Agora Santa Inês - MINHA MÃE

MINHA MÃE

Por Silveira (Clélio Filho)

 

Minha mãe não não foi um sonho

Foi uma feliz realidade

Tão meiga, simples, humilde

Cedo veio morar nesta cidade

 

Viveu tão poucos anos, 64 apenas

Mas esparramou serenidade

Alegria, bons exemplos e felicidade

¼ de vida doente, mas serena

 

Ensinou-nos a amar o próximo

Por aqui educou muita gente

Transformou a dor em sorriso

De fortunas disse, não preciso!

 

Educou filhos, alunos e parentes

Viveu de forma decente

Trocou a terra pelo paraíso

E deixou-nos um amor complacente

 

Um dia nos encontraremos, queira Deus

Pedir Lhe-ei perdão por ter sido ausente

Agradecerei por ser um dos filhos seus

E seremos filho e Mãe, eternamente!

 

Santa Inês/ 16:45/06/05/22

Silveira (Clélio Filho): Saudades

Mãe sem igual! Iraci Brito

 

Postado por: Redação do Agora

Categoria do Post: Entretenimento

Data: 09/05/2022

Visitas: 39

Palavras-chave: MINHA MÃE

Fonte:

Big Systems
10917036 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 18 do mês 05 de 2022