Agora Santa Inês - Bivar alerta número 1 dos EUA no Brasil sobre ataque de Bolsonaro às urnas

Bivar alerta número 1 dos EUA no Brasil sobre ataque de Bolsonaro às urnas

Reunião acontece em um momento em que autoridades americanas têm defendido o processo eleitoral brasileiro

O presidente do União Brasil e pré-candidato à Presidência, deputado Luciano Bivar (PE), re-cebeu na manhã de ontem, terça-feira, 10, na Câmara dos Deputados, o encarregado de Ne-gócios da Embaixada dos EUA no Brasil, Dou-glas Konnef, a quem manifestou preocupação com os ataques do presidente Jair Bolsonaro (PL) ao processo eleitoral. Konnef é o atual nú-mero 1 da embaixada americana no país, que aguarda a chegada da embaixadora Elizabeth Bagley, escolhida pelo presidente Joe Biden pa-ra o cargo. Segundo relatos, o americano de-monstrou apreensão com o cenário descrito por Bivar.

A audiência, que teria sido solicitada por Kon-nef, ocorre em um momento em que várias au-toridades dos EUA têm defendido o processo eleitoral brasileiro, conduzido pelo TSE (Tribu-nal Superior Eleitoral). Na semana passada, a agência de notícias Reuters revelou que o dire-tor da Central de Inteligência Americana (CIA), William Burns, se encontrou com ministros de Bolsonaro em julho do ano passado e advertiu que o governo não deveria desacreditar as elei-ções.

Em artigo publicado no jornal O Globo no últi-mo dia 30, Scott Hamilton, ex-cônsul-geral dos EUA no Rio de Janeiro, também escreveu sobre o tema. “Como cônsul-geral no Rio entre 2018 e 2021, testemunhei as formas como Bolsonaro e seus apoiadores tentaram sabotar a integri-dade do processo democrático brasileiro e su-as, em geral, espetaculares instituições demo-cráticas independentes — imprensa, ONGs, TSE, STF e o próprio sistema de votação. A in-tenção é clara e perigosa: minar a fé do público e preparar o palco para o esforço de recusar-se a aceitar seu resultado”, afirmou, em um texto intitulado “Defendendo a democracia”.

Ex-aliado de Bolsonaro, Bivar, segundo sua as-sessoria, disse a Konnef que o Brasil de hoje não é o mesmo de 1964, ano do golpe militar. “Temos instituições sólidas e as defenderemos com todo o empenho necessário”, afirmou o deputado. Bolsonaro se elegeu presidente em 2018 pelo PSL, partido que era comandado por Bivar. Os dois romperam durante o governo e o PSL se fundiu ao DEM, formando o União Bra-sil.

Levantamento feito pela MDA para a Confede-ração Nacional dos Transportes (CNT) aponta uma redução de 14 para 8 pontos percentuais na diferença entre Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro na corrida ao Planalto, números que injetaram ânimo no entorno do presidente.

Fonte: veja.abril.com.br

Postado por: Redação do Agora

Categoria do Post: Politica

Data: 11/05/2022

Visitas: 29

Palavras-chave: Bivar alerta número 1 dos EUA no Brasil sobre ataque de Bolsonaro às urnas

Fonte:

Big Systems
10917331 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 18 do mês 05 de 2022