• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - COLUNA DO SILVEIRA 1586

COLUNA DO SILVEIRA 1586

“Não deve haver dúvida para com o amor de Cristo. Só Ele Salva, Cura, Restaura e transforma os Cristãos. Assim, nossas vidas com Ele, são renovadas”. Do livro Gotas de Reflexão Espiritual de autoria de Clélio Silveira Filho.

O

lá, bom dia! Aqui estamos nós com mais uma edição 100% online do Jornal AGORA Santa Inês, a terceira em exatamente uma semana, ou 8 dias, contando de quarta de uma semana  a quarta-feira de outra, perfazendo um total de 72 páginas recheadas de conteúdo jornalístico, dos mais diferentes temas, ou seja, uma média de exatas 9 páginas por dia. Esse recorde nosso tem uma explicação: é que cada dia que passa os nossos milhares de leitores aqui de Santa Inês, da região, do Brasil e algumas centenas estacionados em outros países, dependem mais de notícias daqui e do Estado, e até mesmo algumas “considerações” a nível  de Brasil. E de preferência com dados, números e informações com a devida credibilidade que o Sistema  AGORA de Notícias tem, afinal estamos caminhando para fecharmos 20 anos do Jornal AGORA Santa Inês (nosso primeiro veículo de comunicação) em setembro vindouro. Se Deus quiser!!! Nessas duas décadas já vimos de tudo por aqui, até “boi avuar” como dizia um político lá da região Tocantina. Mas tiramos tudo de letra. Nada mais nos assusta, e nem mesmo chega a ser novidades para nós. O nosso compromisso é com a população, com a coletividade,  é o povo, o todo, e não “uns” de alguns. Ao receber e ler esta edição, nosso querido leitor, assinante ou não, anunciante ou não, sabe que ela (a edição) vai viajar muito, e o que está escrito nela, ou foi, ou é ou será, portanto nada aqui foi inventado. É assim que as coisas funcionam por aqui. E para fechar este primeiro parágrafo desta Coluna do Silveira (Clélio Silveira Filho) fazemos questão de informar a quem interessar possa, que Deus nos deu uma missão e essa é levada com coragem e profissionalismo por todos que fazem o Sistema AGORA. É a Ele que somos gratos e é a Ele que recorremos para que nos dê saúde, força, coragem, fé e foco para desenvolvermos nossa missão, e que Ele nos abençoe a todos, inclusive e principalmente os que estão nos leitos dos hospitais, nas UTI,s, nas enfermarias, nos leitos das casas, ou sendo transportados nas ambulâncias de um lugar para outro, acometidos do coronavírus ou qualquer outra doença. Saúde e paz para todos. Amém!

 

MUDANÇA NO

MINISTÉRIO

Deu vontade de escrever no “mistério”, ao invés de Ministério. É que na verdade apesar de parecer ter um “mistério” no Ministério da Saúde, que não segura nenhum ministro por lá, já está no 4º em apenas dois anos e 75 dias, o que dá uma média de um a cada seis meses e 17 dias aproximadamente, não há mesmo nenhum mistério.

 

O  QUE HÁ?

Há um desgoverno, um negacionismo, um combate entre a ciência contra o descaso com o ser humano,  um desastre e um desequilíbrio total no comandante do país, logo trocar de ministro ou deixar o que estava aí há 10 meses, vai dar tudo no mesmo “mané luís”, ou seis por meia dúzia, visto que o problema não está no ministro, como nunca esteve, mas em quem o comanda. Assistam vídeos meus publicados no meu instagram @cléliosilveira, onde abordo o assunto e antecipo  queda do Pazuello, e afirmo que a troca de ministro aconteceria na segunda, terço ou no máximo quarta-feira desta semana. Se deu mesmo na segunda-feira.

 

SEIS MILHÕES

 DE REAIS

Enquanto o presidente “esbraveja” contra os governadores e contra o uso de máscaras, distanciamento, e outras medidas sanitárias, joga para debaixo do tapete a compra de uma mansão pelo filho em Brasília (senador Flávio Bolsonaro) pela bagatela de 6 milhões de reais, sobre o que ele prefere não comentar e muito menos explicar. E inda diz que é contra corrupção e coisa e tal.

 

SE  FAZ DE VÍTIMA

Um delírio fora do contexto. É assim, com tudo o respeito que o cargo merece – já o cidadão JMB, não – que sua Excelência se faz de vítima e ainda tem, digamos, uns 10% da população que o acham o “cara!”. Ou coisa de 21 milhões de brasileiros e brasileiras. Tá explicado o “ruído” (menos agora) nas ruas e nas redes nem tanto assim, sociais.  

 

SELIM GALHÃES..SAUDADES!

