• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - NAS MÃOS DA CÂMARA O FUTURO POLÍTICO DE  RIBAMAR ALVES E O DESTINO DE SANTA INÊS

NAS MÃOS DA CÂMARA O FUTURO POLÍTICO DE RIBAMAR ALVES E O DESTINO DE SANTA INÊS

A Câmara Municipal de Santa Inês tem hoje uma  das mais importantes decisões a serem tomadas desde o começo de sua história, em 1968, quando foram eleitos os primeiros vereadores. É na Câmara Municipal que está o futuro político do prefeito Ribamar Alves que poderá ser cassado definitivamente pelo legislativo municipal, ou poderá permanecer no cargo até o dia 31 de dezembro deste ano como prefeito, conforme fora eleito em 2012. Se o futuro político de Ribamar está em jogo na Câmara, o destino de Santa Inês também passa pela Câmara. Os 17 vereadores terão que decidir hoje se acolhem o  pedido de abertura de processo politico administrativo de cassação do prefeito Ribamar Alves. Com o legislativo praticamente dividido, mas ainda com uma ligeira vantagem para o prefeito, conforme ficou demonstrado na sexta-feira passada, o resultado da votação não pode ser antecipado nem pela oposição e nem pela situação. A pressão popular que já vem mobilizando a cidade em alguns setores, por certo se fará presente diante dos vereadores que estarão presentes na sessão. Já a situação, que vem demarcando território na galeria da Câmara, por certo também se esforçará para que seja rejeitado o pedido que pode cassar definitivamente o prefeito Ribamar Alves, sepultando de vez a sua carreira política que vem decrescendo desde que assumiu o cargo de prefeito. Alves que nunca saiu da mídia nesse tempo todo, pouco mais de três anos - mais por conta de suas “lambanças” e outras bijuterias, até ser preso acusado de ter cometido crime sexual contra uma jovem de 18 anos - e menos por ter feito algo em benefício da população, retornou ao cargo de prefeito na última segunda-feira, após a concessão de uma liminar que lhe foi dada pelo mesmo juiz que o afastou do cargo quando estava preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas em fevereiro, Alessandro Figueiredo que estava de plantão no final da semana passada no Fórum de Justiça de Santa Inês. Alves que chegou a confessar em seu depoimento à polícia que verdadeiramente manteve relação sexual com a jovem evangélica que lhe oferecera livros, foi recebido em Santa Inês por algumas centenas de pessoas no dia 28 de fevereiro. Ele desembarcou na cidade acompanhado de sua mulher, Luana Alves. O prefeito que está em liberdade mediante a muitas restrições estabelecidas pelo Tribunal de Justiça, segue respondendo ao processo, podendo ser condenado ou absolvido ao final dele. Também já existiriam ao menos duas ações tramitando na justiça pedindo a cassação de Ribamar Alves por Improbidade Administrativa. A Câmara de Santa Inês tem o poder hoje abrir uma vertente para encurtar este caminho, ou deixar que tudo se prolongue até o dia 31 de dezembro deste ano.

Postado por: Redação Agora

Categoria do Post: Politica

Data: 09/03/2016

Visitas: 774

Palavras-chave: NAS MÃOS DA CÂMARA O FUTURO POLÍTICO DE RIBAMAR ALVES E O DESTINO DE SANTA INÊS

Fonte:

Big Systems
6163408 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 08 do mês 04 de 2020