Agora Santa Inês - Maranhão registra aumento no número de mortes violentas nos últimos nove meses

Maranhão registra aumento no número de mortes violentas nos últimos nove meses

Estado vai na contramão do país e registrou um aumento de 3,7% nos homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte

O Maranhão registrou um aumento de 3,7% nas mortes violentas em todo o estado nos primeiros nove meses deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são do índice nacional de homicídios criado pelo g1, divulgado na quinta-feira (18), com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

Os dados apontam, que de janeiro a agosto deste ano, o estado registrou 1.422 mortes violentas para cada 100 mil habitantes. Em 2020, o número de crimes contabilizados no mesmo período foi menor, e chegou 1.371.

Entre os crimes contabilizados, estão homicídios dolosos (incluindo os feminicídios), latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. O Maranhão foi uma das dez unidades da federação que tiveram alta no número de assassinatos. O estado ocupa a sexta posição, atrás do Amazonas, Roraima, Amapá, Bahia, Piauí e a Paraíba.

 

Apesar disso, uma reversão na curva nos últimos dois meses acende um alerta, segundo especialistas. Tanto em agosto como em setembro o número de crimes foi maior que no ano passado. E, com isso, mais de 1/3 dos estados registra um aumento nos assassinatos em 2021.

Índice nacional de homicídios

A ferramenta criada pelo g1 permite o acompanhamento dos dados de vítimas de crimes violentos mês a mês no país. Estão contabilizadas as vítimas de homicídios dolosos (incluindo os feminicídios), latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. Juntos, estes casos compõem os chamados crimes violentos letais e intencionais.

Jornalistas do g1 espalhados pelo país solicitam os dados, via assessoria de imprensa e via Lei de Acesso à Informação, seguindo o padrão metodológico utilizado pelo fórum no Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

O governo federal anunciou a criação de um sistema similar ainda na gestão do ex-ministro Sergio Moro. Os dados, no entanto, não estão atualizados como os da ferramenta do g1.

Os dados coletados mês a mês pelo g1 não incluem as mortes em decorrência de intervenção policial. Isso porque há uma dificuldade maior em obter esses dados em tempo real e de forma sistemática com os governos estaduais. O balanço de 2019 foi realizado dentro do Monitor da Violência, separadamente, e foi publicado em abril. O do primeiro semestre de 2020 foi publicado em setembro. O fechado do ano de 2020 ainda será divulgado.

 

Fonte: G1 ma

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Policia

Data: 20/11/2021

Visitas: 83

Palavras-chave: Maranhão registra aumento no número de mortes violentas nos últimos nove meses

Fonte:

Big Systems
10136989 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 08 do mês 12 de 2021