Agora Santa Inês - LOBÃO FILHO É UM FORTE NOME PARA DEPUTADO FEDERAL NAS ELEIÇÕES DE 2022

LOBÃO FILHO É UM FORTE NOME PARA DEPUTADO FEDERAL NAS ELEIÇÕES DE 2022

Lobão Filho (MDB), esteve um tempo ausente do cenário político, mas agora ele recomeça, devagarzinho, a articular sua précandidatura à deputado federal. Tem visitado amigos, fechado alianças e reforçado o contato com as bases. Depois de ter uma votação muito ex-pressiva de quase um 1 milhão de votos (995.619 votos ) como candidato a governador do Maranhão nas eleições de 2014.

Desde que assumiu a postura como pré-candidato a deputado federal pelo Maranhão, os bastidores políticos ficaram muito aquecidos, prova que o seu recall político está em evidência e que existem muitos pontos positivos na sua carreira política, Lobão Filho é um homem de muitas atividades e bons adjetivos, ele mesmo se for preciso pilota até seu próprio avião, já teve um fato interessante de ser relatado no lado humanitário do político que poucas pessoas sabem, em uma determinada situação ele esteve pilotando o avião para salvar uma pessoa que estava morrendo afogada na praia de São Luís.

Durante toda sua trajetória política Lobão Filho coleciona muitas dessas histórias humanas dos bastidores que ficaram gravadas na memória dos seus amigos (as) que permanecem juntos nessa longa caminhada políti-ca, acreditando no potencial político de Lobão Filho para defender os interesses da População Maranhense lá em Brasília.

EXPERIÊNCIA

Apesar do currículo extenso, o pré-candidato a deputado federal sabe que, na política, o preparo para exer-cer o mandato é essencial. Edison Lobão Filho (Brasí-lia, 17 de setembro de 1964) é um economista, empresário e político brasileiro. Filiado ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB), foi senador da República pelo Maranhão de 2008 a 2010 e de 2011 a 2014. É filho dos políticos Edison Lobão, ex-senador e ministro de Estado, e Nice Lobão, ex-deputada federal.

É graduado em engenharia civil pela Universidade de Brasília e em economia pela Centro de Ensino Unificado de Brasília. Durante o mandato de seu pai como governador do Maranhão, foi secretário de Assuntos Especiais entre 1990 e 1993 e presidiu os conselhos de administração de empresas vinculadas ao executivo estadual. Também administrou o Grupo Empresarial Difusora, que foi propriedade de sua família. Foi eleito o primeiro suplente de seu pai no Senado Federal nas eleições de 2002 e 2010. Em 2008 e em 2011, assu-miu o mandato na câmara alta do parlamento brasilei-ro quando seu pai se tornou ministro de Minas e Energia. Candidatou-se ao governo estadual na eleição de 2014, sendo apoiado por uma coligação composta por dezoito partidos, mas perdeu a disputa ainda no primeiro turno para Flávio Dino.

FAMÍLIA E EDUCAÇÃO

Natural de Brasília, Lobão é filho de Edison e Nice Lobão. Seu pai foi deputado federal, senador, governador do Maranhão e ministro de Minas e Energia nos go-vernos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Quando nasceu na capital federal, seu pai era assessor do prefeito do Distrito Federal, na época nomeado pela ditadura militar. Sua mãe também empreendeu carreira na política, inicialmente como secretária no governo do marido e em seguida foi eleita deputada fe-deral para quatro mandatos onsecutivos. Além dele, o casal teve outros dois filhos: Luciano e Márcio.

Lobão estudou engenharia civil na Universidade de Brasília (UnB). Em 1998, graduou-se em economia no Centro de Ensino Unificado de Brasília (UniCEUB). Casou-se com a apresentadora Paulinha Lobão, filha de Regina Stella e Expecdito Quintas, fundadores do Correio Braziliense. Teve dois filhos com Paula: Lucas e Tatiana.

SENADOR DA REPÚBLICA

Nas eleições de 2002, Lobão integrou a chapa de seu pai ao Senado Federal, que foi eleita. Em janeiro de 2008, tornou-se senador da República pela primeira vez quando o pai afastou-se do mandato para assumir o ministério de Minas e Energia. Embora na época fili-ado ao Democratas, deixou o partido logo depois, filiando-se em 2009 ao MDB.

Lobão permaneceu no Senado até março de 2010, quando seu pai retomou o cargo. Nas eleições de 2010, voltou a ser o primeiro suplente do pai, sendo a chapa novamente vitoriosa nas urnas. Em fevereiro de 2011, reassumiu o mandato, uma vez que seu pai foi designado ministro de Estado pela presidente Dilma Rousseff. Deixou a câmara alta do parlamento brasileiro em dezembro de 2014.

Como senador da República, Lobão apresentou uma proposta de emenda à Constituição para alterar a forma de escolha de senadores. Ao invés do formato de chapas, defendeu que o segundo candidato mais vota-do do partido ou da coligação a senador deveria assu-mir o mandato em caso de impedimento do titular. Em 2008, apresentou PEC para determinar que a escolha dos ministros do Supremo Tribunal Federal fosse realizada pelo próprio tribunal, ao invés do presidente da República.

No Senado, Lobão foi membro titular da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e da Comissão de Ciên-cia, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT). Foi ainda membro suplente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e da Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Foi presidente da Co-missão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO), incumbida pelo orçamento de 2014.

CANDIDATURA A

GOVERNADOR EM 2014

Em 2014, Lobão lançou-se candidato ao governo do Maranhão na eleição de outubro daquele ano. O depu-tado estadual Arnaldo Melo foi seu candidato a vice. Sua coligação, denominada Pra Frente Maranhão, reuniu o apoio de dezoito partidos políticos, do DEM ao Partido dos Trabalhadores (PT). Embora tenha obtido o apoio do PT, por conta da imposição do diretório naci-onal do partido, parte da militância petista apoiou e integrou a campanha de Flávio Dino, seu principal rival.

 

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Politica

Data: 10/11/2021

Visitas: 293

Palavras-chave: LOBÃO FILHO É UM FORTE NOME PARA DEPUTADO FEDERAL NAS ELEIÇÕES DE 2022

Fonte:

Big Systems
10136823 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 08 do mês 12 de 2021