• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - CÂMARA DE SANTA INÊS  ADIA VOTAÇÃO DE PROJETO QUE BENEFICIARIA POPULAÇÃO

CÂMARA DE SANTA INÊS ADIA VOTAÇÃO DE PROJETO QUE BENEFICIARIA POPULAÇÃO

A Câmara Municipal de Santa Inês, na sessão ordinária realizada no dia de ontem sexta-feira (11), da qual todos os 17 vereadores compareceram, foram debatidos vários assuntos no decorrer da mesma.

Os vereadores abriram a sessão homenageando o Dia do Advogado, comemorado ontem, com vários discursos enfatizando o valor do advogado para a sociedade em geral. Em seguida foram feitas homenagens ao Dia dos Pais, exaltando o papel dos pais “para a formação do caráter dos filhos, a figura em que o filho se espelha, não somente como o provedor de dinheiro, mais sim como um herói que cada pai é”, conforme frisou em discurso o vereador Filho da Farmácia.

Por sua vez, o vereador Pedro Tavares com toda irreverência que esbanja de sua pessoa, foi à tribuna e destacou alguns pontos sobre a estrutura da Câmara Municipal, tais como as três bandeiras que foram substituídas, pois segundo o mesmo “as bandeiras antigas estavam enferrujadas”, também ressaltou como as caixas de som estavam instaladas de uma forma que desagradava a todos, sugeriu que as caixas de som deveriam ser embutidas na parede.

VEREADORES PEDEM VISTA

Entretanto, quando a vereadora Paizinha sugeriu que fosse posto em votação o Projeto de Lei de autoria do Executivo Municipal, assinado pela prefeita Vianey Bringel, que diz respeito aos repasses  da Vale aos municípios que são cortados pela Estrada de Ferro Carajás, para serem usados pelas prefeituras em ações sociais, os vereadores Siqueira e Uchôa, se opuseram e pediram vistas do projeto, adiando para a próxima sessão a votação de um benefício há muitos anos devido à população. Eles alegaram em síntese, que o projeto em tela havia chegado esta semana na Câmara, não havendo portanto, tempo para analisá-lo melhor. Alguns colegas do vereador Uchoa, falando à reportagem do AGORA, estranharam essa atitude dele, vez que na gestão passada, um projeto de lei enviado pelo executivo municipal horas antes do início da sessão, era levado ao plenário e aprovado sem que passasse por nenhuma comissão, fato esse registrado várias vezes. Os que questionaram a atitude de Uchoa, disseram ao AGORA que houve sim, tempo para que o projeto enviado pelo Executivo Municipal fosse examinado minunciosamente, mas alguns vereadores só  comparecem no legislativo no dia da sessão, o que inviabiliza a análise de qualquer projeto que esteja na Câmara em algumas comissões.    

Postado por: Paulo Silveira

Categoria do Post: Politica

Data: 12/08/2017

Visitas: 152

Palavras-chave:

Fonte: Da Redação do Agora

Big Systems
2266044 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 17 do mês 08 de 2017