• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - Mas quem é  alergista-imunologista?

Mas quem é alergista-imunologista?

O alergista-imunologista é um médico que foi treinado por dois anos para cuidar de pacientes com doenças alérgicas:-Anafilaxia (reação alérgica sistêmica)-Asma: diagnóstico, tratamento (medicamento, controle ambiental, imunoterapia, aderência, prevenção do morbidade e martaliodade, asma ocupacional)-Rinite e sinusite-Conjuntivite-Tosse-Dermatite atópica e dermatite decontato-Urticária e angioedema-Alergia e drogas-Alergia alimentar-Hipersensibilidade a venenos de insetos-Aspergilosebroncopulmonar alérgica-Pneumonia de hipersensibilidade-Doenças alérgicas ocupacionais-Imunodeficiências primárias
Para assistir pacientes com essas doenças, o médico alergista-imunolosgista é treinado especialmente na realização de procedimentos e testes que vão ajudar no diagnóstico e tratamento desses pacientes. Esses procedimentos e testes são os seguintes:-Testes para alergia (testes cutâneos, estudos in vitro)-Avaliação por testes alérgicos no contexto da história clinica -Testes de broncoprovocação (metacolina e exercício)-Instruções sobre controle ambiental-Imunoterapia com venenos de insetos-Testes de provocação com alimentos e drogas-Dessensibilização com drogas -Avaliação da competência imunológica-Terapia com imunomoduladores (ex. anti-igE, Imunoglobulina IV)-Educação (doença, medicações, monitorização)-Manejo de condições clínicas crônicas como rinossinusite, asma, conjuntivite, tosse, urticária-angioederma, eczema, anafilaxia, mesmo quando uma alergia específica não é identificada.
ASMA:  O cuidado pelo alergista reduziu visitas a serviços de emergência e hospitalizações subseqüentes; reduziu sintomas de asma e melhorou qualidade de vida; alergistas-imunologistas prescrevem corticosteróides inalados mais freqüentemente que médicos generalistas, e podem administrar de forma apropriada imunoterapia para asma e rinite, anti-IgE, medidas de de controle ambiental, que podem fornecer benefício adicional.ANAFILAXIA:  Os principais desencadeantes são alimentos, medicamentos  e agentes biológicos, látex, e picadas de insetos. Evitar desencadeantes identificados previne futuros episódios. O alergistas-imunologista é o profissional médico mais apropriado para realizar a identificação de fatores desencadeantesALERGIA ALIMENTAR: O alergista-imunologista pode aplicar e interpretar testes diagnósticos (teste cutâneos, IgE sérica específica para alimentos, testes de provocação oral), e orientar o paciente sobre dietas de exclusão e manejo de situações de emergência.URTICÁRIA-ANGIOEDEMA: Alergistas e dematologistas têm mais conhecimentos para tratar hd externo de pacientes com urticária-angioedema que outros especialistas. O alergista-imunologista pode ajudar:a) identificando fatores causais (medicamentos, fatores dietéticos, exposição a animais, fatores, autoimunidade), através de testes cutâneos, estudos in vitro, ou testes de provocação; b) recomendando mudanças em diagnosticando e tratando condições mais raras como deficiência de inibidor de C1 esterase (angioedema hereditário ou adquirido), urticária vasculite e mastocitose cutânea ou sistêmica.RINITE-SINUSITE: Alergistas-imunologistas recebem treinamento específico para  diagnosticar e tratar rinossinusites crônicas , pólipos nasais, sinusites recorrentes, rinossinusite eosinofilica crônica. A imunoterapia alérgeno-específica pode ser altamente eficaz em controlar  os sintomas de rinite, promovendo efeitos a logo prazo, e reduzindo o desenvolvimento de novas sensibilizações e de asma em crianças com rinite alérgica. O tratamento da rinite por alergista resultou em melhora da qualidade de vida, aderência e satisfação com o tratamento. 

Postado por: Redação Agora

Categoria do Post: Entretenimento

Data: 26/08/2016

Visitas: 594

Palavras-chave: Mas quem é alergista-imunologista?

Fonte:

Big Systems
5508997 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 12 do mês 12 de 2019