• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - CONVERSANDO COM O MEU COLEGA MÉDICO-ROBERTO SERRA FREIRE-UFPA, NO GRUPO DO WHATSAPP- TURMA J.K

CONVERSANDO COM O MEU COLEGA MÉDICO-ROBERTO SERRA FREIRE-UFPA, NO GRUPO DO WHATSAPP- TURMA J.K

Por - Itamar Dias Fernandes*

Meu respeitável colega- SERRA FREIRE, sempre tive muito medo de desencarnar. Talvez, por ausência de uma fé robusta, quanto à vida além  túmulo! Hoje,  esse sentimento voltou a se exacerbar dentro de mim, em razão da necessidade sentida de lidar bem, emocionalmente, com, aquilo que me agrada,  e, também,  com o que não me agrada, a exemplo de fakenews de conteúdo perverso, na maioria das vezes, em nossa mídia; e, acima de tudo,  sem nenhuma dramaticidade Hollywoodiana, quanto, aos desconfortos  físicos, emocionais, espirituais e, até de ordem profissional,  considerando-se as limitações físicas, advindas da satânica Chikungunya, sobre mim,  residindo, há 5 anos. E, como se não bastasse, acabo de chegar do sepultamento de minha querida irmã LIDMAR, uma das vítimas da Covid-19.

Não sou dono da razão, mas adoraria muito, possuir a maturidade emocional suficiente, para exercer uma POSTURA SÁBIA, em todos os instantes vividos, por mim, agradáveis ou não, a exemplo, do meu relato anterior!  Só, assim, conseguirei me manter presente nos inúmeros grupos de interação humana por meio da Internet, sem me estressar. Pois, sinceramente, entristecem-me, profundamente, o fato, que, diante de uma carnificina humana provocada pelo vírus- SARS-COV-2, em nosso País, enquanto, médicos  brasileiros,  alicerçados,  na maioria das vezes,  num sentimento ANTIPETISTA, no que,  entendo e respeito totalmente, têm fechado os olhos, para a visível falta de GESTÃO do  Governo Federal,  no âmbito da SAÚDE BRASILEIRA, na atualidade. O pior, em tudo isso, é que ao abordar-se essa triste realidade da Saúde Pública Brasileira, muitos antipetistas, aos quais, repito, respeito muito; pois, vivemos ainda, numa democracia, malgrado frágil.  Todavia, não é possível, que nos esquecêramos da luta de um OSVALDO CRUZ, o qual, até preso, fôra, por incitar o povo contra a inércia governamental em relação ao controle de doenças infecciosas. Deixo, bem claro: não sou militante de nenhuma agremiação partidária, meu querido e ilustre colega- ROBERTO SERRA FREIRE, não consigo me esquecer, enquanto pediatra do enorme sucesso que o nosso País, já, demonstrou ao mundo, no passado recente, em se tratando de COBERTURA VACINAl, contra doenças imunopreveníveis. Recentemente, contra a epidemia da GRIPE SUINA, em que com, apenas, 90 dias, aproximadamente, 100 milhões de brasileiros foram vacinados. Infelizmente, contra a Covid-19, cuja gravidade clama por medidas de emergência por uma imunização em massa e rápida, vem ocorrendo, a passos lentos, por falta de logística, portanto, de gestão do Ministério da Saúde.  Dai, a necessidade de viabilizarmos uma estratégia de natureza emergencial, em nível, governamental, para por fim ao CAOS, no pior sentido da palavra, a ocorrer na saúde brasileira, neste fatídico momento. Essa preocupação, não deveria jamais ser sinônimo de uma ideologia anti-bolsonarista, petista, castrista, chavista, maoista, stalinista, segundo o modo rude de pensar de muitos, entre nós. Trata-se, simplesmente, de uma verdadeira preocupação médica, fundamentada, no espírito humanista.  Isso é defender os princípios milenares da MEDICINA DE HIPÓCRATES!

