• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - ESTADO DE ALERTA 1574

ESTADO DE ALERTA 1574

PORTAS FECHADAS

De acordo com o que já havíamos noticiado no site do AGORA, amanheceu fechada em Santa Inês –  no Maranhão e no Brasil – na sexta-feira,  a agência do Banco do Brasil que se juntou com as demais em greve por 24 horas, em protesto pelo fechamento de mais de 360 agências e pontos de atendimento no Brasil pelo Governo Federal, causando a demissão de 5 mil funcionários.

 

ADESÃO DO MARANHÃO

Em razão do que,  os bancários do Banco do Brasil decidiram, em Assembleia Geral na quarta-feira (27), deflagrar greve nacional de 24h, neste dia 29 de janeiro, contra a medida do Governo Bolsonaro. Os funcionários do Banco do Brasil do Maranhão aderiram o movimento e cruzaram os braços.

 

O QUE VAI FECHAR

No Maranhão, está previsto o fechamento de unidades em Bacabal, Caxias e Imperatriz, além das agências Cohatrac e Reviver em São Luís. A bancada maranhense no Congresso tem tentado fazer com que o governo reveja a posição.

 

SEIS POR MEIA DÚZIA

O governo de Bolsonaro é mesmo uma nau navegando sem rumo certo. Ao mesmo tempo em que manda fechar pra lá de 300 agências e pontos do Banco do Brasil no país, o presidente manda no dia seguinte abrir 75 agências da Caixa Econômica em várias partes do Brasil. Vai entender!!!

 

E NÃO É PRA ENTENDER..

É verdade, e não é pra entender mesmo! Quem consegue entender um governante que governa de acordo com o vento ou pior que isso? Um presidente que não sustenta à tarde o que disse na manhã?  Um presidente que se apoia em falácias que cada vez mais o desacredita perante  à população?

 

MAIS UMA NA CONTA

Aqui mesmo nesta página, está outro belo exemplo do governo “vira folha”, que diz e desdiz de acordo com seu humor ou “fígado”. Ontem – sexta-feira, prometera que se caso fosse necessário criaria mais ministérios e coisa e tal. Já hoje pela manhã, desmentiu o que ele mesmo disse ontem e jurou que jamais pensou em criar novos ministério...e bá,bá,bá,bá,bá. Pense no que passam os que convivem com ele de perto todos os dias. É pra rir ou pra chorar?

 

SOBRE AS FILAS DA CAIXA

O Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão entrou com ação civil pública contra a União, Caixa Econômica Federal (CEF) e Dataprev para que solucionem problemas no processamento da análise dos requerimentos para recebimento do auxílio emergencial, prestem esclarecimentos aos cidadãos que tiveram seu benefício indeferido, e divulguem campanha publicitária para que as pessoas deixem de ir às agências, evitando aglomeração e o risco de contágio da Covid-19.

 

E MAIS

De acordo com o Procurador Regional dos Direitos do Cidadão, Marcelo Santos Correa, “não é aceitável, diante da proteção constitucional que se dá ao direito de petição do cidadão e à razoável duração do processo, que qualquer agente administrativo possa postergar, de forma injustificável, a análise dos dados e a decisão do pedido de concessão do auxílio emergencial. A demora nessa resposta põe em risco a saúde dos cidadãos, que são forçados a irem às agências para resolverem questões de análise e indeferimento dos seus pedidos”, afirmou.

 

DO AGORA

Essas informações nos foram repassadas pelo MPF, em razão da matéria que publicamos na edição de quinta-feira passada sobre às milhares de pessoas nas filas da Caixa Econômica em Santa Inês. Tudo bem....só que essa ação já vai fazer mês e parece que nada foi resolvido pelas instituições em tela.

 

PREFEITURA INTERVEIO

Neste sábado, antes do fechamento desta edição, ficamos sabendo que diante do que foi visto no meio da semana, as filas “quilométricas” de pessoas em torno de vários quarteirões nos arredores e até bem longe – fila que dobrava o Esquinão na Rua da Pedra Branca – a prefeitura através de secretária de Indústria, Comércio e Turismo do município, Andrea Sales, e mais outras autoridades municipais, haviam se reunido com o gerente da Caixa local, e exigido providências para aquelas aglomerações. Todavia....o mesmo não teria garantido fazer nada alegando que a agência daqui atende a mais de 400 mil habitantes da região. Quer dizer então que vamos pagar o pato por conta disso.

 

MP ESTADUAL

Por outro lado, se o Ministério Público Federal tomou a frente de cobrar alguma providência da Caixa, o Ministério Público Estadual, aqui em Santa Inês, parece que não tem conhecimento de nada disso e pouco estaria se lixando pra tal situação de aglomeração capaz de deixar sequelas que venha a ceifar vidas e mais vidas. O MP local (atual) precisava ao menos soltar uma nota sobre o assunto. E outros mais.

 

CHUMBO QUENTE

O Boletim Epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde, com relação aos números de Santa Inês, está mais defasado do que “as providências do Ministério da Saúde” pra combater a Covid19./// Já pra quem não sabe, a relação do BE de Santa Inês que se reporta aos internados, é a soma dos que estão no Hospital Municipal com os que estão no Macrorregional./// Ou é isso, ou parece com isso./// Tem um especialista nesse assunto que dá uma “forcinha”  para o AGORA, que disse que está pertinho de ficar doido e não consegue entender que “equação” é que fazem o Município, o Estado e a União, pra fechar a conta da Covid todo dia./// Ele passa o dia trocando informações com o AGORA e vai dormir com os neurônios a mil por hora, e olha que o “cabra” é bom no assunto./// Mas, não da conta de “fechar o balanço diário” da Covid19. Nem nós!!! //// Fomos!!! 

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Politica

Data: 01/02/2021

Visitas: 1021

Palavras-chave: ESTADO DE ALERTA 1574

Fonte:

Big Systems
8667193 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 06 do mês 03 de 2021