Agora Santa Inês - COLUNA ESTADO DE ALERTA 1658

COLUNA ESTADO DE ALERTA 1658

SE ARREPENDIMENTO…

Os professores da Rede Municipal de Ensino de Santa Inês estão “morrendo” de felicidade com o prefeito Dom Luís Felipe que nem quer saber de falar em “abono” das sobras do Fundeb. Será a primeira vez que em muitos anos eles vão ficar só na expectativa. Dizem que já estão com saudades de Ribamar…. Eita!!!

 

CÂMARA PASSA A RÉGUA

Nunca foi tão fácil para os vereadores de Santa Inês. Passaram o ano quase que anônimos, principalmente nos últimos meses do ano, e pra não chamar muito à atenção da população, passaram a chave no plenário bem antes do dia 15 e caíram no mundo. Até 15 de fevereiro ... .e olhe lá!

 

IMPRODUTIVA

Essa legislatura mostrou-se como a mais improdutiva de todas as que se tem conhecimento. Funcionou tão somente como um mero “puxadinho” da Prefeitura Municipal. Teve presidente o ano inteiro, mas dizem que quem mandava era o vizinho (duas casas e meia) à direita, que de cara teria colocado na cola do presidente, uma dezena e meia de vereadores, advogados e outros inquilinos do Palácio Biné Sabbak.

 

O NOVO…VELHO

E o pior é que o novo, apregoado pelo principal inquilino do palácio do lado, acabou por afetar profundamente os servidores, alguns com mais de 15 ou 20 anos de serviços prestados ao vizinho Palácio Edmilson Gonçalves, que foram mandados embora pelas portas dos fundos. É muita crueldade!!!

 

NOVO MESMO

Foi o pacote de denúncias contra o presidente da casa, que desembarcou no Ministério Público, sendo que alguns já viraram inquéritos ou estão seguindo nessa direção. Nesse particular os principais “comandantes” dos dois palácios vizinhos…estão empatados.

 

70 DIAS DE BOA

Agora Inês é morta,  e não adianta chorar. O ano se foi e com ele, despencou ladeira abaixo a popularidade de cerca de uns 20 políticos de Santa Inês capitaneados por Dom Luís Felipe.

 

POR FALAR EM DOM LUÍS…

Foi muito bom o discurso que ele fez na noite de quinta-feira (ontem) em São Luís na festa política de apoio à candidatura do vice-governador Carlos Brandão a governador. Um eleitor de Santa Inês que estava presente disse ao AGORA! que ficou arrepiado com o discurso do “menino”, que jurou ser Carlos Brandão desde menorzinho.

 

COCO BAMBU

Mais tarde, Dom Luís Felipe teria sido visto “charlando” no Restaurante Coco Bambu (um dos mais caros da ilha) ao lado de outros prefeitos apoiadores de Carlos Brandão. Nada demais, afinal, é no Coco Bambu que as coisas acontecem.

 

E AGORA ANDRÉ?

A pergunta que se faz, é como Dom Luís Felipe vai explicar para André Fufuca e Othelino Neto, seus dois parceiros de “reformas de obras” deste fraco ano de mandato dele. Ao que se sabe teria emenda parlamentar de André Fufuca (deputado federal) e Othelino Neto (estadual) na reforma do Mercado Municipal, do Ginásio João Cambinha e outros que tais, além ser notório, que ambos estão fechados com Weverton Rocha e não abrem nem pro trem da Vale carregado de dinamite e um doido fumando um charuto e assando um churrasco em cima dele.

 

QUEM VAI ENGANAR QUEM

Como em política 2 + 2 jamais sertão 4, pergunta-se (não se ofendam!) quem vai enganar quem, ou haverá dois palanques em Santa Inês, onde Sua Excelência vai desfilar em ambos sem nenhum constrangimento? Aliás, isso já faz parte do acordo? Por nada não, seu menino!

CHUMBO QUENTE

Alguém sabe dizer o nome de um vereador que receberia 6 mil por fora do prefeito, teria metade da faculdade da mulher paga pelo prefeito e ainda teria alugado uma máquina para o município?/// Prestem atenção! Não dissemos aqui de qual município é o vereador./// Mas esse vereador não deve ficar nada barato para esse município.///E o povo é quem paga a conta e tudo mais./// Por falar em Câmara de vereadores, teve vereadores de Santa Inês que neste ano legislativo que encerraram antes do dia 10 de dezembro, não puderam comparecer a algumas sessões da Câmara porque estavam  de plantão em um dos hospitais da cidade. E olha que parece que não é só um ou dois vereadores que tem uma ou mais matrículas “por fora”. /// Pergunta-se ao MP, o vereador é eleito para legislar ou pra dar plantão em hospital??? Pode isso Dra. Larissa Barros?/// Santa Inês é mesmo uma cidade sem lei…ou isso é lenda?//// Fomos!

 

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Politica

Data: 17/12/2021

Visitas: 293

Palavras-chave: COLUNA ESTADO DE ALERTA 1658

Fonte:

Big Systems
10395668 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 21 do mês 01 de 2022