• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - Ribamar Alves  cobra obras do governador, mas abandona suas obras em Santa Inês

Ribamar Alves cobra obras do governador, mas abandona suas obras em Santa Inês

O prefeito de Santa Inês Ribamar Alves (PSB), parece ter encontrado um culpado para o fracasso de seu governo nesses quase quatro anos de mandato. O culpado de tudo seria, segundo afirmou ele em duas oportunidades, o governador Flavio Dino, seu (ex) aliado, que não vem dando “pelotas” para sua administração. Ribamar dispara firme contra Dino e diz que nunca recebeu nenhum centavo do atual governo estadual e que Flavio Dino teria abandonado as obras do hospital Macrorregional.Ribamar esqueceu-se de olhar para o próprio pé e lembrar de suas obras em Santa Inês que estão abandonadas há anos, como o camelódromo na Rua dos Operários, localizado em um dos cruzamentos mais importantes do centro da cidade, impedindo o trânsito de veículos. Construído para ser o que seria um logradouro para receber os camelôs até então, alojados às margens e nas calçadas da Rua do Comércio. O local está abandonado e serve apenas para a passagem de pessoas, o que já era permitido e mais nada. Para piorar, a engenhosa obra acabou por impedir que veículos que descem pela Rua do Comércio, alcançassem a Rua Santo Antonio, ou o Bairro Nova Santa Inês com o mínimo de facilidade. Por não ter utilidade alguma, a invenção da prefeitura começa a se deteriorar; os bloquetes estão se soltando e umas manilhas colocadas na entrada do que seria o camelódromo, cujo objetivo delas não se sabe qual seria, estão tomadas por lixo e outros tipos de dejetos. Até animais mortos já foram encontrados ali. O “não serve pra nada” é mais uma obra da atual administração que está jogada para as traças, que por sua vez, consome o dinheiro público. Outra obra que não aconteceu, foi o Mercado da Barreirinha, desde junho de 2014 que foi prometido um espaço onde os feirantes da Barreirinha teriam  um local apropriado. O prazo de entrega seria em 90 dias. O local até foi construído, mas nunca foi entregue aos feirantes. Tudo porque não passou, segundo os próprios feirantes, de uma propaganda enganosa. O local é inapropriado, muito quente e as barracas foram confeccionadas de um material inadequado. “Não dou dois meses para que essa barraca fure e deixe todo nosso peixe no chão. Olha a “finura” desse alumínio? Como iria tratar de um peixe aqui?” disse um peixeiro para a nossa equipe de reportagem.Além dessas duas obras, o lixo está engolindo a cidade, além da falta de asfalto em quase todas as ruas do município, Ribamar Alves conseguiu fechar um hospital e terceirizar o que sobrou.As reclamações de Ribamar Alves deve se tornar uma rotina de agora por diante, já que ele necessita encontrar um discurso para justificar sua baixíssima popularidade ou preferência eleitoral. A falta de credibilidade do prefeito é algo jamais experimentado anteriormente por qualquer outro prefeito e parece que a cada dia, fica mais difícil ele sair do “atoleiro” onde se enfiou.

Postado por: Redação Agora

Categoria do Post: Regional

Data: 11/06/2016

Visitas: 623

Palavras-chave: Ribamar Alves cobra obras do governador, mas abandona suas obras em Santa Inês

Fonte: Redação Agora

Big Systems
6144815 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 02 do mês 04 de 2020