Agora Santa Inês -

"ADOTE UMA MÃE" SUPERA A PRÓPRIA META E ENTREGA QUASE 1000 KITS ÀS MÃES

A ação visou levar carinho, cuidado e proteção em forma de kits de higiene às mamães em situação de vulnerabilidade social e econômica em 11 hospitais nas cidades de Santa Inês, Pindaré, Bom Jardim, São Luís e Imperatriz. E neste ano atravessou as fronteiras do Maranhão, alcançando até a capital do Ceará, Fortaleza.

Em São Luís Patrícia Silveira este ano de 2022 fez morada, para coordenar pessoalmente o projeto “Adote uma Mãe”. Mas contou com o apoio de dezenas de voluntários (as), inclusive até a Dra. Helena Duailibe, deputada estadual que por sua vez reconheceu no projeto uma missão muito importante. Patrícia percorreu vários hospitais da capital. Foram centenas de kits distribuídos no Hospital de Alta Complexidade Marly Sarney, no Hospital Benedito Leite, inclusive contou com o trabalho de voluntários, e assim foram três dias de visitas e entrega de kits na capital São Luís.

“ADOTE UMA MÃE” VERSÃO 2022 ATRAVESSOU AS FRONTEIRAS DO MARANHÃO

COMO SURGIU 

A campanha “Adote uma Mãe” nasceu durante a pandemia da covid19 em 2020, e foi idealizada pela jornalista  Patrícia Silveira, mãe de Prematuro que mencionou em um grupo de mulheres da cidade de Santa Inês a sua sua preocupação com as mães de Prematuros no hospital em que sua filha nasceu, ela conhecia essa realidade, e sabia que as mães precisavam desse olhar, logo porque também passou o seu primeiro Dia das Mães dentro da maternidade.  Sensibilizada pela situação a advogada Dara Carvalho se prontificou automaticamente em fazer algo. E depois de muitas conversas pelo telefone, nascia ali o projeto Adote Uma Mãe

 A CAMPANHA EM 2022

 Neste ano de 2022 foi realizada a III Edição e mais exitosa, uma vez que a cada ano que passa mais voluntários de outras tantas cidades, vão aderindo à ação. O formato da Campanha Adote Uma Mãe já recebeu o pedido para acontecer em várias cidades, e até Estados como foi mencionado anteriormente . Tudo para atender com o "mínimo" as necessidades destas mães. O que foi idealizado aqui (Em Santa Inês) , vai chegando, de forma simples, mas com força nesses lugares. E segundo as idealizadoras, para as próximas ações ou campanha a pretensão é se organizar mais ainda. 

METAS

 Ano passado (segundo ano) mais de 600 mães foram atendidas, neste ano inicialmente eram 700, e ao final foram em torno de 1000 mães.Tudo  isso, graças as pessoas que doaram em pix, em itens de higiene ou até ofertaram seus produtos nas redes sociais para angariar fundos. 

"Não conseguiríamos chegar onde chegamos sem as doações e sem a ajuda dos voluntários que se doaram incansavelmente" (afirmou Patrícia). 

A equipe Adote Uma Mãe agradece a todos que de uma forma ou de outra contribuiram para a realização de mais uma edição. 

A ONG Prematuridade.com pelo apoio e suporte. 

*Nativa Digital pelas impressões gráficas.

 * As empresas que colocaram as caixas de suporte para receber os itens.

 *A todos os veículos de comunicação que deram visibilidade a CAMPANHA Adote Uma Mãe. TV Mirante(Imperatriz e São Luís), TV Band ( São Luís), TV Difusora, ao Jornal Agora Santa Inês e ao Instagram @imperatrizonline

 

Postado por: Redação do Agora

Categoria do Post: A-Cidade

Data: 11/05/2022

Visitas: 89

Palavras-chave: "ADOTE UMA MÃE" SUPERA A PRÓPRIA META E ENTREGA QUASE 1000 KITS ÀS MÃES

Fonte:

Big Systems
10958816 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 26 do mês 05 de 2022