• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - OBRIGADO MÃE APARECIDA PELA TUA VISITA!

OBRIGADO MÃE APARECIDA PELA TUA VISITA!

Não era o segundo domingo do mês de maio, tampouco o dia 12 de outubro, porém, era o dia de dedicar homenagens à nossa Mãe, a Mãe de Jesus, Nossa Senhora Aparecida. Poderia ser um dia comum como os outros, mas, Deus se encarregou de torná-lo mais especial em virtude da graça da visita da imagem peregrina da Padroeira do Brasil por nossa cidade, Santa Inês, Maranhão.Em seu canto, Pe. Zezinho ressalta “Como é bonita uma religião que se lembra da mãe de Jesus”, e realmente, como foi bonito ver o povo honrando a Mãe Daquele que “nos predestinou para sermos seus filhos adotivos por intermédio de Jesus Cristo” (c.f. Ef 1,5). Foi bonito ver tantos fiéis acordarem cedo para acolher a pequenina imagem de Aparecida com tanta empolgação. A fé e a devoção eram expressas além do coração; faixas, balões, cartazes, camisetas religiosas e terços que eram rezados à Virgem Maria, tudo era uma demonstração de carinho de um povo à sua mãe.

O que falar daquela caminhada, tão significativa? Pessoas de transporte, a pé, descalças ou não, mas, seguiam com o mesmo ideal, acolher a imagem de Nossa Senhora, mesmo que fosse apenas uma imagem, porém, lembrasse a Mãe de Jesus. Crianças, jovens, adultos ou idosos, formando a numerosa multidão que saudava com júbilos a Rainha e Padroeira do Brasil que já se encontrava em nossa cidade. O som da sirene do caminhão do Corpo de Bombeiros juntava-se ao som das vozes dos peregrinos que cantavam as mais belas canções, era uma emoção que não cabia no peito!

Nos andores, altares e berlinda, as flores eram expressão máxima da alegria do povo santainesenseque lotavam os lugares por onde a imagem peregrina passava. Isso mesmo, Casa cheia em todo lugar: Comunidades enfeitadas e preparadas para receber os seguidores da Mãe de Jesus, e, principalmente a Visitante tão querida e esperada. Missas em horários não tão comuns aos de costume, não foram empecilhos para aqueles que viam de longe ou de perto para agradecer e suplicar. As cerimônias das Vestes e do Manto da imagem de Nossa Senhora em tamanho real durante as duas primeiras missas deixavam as lágrimas caírem dos olhos e concentrava, além da emoção, o silêncio orante. Cada visita, um sentimento diferente, até mesmo nas ruas, quando se ouvia o “Viva Mãe de Deus e nossa”, a emoção de ver as pessoas acenando, demonstrando carinho e respeito a Nossa Senhora.Quando pensávamos que a emoção já havia alcançado seu momento mais alto do dia, nos deparamos mais uma vez com a multidão que acompanhava a procissão das velas pelas principais ruas da cidade. A noite silenciosa chegava, mas o povo não dava lugar ao cansaço, por onde a procissão passou, um caminho luminoso se formou pelo clarão das luzes que o povo carregava. Do trio, lá no finalzinho da procissão, se ouvia aquela canção “Nossa Senhora das milhões de luzes, que meu povo acende para te louvar”.

Na chegada da procissão à Igreja Matriz, o coração batia mais forte, pois a Igreja ficou pequena para os milhares de fiéis que queriam participar do último momento na presença da imagem peregrina, onde foi o momento mais alto da programação, a Missa em ação de graças pela visita da “Mãe” em nossa paróquia. Louvores, liturgia festiva, leitores e músicos afinados! Um tom solene tomava conta da noite bendita, de alegria e fé. A voz forte da assembleia demonstrava a agitação daqueles que não davam vez ao cansaço. A Coroação da Imagem concentrou atenção da igreja silenciosa que se emocionavam nos mínimos detalhes vividos.

Queridos devotos de Nossa Senhora seja ela, de Fátima, das Graças, do Rosário, das Dores ou Conceição, o que temos para apresentar é a nossa gratidão, que será eterna, aquela felicidade e lembrança que ficará para sempre em nossa memória. Aquela sensação de tudo realizado com o carinho que a Virgem Maria merece. Ao nosso povo guerreiro, fiel e, acima de tudo, de fé, nosso OBRIGADO pela participação em massa no tempo em que a Imagem Peregrina ficou em nossa paróquia.

Que Maria, Mãe de Jesus, Rainha e Padroeira do Brasil, o Perpétuo Socorro do povo brasileiro, continue aparecendo no coração dos homens e mulheres, principalmente dos pobres, aqueles que precisam de carinho e proteção.

“Mãe Admirável, ó Mãe Peregrina, a tua visita aquece, ilumina, pois trazes contigo teu Filho Jesus, que é vida, caminho, verdade e luz”.

 

Pe. José Marinho Sobrinho, Pároco.
Comissão de Comunicação Paroquial

Postado por: Redação Agora

Categoria do Post: A-Cidade

Data: 24/08/2017

Visitas: 540

Palavras-chave:

Fonte:

Big Systems
7382161 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 21 do mês 09 de 2020