Agora Santa Inês - A FOTO DO FATO  Bancas e barracas de camelôs ocupam as duas laterais da Rua do Comércio

A FOTO DO FATO Bancas e barracas de camelôs ocupam as duas laterais da Rua do Comércio

A nova (velha) gestão administrativa de Santa Inês, jurou como sem falta, para faltar com certeza, que mudaria o perfil da Rua do Comércio, principal setor dos mais variados tipos de lojas, bancos, e outros tipos de negócios. Foram feitas reuniões e até um vídeo para o storie da rede social da Prefeitura Municipal, como os que comumente aparecem por lá com falas desconectadas do prefeito Luís Felipe Oliveira. A determinação seria que a partir de então – lá atrás – as bancas ou barracas de camelôs ficariam todas alinhadas à esquerda da Rua do Comércio, e que na margem direita da mesma não seria permitido a colocação de nenhuma barraca, banca, ou equipamento do gênero. Vergonhosamente eis aí mais uma “promessa” do tempo de crescer sendo descumprida. O que cresceu mesmo foi o número de barracas e bancas de camelôs espalhados ao longo da Rua do Comércio tanto de um lado, quanto do outro. Elas estão lá. Na foto uma das dezenas das que ocuparam de “boa” a lateral direita da rua e vai ficar por isso mesmo. Hoje a Rua do Comércio apresenta um trânsito mais complicado do que antes. O carro da equipe de reportagem do AGORA chegou a ficar 4:30 segundos sem sair do lugar, nas proximidades do Armazém Paraíba, no meio da pista, esperando o tráfego de veículos fluir. A impressão que se tem é que há mais barracas e bancas de camelôs espalhados naquela rua...inclusive na porta das Lojas Americanas que voltou a ficar escondida. (Da Redação)

 

 

A nova (velha) gestão administrativa de Santa Inês, jurou como sem falta, para faltar com certeza, que mudaria o perfil da Rua do Comércio, principal setor dos mais variados tipos de lojas, bancos, e outros tipos de negócios. Foram feitas reuniões e até um vídeo para o storie da rede social da Prefeitura Municipal, como os que comumente aparecem por lá com falas desconectadas do prefeito Luís Felipe Oliveira. A determinação seria que a partir de então – lá atrás – as bancas ou barracas de camelôs ficariam todas alinhadas à esquerda da Rua do Comércio, e que na margem direita da mesma não seria permitido a colocação de nenhuma barraca, banca, ou equipamento do gênero. Vergonhosamente eis aí mais uma “promessa” do tempo de crescer sendo descumprida. O que cresceu mesmo foi o número de barracas e bancas de camelôs espalhados ao longo da Rua do Comércio tanto de um lado, quanto do outro. Elas estão lá. Na foto uma das dezenas das que ocuparam de “boa” a lateral direita da rua e vai ficar por isso mesmo. Hoje a Rua do Comércio apresenta um trânsito mais complicado do que antes. O carro da equipe de reportagem do AGORA chegou a ficar 4:30 segundos sem sair do lugar, nas proximidades do Armazém Paraíba, no meio da pista, esperando o tráfego de veículos fluir. A impressão que se tem é que há mais barracas e bancas de camelôs espalhados naquela rua...inclusive na porta das Lojas Americanas que voltou a ficar escondida. (Da Redação) 

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: A-Cidade

Data: 11/09/2021

Visitas: 179

Palavras-chave: A FOTO DO FATO Bancas e barracas de camelôs ocupam as duas laterais da Rua do Comércio

Fonte:

Big Systems
9881131 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 20 do mês 09 de 2021