Agora Santa Inês - COLUNA ESTADO DE ALERTA 1641

COLUNA ESTADO DE ALERTA 1641

ATÉ ELE, O ESTADO

Grupo Mirante oficializa encerramento da versão impressa de O Estado do Maranhão

O jornal O Estado do Maranhão, que originou a formação do Grupo Mirante de Comunicação, está encerrando suas atividades como veículo impresso, e a partir de agora todo o seu conteúdo estará agregado no portal imirante. A empresa emitiu comunicado na quinta-feira (07):Foto: O ESTADO

 

O QUE VÃO DIZER?

Não faz muito tempo, agora no começo do segundo semestre, alguns vereadores de Santa Inês abriram a boca pra farem mal do Jornal AGORA Santa Inês que não “valia mais nada, posto que não circulava  mais impresso”, e coisa e tal. Na quinta-feira,  como já fora anunciado, mais um grande jornal do Maranhão deixou de circular impresso, mas passa a circular na versão digital, em PDF ou através de aplicativos além do seu site o imirante.com.  Trata-se do O Estado do Maranhão, o maior jornal do Estado. Igualzinho ao AGORA, que saiu na frente de todos os outros veículos de comunicação brasileiros, ao começar a circular além da versão impressa que manteve até o começo deste ano (2021) também na versão digital em PDF,  para seus assinantes. Isso  no começo 2018. Fomos os primeiros.

 

DIGITAIS E CONFIÁVEIS

Hoje o AGORA aumentou seu alcance em mais de 400% (temos até uma página de Imperatriz em nossa edições), o Jornal O GLOBO é o campeão das carteiras de assinantes digitais do Brasil, e tantos outros veículos de comunicação, inclusive a Veja, só circulam nas versões digitais e tem em seus sites ou portais, o que a Justiça exige para que todos se tornem confiáveis: Nome, Credibilidade, Periodicidade ininterrupta de ao menos 10 anos ( no caso do AGORA já são 20 anos) site ou portal também com ao menos 10 ou mais anos linkado com o veículo que o originou, etc. Os nossos vereadores, caso queiram ler alguma notícia confiável e factual, vão ter que buscar os veículos de comunicação oline/digitais, ou vão ficar só com as notícias da TV e do Rádio. Quanto a nós do AGORA, seguimos rente no batente que nem pão quente! Graças a Deus!! 

 

JOSIMAR DE MARANHÃOZINHO

A “estrela” da semana das mídias tipo “bomba!” foi, e ainda é, o deputado federal Josimar de Maranhãozinho, que por aqui em Santa Inês, teria o apoio de uns três ou quatro políticos, mas que não é e nunca foi um personagem político com ampla receptividade. Aliás, isso vem se tornando difícil não só para ele, mas para a maioria, ou quase todos os políticos “pipira” que fazem rasante por sobre Santa Inês em época os anos vésperas de eleições. 

 

JOSIMAR II

O estouro da “boiada” sobre ele, Josimar de Maranhãozinho, se deu com tanta força, que até agora parece que o deputado não encontrou o prumo pra se defender. Nós do AGORA publicamos o que o Ministério Público nos envia. Temos conexão tanto com o MP, quanto com o TJ-MA, além, de dezenas de outras instituições. Nossa caixa de e-mail é sempre superlotada. E ficamos sabendo da notícia primeiro do que muita gente ou meio de comunicação. Essa conquista é de 20 anos pra cá. Não foi de ontem para hoje. Logo, quando tanto o TJ-MA, quanto o MP-MA, MP-Federal, Polícia Federal, Civil, Governo do Estado, Assembleia Legislativa, Canção Nova, e mais uma centena de instituições nos enviam seus releases, Notas, Notícias, etc. temos que publicar. Não fabricamos nada do nada. Mas produzimos conteúdos jornalísticos e no final deles estão  nossas digitais). Aqui quando escrevemos ou é, ou foi ou será. Simples assim!

 

QUANTO A BRABEZA

De políticos e outros seres que circulam entre nós, não nos impõe medo. Não seriamos jornalistas se deixássemos aqui de cumprir nossa missão enquanto profissionais. É cada qual no seu cada qual. Não dar  a notícia, se eximir de criticar, de denunciar, de fiscalizar, de cobrar, de mostrar os fatos (com tripas e tudo), é fugir de suas obrigações. É como um médico olhar para um paciente e se negar a trata-lo. Nós jornalistas temos que ter dignidade e coragem para desenvolver nossa profissão. E de mais a mais, foi-se o tempo em que os jornalistas brasileiro, maranhenses então, viviam sob a mira da ira e até de armas de políticos e empresários. Hoje, se cair um “cisco” no olho de um jornalista, o mundo desaba sobre seus algozes. Logo, quem não quer ter sua vida exposta, saia da vida pública, ou não faça na vida pública o que faz na “privada”. 

CHUMBO QUENTE

Olha, não é por nada não, mas tem prefeitos aqui na região – para ficar só aqui na região – que estão abusando das redes sociais se autopromovendo. ///Isso, Excelências, dá processo./// Autopromoção de gestores é crime punível até com o afastamento do cargo./// Tudo tem que ser em nome  da prefeitura e o slogan é o da prefeitura e não o do prefeito./// O “eu” não existe na gestão pública, a não ser em uma entrevista, em um discurso, etc./// Agora “ligar” a câmera do celular ou contratar uma empresa para se autopromover no Instagram, no face-book, no You-tube, WhatsApp, pode leva-lo ao olho da rua ou no mínimo do mínimo, lhe causar muitos aborrecimentos./// Tem gente exagerando./// Tem rede social de gestor no qual ele interage mais do que no canal da prefeitura./// No dia do Prefeito (nem sabíamos que tinha isso) foi mais quem se autopromoveu./// A rebordosa pode vir por aí./// Depois não diga que não avisamos.////

 

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Politica

Data: 09/10/2021

Visitas: 155

Palavras-chave: COLUNA ESTADO DE ALERTA 1641

Fonte:

Big Systems
10055705 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 18 do mês 10 de 2021