• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - Coluna Estado de Alerta 1102

Coluna Estado de Alerta 1102

O direito de espernear I

 

>A presidente Dilma se acreditasse no Papa, o chamaria para tentar impedir o processo de impeachment que se desenrola na Câmara Federal. Ela já tentou de tudo. Buscou até barrar o processo no Supremo Tribunal Federal. Dizem que há instalado um “balcão de negócios” em um hotel de luxo lá em Brasília, gerenciado pelo “primeiro companheiro” Lula, onde – não acreditamos nisso – estaria ele cooptando deputados a votarem contra o impeachment por verdadeiras fortunas.

 

O direito de espernear II

 

>Dilma e Lula esperneiam diante do óbvio; é necessário que “eles” passem pelo crivo da Câmara Federal e do Senado para, se assim essas duas casas decidirem, eles permaneçam no poder ou caiam fora. Os escândalos não cessam de aparecer nesse governo petista que já dura mais de 13 anos e eles que quebraram o Brasil, insistem em falar em golpe. Amanhã vamos ver se o “balcão de negócios” da dupla D & L funcionou ou se os deputados tem compromisso com o povo. 

 

Lambança

 

>Foi o que fizemos na edição passada nesta página, ao colocarmos como sendo foto do médico Francisco Marcos, o Dr. Marcos ou Marquinhos, uma foto do ex-candidato a deputado federal Trinchão – presidente estadual do PSD. Diante do equívoco, pedimos nossas desculpas “esfarrapadas” aos nossos milhares de leitores.

 

O IPTU nosso

 

> O prefeito Ribamar Alves resolveu fazer uma “gracinha” para os donos de imóveis em Santa Inês e baixar o valor estratosférico do IPTU em 60%. Mesmo assim, se o metro quadrado na Rua do Comércio que era R$ 100,00 passou para R$ 1.000,00, baixou 60% desse valor, ainda assim vai pagar R$ 400,00. Um aumento de aproximadamente 300%. Ou estamos errados?

 

No assunto

 

>Pergunta-se: o que aumentou em percentuais de 300% de um ano para o outro no Brasil ou na economia mundial? Outra coisa; não houve “ampla” discussão sobre o aumento do valor do IPTU na sessão que aprovou o dito cujo. Aliás, o projeto chegou no legislativo em um dia, foi votado no outro dia (menos de 24 depois que deu entrada na casa) com tripa e tudo em uma sessão itinerante na periferia da cidade, meio que as escondidas, contra pedido de vistas e tudo e enfiado goela abaixo do contribuinte no começo do ano.

 

No assunto II

 

>Daí dizer que houve, em entrevista para a “plim-plim”, “amplo debate” do assunto no legislativo no ano passado na aprovação do projeto de lei que virou Lei, é perder o restinho de credibilidade que ainda lhe resta. Se é que resta. Menos Excelência. O projeto de Lei não passou nem pelas comissões devidas.

 

É de pior a piorI

 

> O que mostramos aqui, em primeiríssima mão em nossas páginas da edição passada, a situação dos presos que estão custodiados na Delegacia Regional, é vergonhoso para o Governo do Estado. É desumano para quem vive àquela situação. E é desconfortável para os servidores da PC em Santa Inês.

 

É de pior a pior II

 

>Tudo bem que, quem cometeu qualquer tipo de crime tem que pagar por ele, mas não vivemos no Cazaquistão ou em um desses países onde impera a ditadura o islamismo e o escambau! Aqui é Brasil, onde presos não podem viver como em pleno século 21 como se fossem escravos, acorrentados em troncos ou barras de ferro. E mais uma vez aqui chamamos a atenção do Ministério Público Estadual. Alguém tem que fazer alguma coisa para mudar esse quadro vergonhoso!

 

É de pior a pior III

 

>“Se tem um flagrante em Santa Luzia, os ‘polícias’ devem trazer para Buriticupu, se estiverem sem condução, só pegarem um ônibus que eles pegam de graça”, essa foi a frase utilizada pelo delegado Diogo Melo, responsável pela delegacia do município de Buriticupu, em conversa com policiais da delegacia de Santa Luzia. As mensagens enviadas, através de um aplicativo de mensagens, foram lidas pelo deputado estadual Sousa Neto (Pros), que tomou conhecimento de mais esse descaso com a estrutura da segurança pública do Maranhão e denunciou durante a sessão desta quarta-feira, dia 13. E pensar que este é o Governo da Mudança....pra pior?

 

 

Chumbo quente

 

Entre dois quentes e um fervendo! É assim que vai viver na Câmara Municipal o governo sem fronteiras de agora em diante.>>> Pelo menos é o que afirmam os vereadores de oposição, principalmente agora que ganhou musculatura com a adesão de novos colegas. >>>Mesmo assim, é bom abrir bem os olhos! Ribão não perdeu a “lábia” durante os dias em que passou enclausurado. >>> Quem viu as duas últimas entrevistas dele concedidas para a “plim-plim”, deu para perceber que ele não se dá por vencido. >>> Nas duas ele bravateou com vontade: “a aumento do IPTU foi amplamente debatido pela Câmara Municipal”. >>> Não foi. Repetimos; o projeto de Lei foi aprovado 24 horas depois que chegou no legislativo. >>>Nesta ele jogou contra a Câmara na entrevista. Outra: “estamos concedendo 60% de desconto no IPTU diante da crise”. >>> Isso equivale a deixar o dito cujo mais caro do era em 2015 uns 300 ou 400% em alguns casos. >>> Ribão é assim: cada vez que aparece.....desaparece no conceito popular. >>> E por hoje é só. Fomos!!!!

 

 

Postado por: Redação Agora

Categoria do Post: Coluna-do-Silveira

Data: 15/04/2016

Visitas: 808

Palavras-chave: Coluna Estado de Alerta 1102

Fonte: Da Editoria de Política

Big Systems
5740157 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 21 do mês 01 de 2020