Eu não parei ainda para contar quantos amigos, confrades de profissão e de academia de letras eu perdi desde que começou a pandemia da covid19. Mas já creio que superaram a casa de uma centena. E quase todos os dias  sinto o impacto de ter perdido mais um, quando não, mais de um por dia ou um por semana. Nesta semana que começou no domingo, me veio lá de imperatriz a triste notícia da partida de Selim Galhães. Músico, cantor, compositor e repórter televisivo que foi parar na TV na década de 90 pelas minhas mãos. Foi meu repórter em programa de TV. Mas eu já o conhecia desde 1986 através do FABER – Festival Aberto do Balneário  Estância do Recreio que lançou nomes como os do próprio Selim, Erasmo Dibell, Carlinhos Veloz, Nando Cruz, Luís Carlos Dias, Zeca Tocantins, Neném Bragânça - com quem Selim vai se encontrar agora, deu visibilidade a Chiquinho França, hoje um dos mais importantes músicos do Brasil etc. Selim partiu de repente. Em uma semana estava bom, noutra se foi. As causas não foram divulgadas, mas parece que não se cogitava de Covid19. Logo ele, autor de uma das músicas mais corajosas dos últimos 35 anos, “Viagem”...viajou! Que Deus o tenha e o receba em um bom lugar.

 

JÁ NA SEGUNDA-FEIRA

Também lá de Imperatriz me, vem a notícia da morte da querida Lidimar Araújo Fernandes, economista, servidora pública, professora da Rede Estadual de Ensino, e auditora da Secretaria da Fazenda Estadual e Gestão Orçamentária. E para lamentar mais, irmã do meu confrade – escritor, compositor – médico pediatra Dr. Itamar Dias Fernandes que sempre foi o médico desde o nascimento até os 8, 10 anos das minhas filhas Isabella Silveira e Yasmim de Maria, cujo cuidado com nossa família tem até hoje. O médico e escritor Itamar Dias é um dos colaboradores deste jornal, que publica artigos seus e outros conteúdos literários. Lidimar foi mais uma vítima da Covid19, e foi a óbito ontem, em um grande hospital de Belém, onde se encontrava internada. Em Imperatriz as perdas para a covid19 acontecem todos os dias e em números preocupantes. Ao Dr. Itamar e todos os familiares da amiga Lidimar, os nossos mais sinceros pêsames, e rogamos a Deus que conforte a todos e que a receba em um bom lugar. A Prefeitura de Imperatriz Nota de Pesar.  

 

SANTA INÊS

60 DOSES/DIA

Bom, voltando para cá, a gente segue batendo na tecla dos desencontros entre os números da vacina anunciados pelas plataformas do Ministério da Saúde, da Secretaria Estadual e da Secretaria Municipal de saúde,  e a lentidão da vacinação. Os números não batem mesmo!!!! Cada um tem um número. Isso se chama falta de “transparência”. De quem? Do Jornal é que não é! (Leiam matéria mais detalhada ali adiante). O certo é que já vieram para Santa Inês cerca  de 4.024 vacinas das duas doses. E só teriam sido aplicadas, pelo BE da Secretaria Municipal de Saúde de Santa Inês, boletim oficial de segunda-feira, 2.814 doses. Nessa conta sobrariam  ainda 1.210 doses para serem aplicadas, fora as que chegarão ainda esta semana. Na base de 60,4  doses por dia, média aplicada em 8 dias de 8 (2.331)  a 15 (2.814) de fevereiro, quando foram, aplicadas somente 483 doses de vacinas. Divide esse número por 8 e o resultado será exatamente 60,4 dose por semana, repetimos, vai demorar uma eternidade para vacinar a população. Como pode isso?    

 

NOSSO ABRAÇO

E o abraço virtual de hoje,  vai para Dona Tomázia, uma das mais velhas moradoras (se não for a mais velha) de Santa Inês, ela completou 106 anos. É viúva de Euzébio Pinheiro (família pioneira por aqui) com residência desde a década de 50 na esquina da Rua do Milho com Rua das Marias, onde funcionou a primeira sede da Câmara Municipal de Santa Inês em 1969. Na foto que me foi enviada de Teresina pelo seguidor  do AGORA, Bezerra Neto, está o genro de Dona Tomazinha…o que nos leva a Jujú, que nos deixou muito cedo...ali pela década de 70 e foi jurada no meu programa de calouros nos primeiros anos dos anos 70. Saúde Dona Tomázia!!!

 https://i.imgur.com/OpzaCDZ.jpg

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Coluna-do-Silveira

Data: 17/03/2021

Visitas: 142

Palavras-chave: COLUNA DO SILVEIRA 1586

Fonte:

Big Systems
8870224 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 11 do mês 04 de 2021