• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - Polícia Civil prende mais 3 colombianos e um brasileiro por agiotagem

Polícia Civil prende mais 3 colombianos e um brasileiro por agiotagem

Ao todo, cinco colombianos e um brasileiro estão presos pela prática criminosa

O serviço de inteligência da Polícia Civil da Delegacia Regional de Santa Inês, prenderam na tarde de ontem, sexta-feira, os colombianos  José Harley Velez Salazar, 38 anos, Robinson Henão Estrada, 26 anos e Maurício Estrada Bustamamte, 33 anos e o brasileiro Maylson Sousa Dias Carvalho, 23, suspeitos de integrarem uma associação criminosa que praticava agiotagem e lavagem de dinheiro de maneira clandestina e sem autorização ou licença dos órgãos competentes, em Santa Inês.De acordo com Delegado Regional, Raphael Reis, após investigações, a primeira prisão aconteceu por volta de meio dia quando Robinson e Maylson realizavam  uma cobrança na Rua do Fio, Bairro da Palmeira. Com eles, foram apreendidos celulares que continha um programa onde foram encontrados valores e pagamentos a serem cobrados. Maylson Sousa é brasileiro, Maranhense, natural de Balsas.  Após a prisão dos dois, os investigadores se deslocaram para uma quitinete localizada na Vila Militar onde se encontrava José Harley e Maurício, ambos com mais evidências de cobranças que caracterizava a agiotagem. O empréstimo era feito com a cobrança diária dividida. Por exemplo: Se o cliente pegasse R$3.000 na mão do agiota, o valor seria cobrado em 30 parcelas no valor de R$120.“O modo de agir da quadrilha era quase sempre o mesmo: distribuíam cartões de visita, onde ofereciam a contratação de empréstimos. Eles também abordavam os lojistas ou camelôs, tanto no centro da cidade quanto nos bairros adjacentes onde se concentra a maior parte do comércio informal, a fim de angariar clientes”, explicou o delegado regional de Santa Inês que complementou afirmando que ainda está sendo investigadas mais pessoas envolvidas no crime.
OUTRAS PRISÕES:No final do mês de fevereiro, a polícia civil prendeu Mario Alonso Escudero  e Alejandro Riveira Cuatras. Mário ainda tentou subornar a equipe de policiais oferecendo R$400. No local, a polícia encontrou diversas fichas contábeis com nomes dos clientes, datas e valores. Eles confessaram que faziam agiotagem,  mas alegaram que não sabiam que isso era crime no Brasil. Mário disse ter cerca de 130 clientes na cidade, já Alejandro, em torno de 70 clientes.

Postado por: Redação Agora

Categoria do Post: Policia

Data: 05/03/2016

Visitas: 2734

Palavras-chave: Polícia Civil prende mais 3 colombianos e um brasileiro por agiotagem

Fonte: Redação Agora

Big Systems
6144631 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 02 do mês 04 de 2020