Entendo, sinceramente, se tratar de uma atitude ÉTICA, ou melhor, BIOÉTICA, de qualquer profissional da área de saúde, em relação ao atual contexto, em nível, médico- Sanitário brasileiro.  Nós, médicos e demais profissionais da saúde, na maioria das vezes, trabalhamos sem salários dignos, sem salubridade, além de outros direitos negados por governos de ontem, e atuais, cujo POPULISMO é exercido imoralmente, por certos líderes políticos, cujo narcisismo doentio é capaz de dizimar todos aqueles, cujos bons sonhos, inteligência, competência profissional, ideais em defesa da vida, venham inibir o poder de sua aceitação popular.  Outras luzes, indiscutivelmente, serão impedidas de brilharem em seu entorno. Um exemplo disso, seria, combater o discurso em prol da CLOROQUINA, IVERMECTINA, NITAZOXANIDA, MACROLIDEOS E CORTICÓIDES recomendados, como, tratamento preventivo pra Covid-19, pelo atual governo federal brasileiro.  Desafiando totalmente, os preceitos científicos da atualidade em relação a essa enfermidade infecciosa. Outra vez, portanto,  a INVEJA de certos homens, tenta desmerecer o conhecimento de celebridades,  a exemplo de OSVALDO CRUZ que deixou de ser o Primeiro Nobel de Medicina do Brasil e único,  já,  que não temos nenhum -PRÊMIO  NOBEL DE MEDICINA; e, o episódio envolvendo o nosso colega- LUIZ EDUARDO MANDETA, ao qual me refiro, aqui,  como, nosso colega médico, e cujas previsões baseadas em Ciência, até agora, vêm se confirmando, mas, lamentavelmente, precisou deixar  o Ministério da Saúde,  por desenvolver um nível de empatia com a população brasileira bem significativo. Defender o isolamento social, distanciamento social, e, ser contrário, ao emprego de medicamentos não baseados em ciência. Incomodando, assim, a MEGAOMANIA do atual presidente! Saiu, naturalmente, em defesa da CIÊNCIA MÉDICA, publicamente, em detrimento da opinião estúpida do atual presidente, segundo os olhares da comunidade científica nacional e internacional.   Retomando a questão sobre os fakenews idiotas e perversos, no que se refere à PANDEMIA CATASTRÓFICA pelo SARS-CoV-2, neste horroroso momento, em minha opinião, o principal entusiasta é o grupo de apoio ao governo Bolsonaro.

NOTA: PARTICULARMENTE, NÃO COMUNGO DO PENSAMENTO NEOLIBERAL DE MANDETA. AO CONTÁRIO: DETESTO! Depois,  dessa viagem,  meu colega do período universitário na UFPA  - SERRA FREIRE,  e, cuja maior estreiteza de laços de amizade fora reforçada,  via reencontros do grupo, a cada 5 anos,  poderás concluir, o quanto precisamos de SOPHIA,  para conter os nossos surtos adrenérgicos, cuja capacidade tóxica poderá produzir-nos, danos sérios danos ao nosso Sistema Nervoso Central,  comprometendo, portanto, a nossa PAZ INTERIOR e, consequentemente,  a construção de novos e indispensáveis  laços afetivos, em nosso quotidiano.  Não deveríamos, esquecer, jamais, que, dos 100 bilhões de neurônios que saímos do útero, somente,   20 bilhões, teremos na juventude.  Os 80 bilhões que faltam foram distribuídos pelo  STRESS TÓXICO! Procuremos  sabiamente desprezar o conteúdo perverso da maioria dos fakenews de nossa contemporaneidade. Indubitavelmente, reduziremos os nossos percentuais de substâncias vaso-constritoras em nossa circulação sanguínea! Desculpem-me, todos vocês, participantes deste grupo por minhas divagações, vez por outra, enquanto, estou em busca de disciplinar os meus condutos lacrimais a não economizarem minhas lágrimas, pela perda de minha querida irmã- LIDMAR, sepultada hoje, vítima que fora da Covid-19. Mas, as liberem também, diante da dor dos familiares de perto de 3 mil assassinados, nas últimas 24 horas,  pelo SARS-CoV-2. (Imperatriz, 16 de março de 2021. Itamar Dias Fernandes/ Médico /Membro da Academia Imperatrizense de Letras)

 

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Entretenimento

Data: 22/03/2021

Visitas: 41

Palavras-chave: CONVERSANDO COM O MEU COLEGA MÉDICO-ROBERTO SERRA FREIRE-UFPA, NO GRUPO DO WHATSAPP- TURMA J.K

Fonte:

Big Systems
8870006 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 11 do mês 04 de 2021