Agora Santa Inês - “Minha família já mandou eu parar, mas o povo diz que pra eu continuar”, Gilcélia Gama, conheça a força de uma mulher!

“Minha família já mandou eu parar, mas o povo diz que pra eu continuar”, Gilcélia Gama, conheça a força de uma mulher!

GILCÉLIA! Mulher guerreira, corajosa, que nos últimos dias já "bateu" de frente com a mais indecente falta de respeito por parte de autoridades políticas e administrativas de Santa Inês -  esteve quase para levar um sopapo do presidente da Câmara Municipal recentemente em pleno plenário do Legislativo - “se não fosse a intervenção de um advogado na hora” - já sofreu ameaças de secretários municipais de Santa Inês, já fez BO na Polícia Civil, denúncias no MP, na PF, protocolou um  pedido de impeachment na Câmara Municipal de Santa Inês contra o prefeito Luís Felipe Oliveira de Carvalho, após a ação da PF, CGU capitaneada pelo Tribunal  Regional Federal da 1ª Região que resultou no afastamento por 43 dias do alcaide (mas a Câmara não lhe deu a mínima), partiu para uma segunda tentativa de afastar o prefeito que é voz geral, vem desconstruindo a toda e qualquer imagem positiva da cidade, sendo ele alvo de ações nas esferas Municipal, Estadual e Federal, como é de donhecimento público - e teve nos primeiros momentos dessa segunda tentativa que segue contra a vontade do prefeito e seus comandados - que passar por diversos constragimentos - a barraca instalada em frente à Câmara Municipal foi arrancada a “forceps” por subservientes  do prefeito, quando ela não se encontrava na cidade, mas os mesmos teriam deixado inúmeros “recados” ameaçadores para ela - mesmo assim ela não se intimida.  Filha de um político das antigas aqui de Santa Inês, mãe de uma criança de 1 ano, ativista política, estudiosa das causas populares, fez parte (e faz) do Centro de Estudos e Gestão de Políticas Públicas do Maranhão, coordenado pela UFMA e pela UEMA,  mais corajosa do que muitos homens por aí, esta é Gilcélia Gama de 40 anos de idade, cujo pai já foi vereador aqui em Santa Inês, comandou o departamento de obras na gestão do prefeito Biné Sabbak, fundou sindicatos, foi ruralista de respeito e hoje vice acamado, mas é um exemplo de integridade e justiça para o município que ele ajudou a criar: Santa Inês do Maranhão. Antônio Gama, ou Gama, cabeça branca, honesto, que trafegava modestamente pela cidade em uma bicicleta nem sempre nova, é o pai dessa mulher que não se curva diante das ameaças e que vem recebendo a cada dia que passa, mais e mais o apoio de parte da sociedade que quer vê-la protegida e vencer a batalha que que travou agora: coletar 5 mil assinaturas de eleitores de Santa Inês para entrar com folga com um pedido de impeachment do prefeito Felipe Oliveira na Câmara Municipal que acredita ela, não terá mais como manobrar para impedir o afastamento do prefeito. Um tarimbado político da cidade disse ao AGORA! que “é aí que mora o perigo, ou risco de Gilcélia sofrer uma tragédia, uma emboscada”. Pelo que aproveitamos para chamar à atenção das autoridades judiciais e de segurança, para que tomem as devidas providências para a proteção de Gilcélia.

A FORÇA MOTORA

A força motora que move a ativista política e defensora das mais diferentes causa populares em Santa Inês, não é o dinheiro, a fama, um diploma, mas os ensinamentos de seu pai, que respeitado por todos por décadas, e de uma educação e humildade exemplar, passou pela política local sem maiores embaraços. Mas ensinou Gilcélia a não cruzar os braços diante do sofrimento dos mais necessitados ou das “injustiças do mundo”. A batalha dela, pode não ser só dela, mas de uma população inteira. Quem quiser conhecê-la pessoalmente ou ajudá-la nessa caminhada que só os fortes combatem, é só ir na Praça das Laranjeiras e a encontrará debaixo de uma tenda doada, onde passa o dia recolhendo assinaturas de eleitores de Santa Inês para completar as 5 mil necessárias, e de onde a prefeitura municipal já tentou retirá-la, e até teria enviado um secretário para filmá-la e fotografá-la, além de segundo ela, ameaçá-la, sendo que não conseguiram retirá-la de lá, pois o DNIT, responsável pela área, lhe concedeu um “alvará” por pelo menos 30 dias, mantendo-a onde está. Esta é apenas uma pequena parte da história dessa mulher guerreira!!!  (Da Editoria -geral do AGORA!/ SAN). 

Postado por: Redação do Agora

Categoria do Post: A-Cidade

Data: 25/07/2022

Visitas: 240

Palavras-chave: “Minha família já mandou eu parar, mas o povo diz que pra eu continuar”, Gilcélia Gama, conheça a força de uma mulher!

Fonte:

Big Systems
11528896 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 18 do mês 08 de 2022