Agora Santa Inês - ELEVAÇÃO DO NÍVEL DAS ÁGUAS DO RIO PINDARÉ PREOCUPA DEFESA CIVIL DO MUNICÍPIO, QUE SE REUNE COM A ASSISTÊNCIA SOCIAL, CORPO DE  BOMBEIROS E PREFEITURA PARA TRAÇAREM PLANO DE CONTIGÊNCIA

ELEVAÇÃO DO NÍVEL DAS ÁGUAS DO RIO PINDARÉ PREOCUPA DEFESA CIVIL DO MUNICÍPIO, QUE SE REUNE COM A ASSISTÊNCIA SOCIAL, CORPO DE BOMBEIROS E PREFEITURA PARA TRAÇAREM PLANO DE CONTIGÊNCIA

As intensas chuvas que tem caído sobre todo o Estado do Maranhão nestas últimas semanas acenderam o alerta vermelho do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que prevê  precipitações intensas, acima de 100mm/dia, e fenômenos meteorológicos excepcionais. Com isso já se percebe o aumento dos níveis das águas nos principais rios de nossas bacias hidrográficas, causando inundações em diversas cidades e provocando inúmeros prejuízos.

O Rio Pindaré está com elevação contínua, uma média de 20cm diária. A Defesa Civil do município promoveu uma reunião, na última terça- feira, 04, com a Assistência Social, Corpo de Bombeiro Militar e Prefeitura, com vistas a elaboração e planejamento das medidas preventivas a serem tomadas a partir de agora e para um cenário de enchente.

“Aqui é um trabalho preventivo. Estamos antecipando os trabalhos, juntamente com a Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, para evitar os problemas que possam ser causados à população ribeirinha e levar segurança para eles”, declarou Sâmia Colares, secretária de Assistência Social.

“Iniciamos hoje o planejamento dos primeiros passos a serem seguidos diante do quadro que se apresenta, elaborando um plano de prevenção contra a enchente aqui no nosso município. Dialogamos e vamos pôr em prática políticas públicas para mitigar a situação das famílias ribeirinhas, que ficam em situação de vulnerabilidade” afirmou André Soeiro, secretário adjunto de Assistência Social.

Segundo André Soeiro, será feito de imediato, um cadastramento dessas famílias, uma atualização de dados. Serão repassadas orientações diversas e quando chegar o momento, da cheia mesmo, as pessoas já saberão quais os procedimentos serão adotados pela Prefeitura.

ENCHENTES ANUAIS

As maiores enchentes registradas pelo transbordamento do Rio Pindaré ocorreram em 1974, 2009 e 2020, sendo esta última considerada uma das maiores dos últimos 15 anos, onde o nível do rio chegou a 14 metros acima do normal, com 210 famílias desabrigadas e desalojadas. Em 2021, chegou a 13 metros.

“A Defesa Civil fará o monitoramento diário do nível do rio e o cadastramento das famílias que estão nos pontos mais críticos, como as de São Pedro da Boca da Vala, Nova Brasília e outras. A prevenção nesse momento é nossa principal medida”, assinalou Vanessa Rocha, Coordenadora da Defesa Civil de Pindaré.

“Estamos nessa parceria com a Prefeitura, no trabalho também de prevenção e orientação. O poder público já está providenciando abrigos temporários para as famílias e iremos colaborar nas ações de remanejamento, distribuição de alimentos e alojamento delas” disse o Tenente William do Corpo de Bombeiro Militar de Santa Inês.

Acrescentando que, “apesar de o nível do rio está subindo, ainda faltam alguns metros para atingir na régua de medição, o seu ponto crítico e que essa força-tarefa está sendo feita com a Defesa Civil e diversas secretarias da Prefeitura de Pindaré”. (Por Tom Oliveira/Decom/Pindaré) 

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Regional

Data: 07/01/2022

Visitas: 124

Palavras-chave: ELEVAÇÃO DO NÍVEL DAS ÁGUAS DO RIO PINDARÉ PREOCUPA DEFESA CIVIL DO MUNICÍPIO, QUE SE REUNE COM A ASSISTÊNCIA SOCIAL, CORPO DE BOMBEIROS E PREFEITURA PARA TRAÇAREM PLANO DE CONTIGÊNCIA

Fonte:

Big Systems
10395788 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 21 do mês 01 de 2022