Agora Santa Inês - Mantida prisão  temporária de  empresário suspeito em suposta fraude na Codevasf

Mantida prisão temporária de empresário suspeito em suposta fraude na Codevasf

A Justiça Federal manteve, na quinta-feira (21), a prisão temporária do empresário Eduardo José Barros Costa. Ele foi detido na quarta-feira (20), em uma operação da Polícia Federal que investiga suspeita de desvios de recursos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) no Maranhão.

A decisão de manter a prisão foi do juiz Luiz Régis Bonfim Filho, da 1ª Vara Federal Criminal, após uma audiência de custódia realizada na capital. Na ocasião, participaram advogados do empresário, representantes do Ministério Público Federal (MPF) e da Codevasf.

Para manutenção da prisão, a Polícia Federal argumentou que Eduardo Costa teria sido surpreendido com diversos cartões em nome de empresas investigadas, o que reforçaria a tese de suposta lavagem de dinheiro e risco de ocultação do patrimônio. O empresário também se negou a apresentar documentos aos policiais, alegando que havia perdido.

O empresário Eduardo Costa, conhecido como ‘Eduardo Imperador’, permanece preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. Fonte: silviatereza.com.br

Postado por: Redação do Agora

Categoria do Post: Policia

Data: 23/07/2022

Visitas: 186

Palavras-chave: Mantida prisão temporária de empresário suspeito em suposta fraude na Codevasf

Fonte:

Big Systems
11529111 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 18 do mês 08 de 2022