• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - UMA HISTÓRIA DE VIDA PERMEADA POR CORAGEM E SUPERAÇÃO

UMA HISTÓRIA DE VIDA PERMEADA POR CORAGEM E SUPERAÇÃO

Hoje, no “Georgiana Recomenda”, temos uma outra voz feminina incrível. Fábia Araujo é essa mulher que nos impressiona com uma história de vida permeada por coragem e superação. Ela ocupa este espaço do Jornal “Agora Santa Inês” falando de forma visceral como decidiu tomar uma decisão que mudaria toda sua vida.

Tenho muito prazer em trazê-la à tona porque sei que servirá de inspiração para muitas outras mulheres às quais, assim como ela, já sofreram ou sofrem com a gordofobia e estão indecisas sobre fazer ou não bariátrica. É um texto lindo e com uma mensagem muito positiva.  Georgiana Lima

 

CORAGEMDE MUDAR!

Por Fábia Cristina Araújo

Já são 15 anos desde o dia em que resolvi nascer de novo! E eu explico o porquê: quem me conhece bem sabe que além de muitos amigos, alegria de viver e um sorriso fácil, tenho duas datas de nascimento: 22 de setembro de 1975 e 05 de agosto de 2005.

É que no dia 22/09, minha mãe me deu à luz, mas no dia 05/08, eu me dei uma chance!

A bariátrica foi uma das mais difíceis decisões tomadas em minha vida, mas, certamente, foi uma das mais acertadas! Definitivamente (e falo com propriedade), o mundo não foi feito para pessoas fora do padrão. Com 130 quilos e 1,68m, já quebrava cadeiras de plástico, entalava nas poltronas do cinema e roupas já eram impossíveis de encontrar.

Já havia nenhuma vaidade. Meu guarda-roupas resumia-se à duas calças, duas blusas e um par de sandálias, todos comprados por minha mãe e minha irmã, pois não tinha coragem (nem vontade) de sair para comprar algo para vestir.

Subir escadas era um suplício. Correr? Nem pensar! Cruzar as pernas? Nem lembrava como era. Todos os dias acordava com dor. Na realidade, já estava acostumada com a dor...

Apesar de tanto sofrimento, muita gente me pergunta se não tenho vergonha de mostrar fotos de quando era obesa...Não tenho não!! Nenhumazinha sequer!! Eu era a mesma Fábia de hoje; obesa, mas com o mesmo senso de humor e alegria de viver!

A diferença é que preferia me esconder atrás da comida, do estudo, da profissão e de um relacionamento acomodado para não encarar de frente os fantasmas da compulsão e da obesidade.

Tem muita gente que pensa que o caminho para quem opta pela bariátrica é fácil...! Ledo engano! Nada nessa vida é fácil...! Os obstáculos são muitos e os julgamentos idem! A inspiração para este texto foi, inclusive, um depoimento que li em uma rede social, que dizia que a cirurgia bariátrica é “coisa para pessoas preguiçosas e sem força de vontade”!

No decorrer deste tempo muita gente se afastou, mas muita gente maravilhosa entrou na minha vida! Houve até quem me dissesse que eu estava perdendo a graça a medida que emagrecia, ou então que eu era “mais engraçada quando era gorda”!

E passados esses 15 anos, e perdido 65 quilos, tenho certeza que FARIA TUDO DE NOVO!!! Dou graças a Deus por ter seguido em frente e não me arrependo!

A vida é muito curta para perdermos nosso valioso tempo com autocomiseração ou autodestruição!

Por isso, VIVA A VIDA! Feliz aniversário para mim e parabéns para todos que decidiram dar uma guinada radical na vida em busca da felicidade!!!

   #bariatrica #mudanças #coragem #históriadevida #gordofobia

 

 

 

 

Fábia Cristina Teixeira de Araújo, 45 anos, é advogada, chef de cozinha e proprietária da empresa Senhora Massa em São Luís do Maranhão.

 

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Entretenimento

Data: 16/11/2020

Visitas: 808

Palavras-chave: UMA HISTÓRIA DE VIDA PERMEADA POR CORAGEM E SUPERAÇÃO

Fonte:

Big Systems
8014606 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 03 do mês 12 de 2020