/Polícia
10/01/2014 17h13 - Atualizada em 11/01/2014 12h52

MULHER É VÍTIMA DE ATENTADO A BALA NA VILA MILITAR E ESCAPA DA MORTE POR MILAGRE

Momento em que a vítima é alvejada por um dos  três disparos

  Uma mulher escapou por pouco de morrer em um atentado no início da manhã de ontem, sexta-feira (10) ao se dirigir para uma academia da cidade. Câmeras de segurança gravaram o momento em que o homem atirou contra ela.  
O caso aconteceu por volta das 6h na Rua Frei Damião, na Vila Militar em Santa Inês. Um homem em um carro modelo Strada de cor verde musgo, parou próximo a residência da vítima de nome Gracilene Alencar Camelo, por volta das 5h e 30min, para esperá-la sair. As 6h da manhã Gracilene abriu o portão de casa e saiu para seguir para a academia, como faz todos os dias, foi quando o atirador se aproximou e de dentro do veículo, disse apenas “bom dia” e disparou três vezes contra a Gracilene, mas apenas um dos tiros atingiu o braço esquerdo dela.
Segundo parentes da mulher ela percebeu quando o homem puxava a arma da cintura e correu. Os disparos foram feitos por uma pistola .40 (ponto quarenta).
“Ela  percebeu que o homem estava puxando uma arma e correu. Ela realmente pensou que iria morrer”, disse uma tia da vítima.
O atirador fugiu após os disparos, enquanto Gracilene recebia socorro. Ela foi encaminhada para o Hospital Tomaz Martins e no final da tarde foi transferida para São Luis onde passará por uma cirurgia. De acordo ainda com os parentes da vítima, atualmente ela não estava namorando e disse não ter rincha com ninguém.
Um projétil e duas capsulas foram encontradas pela Polícia Civil que está investigando o caso. Imagens de câmeras instaladas no perímetro onde ocorreu a tentativa de homicídio estão com os policiais que procuram cada detalhe com o fim de esclarecer o caso e prender o criminoso. Eles já têm pistas, mas não revelaram para não atrapalhar as investigações. Veja o vídeo do atentado no site do AGORA. (www.agora santaines.com.br)

Projétil e cápsulas foram encontradas no local do crime