• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - Técnicos educacionais participam de nova etapa do Programa ‘Escravo, Nem Pensar!’

Técnicos educacionais participam de nova etapa do Programa ‘Escravo, Nem Pensar!’

Dando continuidade às ações de aplicação do Programa ‘Escravo, Nem Pensar!’, no Maranhão, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em parceria com a ONG Repórter Brasil, realizou, até ontem, quarta-feira (16), o 2º Encontro Formativo no Centro de Ensino (CE) Desembargador Sarney, no bairro São Francisco, em São Luís. A ação reuniu técnicos das Unidades Regionais de Educação de Açailândia, Balsas, Codó, Imperatriz, Santa Inês, São João dos Patos e de São Luís.

Nesta fase, o objetivo foi compartilhar os resultados das etapas 1 e 2 do projeto que inclui, respectivamente, a ‘Formação do setor pedagógico da URE’ e a ‘Formação de educadores’;além de traçar encaminhamentos para a etapa 3 (Desenvolvimento dos projetos nas escolas e acompanhamento pedagógico por parte das URE’s); e fornecer materiais didáticos, subsídios teóricos e referências práticas para os professores, coordenadores e diretores desenvolverem com êxito, nas escolas, atividades sobre o combate ao trabalho escravo. A formação foi ministrada pelo coordenador assistente do programa, Thiago Castelle, e Carolina Motoki, educadora com largo conhecimento teórico e de vivência na Amazônia brasileira, que será um dos temas desse encontro.

A finalidade do programa no Maranhão é desenvolver ações educativas em escolas da rede estadual de ensino, voltadas à prevenção e ao combate ao trabalho escravo nas regionais cujos municípios são os mais críticos em relação à ocorrência de trabalho escravo e os principais polos emissores de trabalhadores que serão explorados em outros lugares do país. A meta é alcançar 10 mil professores e 190 mil alunos até 2016.

As atividades dessa ação consistem na formação continuada para gestores regionais, técnicos e professores das escolas da rede estadual de ensino; distribuição de material didático-pedagógico a todas as escolas beneficiadas; acompanhamento técnico-pedagógico às ações de aplicação dos projetos nas escolas; publicação e distribuição de cartilha com a divulgação das experiências exitosas realizadas nas escolas participantes do projeto. A programação, que encerrouontem, teve a participação de diversos órgãos e parceiros que lutam pelo combate e erradicação do trabalho escravo contemporâneo no Maranhão como a Comissão para a Erradicação do Trabalho Escravo (Coetrae-MA), Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MA) e o Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos Carmem Bascarán (CDVDH-CB).

Postado por: Redação Agora

Categoria do Post: Regional

Data: 17/03/2016

Visitas: 449

Palavras-chave: Técnicos educacionais participam de nova etapa do Programa ‘Escravo, Nem Pensar!’

Fonte:

Big Systems
6156734 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 06 do mês 04 de 2020