/Polícia
31/07/2013 09h47

Dois suspeitos de participação em assassinato de ex-deputado foram detidos ontem

Antonio Velho e Valdeth

A polícia deteve, na manhã de ontem, terça-feira (30/7), dois homens identificados como Valdeth e Antonio Velho, suspeitos de participação na morte do ex-deputado Edilson Peixoto, em 25 de julho, em Dom Pedro.
Uma operação, iniciada por volta das 6h, visava dar cumprimento aos mandados de busca e apreensão e prisão temporária expedidos contra como Valdeth e “Tonho Digo”, irmãos do ex-vereador Diogo Gomes de Freitas, executado no dia 12 de julho, na cidade de Dom Pedro, e também contra “Galego”, “Antonio Velho” e “Vandim”.
Os irmãos de Diogo Gomes são acusados de mandarem matar o ex-deputado Edilson Peixoto, conhecido como “Peixotinho”, para vingar a morte do parente.
De acordo com informações repassadas pelas autoridades policiais que investigam o crime na cidade de Dom Pedro, uma das linhas de investigação era a ligação entre a morte do ex-vereador e a do ex-deputado, pois seria um crime de vingança em curto espaço de tempo.
Ainda segundo informações da fonte policial, existem comentários de que os irmãos de Diogo iriam mandar matar quem eles imaginassem que tivesse participado do crime.

A operação foi em conjunto Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), através da Delegacia Regional de Presidente Dutra, comandada pelo delegado Paulo Franco, e policiais militares da comandante da 11ª Companhia Independente de Presidente Dutra.