp  pelas inúmeras mensagens e homenagens que foram e ainda  estão sendo feitas em memória de Saulo Gomes. A partir aqui de Santa Inês, foram tomadas as providências para conforto da família, naquele momento de dor, bem como a Imprensa de Imperatriz e amigos de lá, também se esforçaram para confortar os familiares. Que Deus receba Saulo em um bom lugar. Toda a história de Saulo Gomes, segue contada em matéria Especial assinada pelo grande jornalista e escritor Edmilson Sanches ali nas páginas 11 e 12 desta edição. 

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Coluna-do-Silveira

Data: 12/11/2020

Visitas: 133

Palavras-chave: COLUNA DO SILVEIRA

Fonte: CLÉLIO SILVEIRA

Big Systems
8020157 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 04 do mês 12 de 2020