Agora Santa Inês - Empresa de “fachada” investigada pela PF volta a ganhar licitações no MA: contrato em Santa Inês chega a quase 1 milhão

Empresa de “fachada” investigada pela PF volta a ganhar licitações no MA: contrato em Santa Inês chega a quase 1 milhão

Uma empresa de fachada suspeita de integrar suposta associação criminosa voltada à fraude em processos licitatórios e irregularidades contratuais, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro voltou a ganhar licitações da saúde no Maranhão.

Em junho do ano passado, a Precision Soluções em Diagnósticos foi alvo da Operação Cobiça Fatal, deflagrada pela Polícia Federal em São Luís, por indícios de superfaturamento e desvios de recursos públicos destinados ao enfrentamento à Covid-19 na capital.

Segundo levantamento da CGU (Controladoria-Geral da União), que auxiliou nas investigações, a empresa tem capacidade técnico-operacional duvidosa e atua no mercado por meio de laranjas.

Mesmo assim, a empresa voltou a participar de licitações menos de um mês após ser alvo de mandados de busca e apreensão e de sequestro e bloqueio de bens, e ganhou certames abertos para o fornecimento de materiais e insumos à rede pública municipal, inclusive para combate ao novo coronavírus.

Os novos contratos com a empresa de fachada, parte com verba federal, foram firmados com as prefeituras de Santa Inês, Pedreiras, Pinheiro, Palmeirândia, Santo Antônio dos Lopes, Alto Alegre do Pindaré e Fortaleza dos Nogueiras. Somados aos aditivos, alcança a marca de R$ 1,5 milhão.

EM SANTA INÊS QUASE 1 MILHÃO

Em Santa Inês, único contrato celebrado pela administração passada, de Vianey Bringel (DEM), teve aditivo assinado no início do ano pela atual gestão, sob Felipe dos Pneus (Republicanos). Por R$ 985 mil, a Precision Soluções se comprometeu a entregar reagentes para bioquímica, hematologia, coagulação, gasometria entre outros e insumos laboratoriais com cessão de aparelho em comodato, para atendimento dos laboratórios central e do Hospital Municipal Tomaz Martins.

PINHEIRO

Com a gestão de Luciano Genésio (PP), em Pinheiro, a empresa de fachada teve homologada uma ata de registro de preços de R$ 174 mil para fornecimento de teste rápido para diagnóstico da Covid-19, que ganhou adesão da prefeitura de Palmeirândia, administrada por Edilson da Alvorada (Republicanos).

Prefeito de Alto Alegre do Pindaré pela quarta vez, a administração do pecuarista Fufuca Dantas (PP) também contratou testes para diagnóstico da doença, ao custo de R$ 65 mil, mas por licitação própria.

A Precision Soluções e todas as gestões municipais que licitaram e fecharam acordos com a empresa de fachada após a Operação Cobiça Fatal foram procuradas pelo ATUAL7, mas não retornaram o contato.

Com informações do Atual 7

 

NOTA DO AGORA

Muitos aliados, ou alinhados à atual gestão municipal de Santa Inês, tem dado uma de Bolsonaro se revoltando contra a imprensa que divulga os fatos com tripas e tudo, sobre os contratos, licitações, atitudes nada republicanas, criação de novos orgãos sem o devido respaldo jurídico, ou atos e outros que tais que estão inclusive sendo investigados pelo Ministério Público. E olha que não é pouca coisa...não! A verdade é que nunca se tinha visto por aqui, tantas denúncias de irregularidades e “desmandos” ou pouco caso com a administração municipal em tão pouco tempo, desde o primeiro mês da gestão do Sr. Luís Felipe Oliveira de Carvalho e membros  da família; a saber: irmã, esposa….outros.  Se algum blogueiro, dono de site ou veículo de comunicação cometer um (a) fake news, a Justiça está aí para puni-lo.  No mais, vale o que diz o Direito: contra fatos...não há argumentos. Se quiserem, Poder Público Municipal e outros, podem fazer o que lhes  é permitido: rebatam através de Nota Pública ( com exigência de publicação no blog ou veículo que fez a acusação, a investigação, a denúncia) com os devidos documentos a sua versão sobre o caso. Do contrário prevalece o anexim popular: “quem cala, consente!”.  (Da Editoria Geral do AGORA)

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: A-Cidade

Data: 25/11/2021

Visitas: 171

Palavras-chave: Empresa de “fachada” investigada pela PF volta a ganhar licitações no MA: contrato em Santa Inês chega a quase 1 milhão

Fonte:

Big Systems
10136937 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 08 do mês 12 de 2021