• Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - COLUNA DO SILVEIRA 1371

COLUNA DO SILVEIRA 1371

“POR QUE ESTÁS ABATIDA, Ó MINHA ALMA, E POR QUE TE PERTURBAS DENTRO DE MIM? ESPERA EM DEUS, POIS AINDA O LOUVAREI. ELE É A SALVAÇÃO DA MINHA FACE E O MEU DEUS”. Salmo 42/11.

Olá, bom dia! Feliz NATAL! Olha só onde viemos parar! Bem aqui na página 12, e isso se não quiséssemos ficar (de) fora desta preciosíssima edição. Mais rapá, como assim? Sim, e olha que esta edição Especial de Natal tem 24 páginas, 12 delas em cores e muito coisa pra contar. O certo é que estamos aqui, e agradecidos a Deus por mais uma edição de Natal, a 17ª edição natalina nesses 17 anos de existência, o que quer dizer que o AGORA cada dia mais, faz história. Bom, esta é a edição (arre!) 1.371 que circula neste sábado dia 22 de dezembro. Rogamos a Deus que todos nós tenhamos um belo dia, um bom final de semana, um excelente Natal e que ele nos abençoe muito, onde estivermos. Amém!

BAZAR DO ILA COM ISABELLA

Na próxima edição traremos uma matéria especial sobre como foi o Bazar realizado pela Revista Agora e Jornal AGORA, em prol do ILA – Instituto Lucas Augusto, que contou com a presença de Isabella Silveira, que doou cerca de 80% das peças que foram vendidas, e de dezenas de pessoas que foram lá prestigiar o evento que foi realizado no Auditório da CDL. Parabéns a quem comanda essa grande instituição de filantropia, que não se cansa de correr atrás de recursos para ajudar dezenas, centenas de famílias carentes, seja com cestas básicas, roupas, presentes, doação de sangue, equipamentos de mobilização, etc. O AGORA tem um foco voltado para o ILA, mas é preciso que mais empresas e instituições públicas, se envolvam, ajudando a quem ajuda tantas famílias carentes de Santa Inês. Deus os recompensará!    

 

OLHA QUE EXEMPLO!

Oeiras, primeira capital do Estado do Piauí, conseguiu atingir nota 7,1 no Ideb, índice maior do que o esperado para o país em 2021. A qualidade do ensino público já fez três escolas particulares  de lá fecharem por falta de alunos. O dia amanhece “bonito pra chover” no inverno de Oeiras. Na cidade do sertão do Piauí, dezembro é um alívio ao temível be-erre-ó-bró, como é popularmente conhecida a temporada de calor intenso, superior a 40 °C, dos meses terminados em b-r-o. As chuvas que esverdeiam a paisagem trazem diferentes desafios para quem trabalha com educação no município de 37.000 habitantes. Se o ar condicionado, ou a falta dele, já não preocupa tanto, é a frequência das crianças às aulas que toma o protagonismo. Quando o rio Corrente transborda, alunos da área rural ficam isolados. Na cidade, muitos pais decidem que o aguaceiro é justificativa para poder faltar. E dá-lhe a direção das escolas ligar ou bater nas portas para cobrar presença. “Se chuva fosse desculpa, em São Paulo não haveria aula”, argumentam.( Fonte: El País)

 

EFEITO BOLSONARO

“Facada” nos recursos de Senai e Sesi acabaria com 25 mil vagas para jovens maranhenses. A “facada” prometida pelo futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, nos recursos do Sistema S teria efeitos “devastadores” sobre programas de educação técnica e serviços de saúde prestados à população da região Nordeste do país que beneficiam, principalmente, jovens e trabalhadores de baixa renda. No Maranhão, o impacto pode comprometer até 30% dos recursos do Senai e acabar com mais de 17 mil vagas de cursos técnicos profissionais por ano no estado. Além disso, o corte orçamentário no Sistema S fecharia três escolas da instituição de formação profissional dos maranhenses. No Sesi, mais de 8 mil estudantes do ensino básico e de educação de jovens e adultos podem perder a oportunidade de estudar porque três escolas de formação profissional da educação básica da instituição podem ser fechadas no estado. (Da Agência Rádio Mais)

 

SEGURANÇA NA FERROVIA

As equipes da Vale já colocaram em campo a campanha de segurança de fim de ano, reforçando os cuidados para cruzar a linha férrea sem riscos de acidentes. Com o tema "Boas Atitudes, Boas Festas", a iniciativa traz como mensagem principal a celebração consciente das festas natalinas e de réveillon, onde o consumo de bebida alcóolica costuma aumentar. O trabalho inclui a distribuição de calendários, panfletos, mensagens em rádio e blitzen de orientação em pontos estratégicos ao longo dos 900 quilômetros da ferrovia, que liga o Maranhão ao Pará. Atualmente a EFC é considerada a segunda ferrovia mais segura do país, segundo a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT). Com os investimentos realizados este ano em tecnologia, monitoramento, construção de novas travessias e campanhas junto às comunidades, a EFC deve ocupar a liderança deste ranking até o fim de dezembro, beneficiando as 1.300 pessoas que utilizam diariamente o Trem de Passageiros.

 

MAGIA DO NATAL NAS ESTAÇÕES

Nos dias 22 e 23 de dezembro, o Vagão Social do Trem de Passageiros vai receber uma série de oficinas criativas, intervenção teatral sobre convívio seguro com a ferrovia e também a "Árvore das Boas Atitudes", que fará com que os passageiros reflitam sobre como o seu comportamento é fundamental para evitar ocorrências. Além disso, todas as estações ferroviárias no Pará e Maranhão (São Luís, Santa Inês, Açailândia, Marabá e Parauapebas) também vão receber a presença do Papai Noel durante o embarque, lembrando que é preciso comemorar as festas com segurança. (Da Assessoria da Vale)

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Coluna-do-Silveira

Data: 22/12/2018

Visitas: 203

Palavras-chave: COLUNA DO SILVEIRA 1371

Fonte:

Big Systems
4129415 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 18 do mês 01 de 2019