Agora Santa Inês - CONMEBOL MULTA ATLÉTICO-MG POR  LANÇAMENTO DE  OBJETOS E BOMBAS  DA TORCIDA NA SEMI DA LIBERTADORES

CONMEBOL MULTA ATLÉTICO-MG POR LANÇAMENTO DE OBJETOS E BOMBAS DA TORCIDA NA SEMI DA LIBERTADORES

Multa é de US$ 13 mil e envolve episódios durante o jogo de volta da semifinal contra o Palmeiras; Galo aguarda receber detalhes da penalidade para tentar apelação

O duelo entre Atlético-MG e Palmeiras, na semifinal da Libertadores 2021, teve mais um capítulo na área disciplinar da Conmebol. Deste vez, o Galo recebeu duas multas por infrações envolvendo comportamento da torcida no Mineirão. As penas, somadas, dão US$ 13 mil, ou R$ 71,7 mil na conversão atual.

A decisão da Comissão Disciplinar da Conmebol foi publicada nesta terça-feira e informa que três artigos do código disciplinar foram feridos pelo clube mandante, no jogo que terminou em 1 a 1 e deu a vaga à final para o Palmeiras. Dois artigos envolvem objetos arremessados e pirotecnia, conforme descrito abaixo:

"10.2 As sanções disciplinares previstas no Artigo 7 deste Regulamento podem ser impostas às Associações Membro e aos Clubes em casos de comportamento incorreto ou inadequado de seus torcedores, entre os quais estão indicados:

b) O arremesso de objetos.

c) Acender chamas, fogos de artifício ou qualquer outro objeto pirotécnico".

O arremesso de objetos diz respeito a um copo lançado em dirigente do Palmeiras, vindo da torcida do Atlético. Já o item "C" está relacionado a disparo de bombas no Mineirão.

O outro artigo no qual o Atlético foi punido envolve a responsabilidade da equipe mandante da partida sobre "o comportamento de seus jogadores, oficiais, membros, público presente, torcedores, bem como de qualquer outra pessoa que exerça ou possa exercer em seu nome qualquer função por ocasião dos preparativos, organização ou da celebração de uma partida de futebol, seja de caráter oficial ou amistoso"

O ge apurou que o Galo já providenciou material para tentar recorrer. O jurídico Alvinegro aguarda os fundamentos da decisão da Conmebol para agir. Na decisão, é informado que a pena é irrecorrível, entretanto.

O Atlético havia entrado com pedido de instauração de procedimento disciplinar na Conmebol, com a tentativa de anular o gol de Dudu, que deu a classificação ao Palmeiras, alegando invasão de Deyverson (reserva) no lance. A entidade rejeitou a solicitação do Galo, que preferiu não apelar.

Fonte: ge.globo.com

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Regional

Data: 14/10/2021

Visitas: 33

Palavras-chave: CONMEBOL MULTA ATLÉTICO-MG POR LANÇAMENTO DE OBJETOS E BOMBAS DA TORCIDA NA SEMI DA LIBERTADORES

Fonte:

Big Systems
10055862 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 18 do mês 10 de 2021