• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - COLUNA DO SILVEIRA 1574

COLUNA DO SILVEIRA 1574

“Não existe tribulação na vida que não possa ser aliviada diante da intercessão da Virgem Maria junto a Jesus. Na verdade se alcança o Pai, através do Filho. Logo se alcança o Filho, através da Mãe, creia nisso”. Clélio Silveira Filho.

Olá, bom dia, boa tarde, boa noite! Isso vai depender da hora em que você estiver lendo esta Coluna ou esta edição deste  sábado, dia 30 de janeiro de 2021, mês que passou mais rápido do que um “piscar de olhos”. Mas estamos aqui, ainda com a edição 100% online, obedecendo recomendações e etc. sendo esta a de número 1574, com 20 páginas e muitas novidades. A nossa última edição circulou há menos de 48 horas. Estamos assim, correndo sem parar...até para poder acompanhar o que realmente está acontecendo na cidade, na região, no Brasil e no mundo. Esperamos atender aos anseios do “ficar sabendo” dos nossos milhares de leitores espalhados nas mais diversas plataformas de leitura, sendo duas delas, as mais visitadas, o site:www.agorasantaines.com.br, com mais de 12 mil acessos dia, e a edição eletrônica em PDF que alcança aproximadamente 5 mil contatos via WhatsApp, sendo mais de 40% aqui na cidade de Santa Inês e 60% além fronteiras municipais, estaduais e até nacionais. Também seus meninos,  já são quase 20 anos de batente só aqui em Santa Inês. Aqui não se brinca...mas se faz jornalismo sério e com a devida confiança e credibilidade. Espero que todos tenham um ótimo final de semana, e rogo a Deus que nos abençoe a todos, e que suas bênçãos nos alcancem onde estivermos. Amém!!!

 

LUTO EM IMPERATRIZ

A cada dia que passa, a cidade de Imperatriz vem perdendo muitos de seus tradicionais (ou não) moradores para a Covid19. Médicos, advogados, professores, jornalistas, garis, comerciantes, feirantes, etc. Confesso que cada dia sou impactado com uma notícia de que um amigo, ou um parente de um amigo meu, e até mesmo um parente, como foi o caso do meu cunhado Saulo Gomes, perdeu a vida para o coronavírus. Na manhã de hoje, mal tinha pautado uma matéria do jornalista e escritor Edmilson Sanches, de duas páginas nesta edição, narrando sobre a morte de um ilustre professor daquela cidade, eis que me chega a notícia da morte do advogado Richardson Moreira, de 46 anos foi a óbito. Filho do meu colega de TV, Otair Moreira, que há duas décadas mora nos Estados Unidos, mas veio para o Brasil tão logo ficou sabendo de que o filho havia sido contaminado com o vírus. Nos últimos dias, as igrejas de Imperatriz das mais diferentes religiões, fizeram vigília em oração noite e dia na porta do Macrorregional de Imperatriz, a cidade se mobilizou em torno do problema de Richardson, mas o vírus Covid19 é cruel, não respeita idade, dinheiro, religião, nada. Só Deus. Mas acontece que muitos não respeitam a Deus – não foi o caso do Richardson – e nem as recomendações sanitárias e saem pelo mundo se contaminando e contaminando os outros com o tal vírus. O resultado é que todos nós ficamos expostos quando nossa privacidade – o direito de nos proteger – é desrespeitado.  Hoje Imperatriz chora por Richardson Moreira que partiu deixando quatro filhos – ainda crianças - e a amada esposa. Nossa total solidariedade aos seus familiares, especialmente ao colega de TV Otair Moreira. Imagino daqui, como comovida está a também, minha querida Imperatriz. Que Deus conforte a todos e receba o Richardson em um bom lugar.

FEZ 70 ANOS

Se por um lado temos tristezas, por outro não podemos deixar de sentir a alegria de comemorar os 70 anos de um contemporâneo de todos nós aqui de Santa Inês, de convivência da década de 60 e parte da de 70; Palmério, que completou exatos 70 anos recentemente em Brasília para onde se mudou na década de 70 (eita!!! Haja 70!!!). Palmério sempre foi muito confiante em tudo o que fez, e muito alegre pela feliz vida que tem. Ele brilhou nas pistas de dança de Santa Inês por ao menos uns 10 ou 15 anos, onde dançava como se estivesse deslizando no salão, bastava encontrar alguém que o acompanhasse na arte. Hoje em Brasília, ele vive com filhos, filhas a esposa, genros, netos e tem nosso respeito e admiração inabaláveis. Parabéns Palmério! Te desejamos, em meu nome e em nome do grupo “Amigos de Santa Inês 70” (arrre!!! Olha o  70 de novo!) toda felicidade do mundo e mais muitos e muitos anos de vida...projeto é buscar pelo menos mais uns 30 anos...vamos lá!!!     

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Coluna-do-Silveira

Data: 01/02/2021

Visitas: 170

Palavras-chave: COLUNA DO SILVEIRA 1574

Fonte: CLÉLIO SILVEIRA

Big Systems
8667365 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 06 do mês 03 de 2021