• Agora Santa Inês - camp
  • Agora Santa Inês - camp
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - COLUNA DO SILVEIRA 1593

COLUNA DO SILVEIRA 1593

“Dai-me Senhor, a verdadeira paz, aquela de Espírito, pois a paz da riqueza, pode até encher-me os bolsos, mas esvaziarão minha alma. Dai-me também um coração manso e humilde, mas não covarde e arrogante. Dai-me uma vida no Bem”. Clélio Silveira Filho.

Olá, bom dia! Olha nós aqui de novo outra vez, firmes, fortes e rente no batente que nem pão quente! Hoje é quarta-feira, 14 de abril de 2021, caminhando e seguindo na direção certa, ou pelo menos tentando. Não abrimos mão de nossa missão de informar e de fazer antes de tudo, jornalismo. Sabemos de nossa responsabilidade e da credibilidade que nos depositam milhares de leitores. Aqui, o que se escreve ou é, ou foi ou será, e a gente sabe que antes de tudo, o nosso compromisso é com a população de Santa Inês. Sem amarras e sem compromissos que não seja este, seguimos com as graças de Deus, na batalha do dia a dia. Esta edição desnuda um pouco mais a atual gestão municipal, que por inexperiência que passar a ideia de que tudo vai bem, quando na verdade sob o ponto de vista da população, não é bem assim. Em nossas páginas, ao menos três ou quatro assuntos são abordados sobre a atual gestão, e, caso estivermos cometendo algo que não seja verdadeiro, disponibilizamos nossas páginas e espaços para a versão da Prefeitura. No mais, rogamos a Deus que ele siga nos abençoando – a todos, inclusive os que estão no comando ou em outras atividades, sejam quais forem, na gestão municipal – e toda a população de Santa Inês, e que essas bênçãos nos alcancem onde estivermos. Amém!

 

VAI FALTAR VACINA

Se você é da faixa etária de 65 anos para baixo, salvo engano ou tenha chegado uma nova remessa de hoje para amanhã, vai faltar vacina para essa primeira dose aqui por Santa Inês em dois ou três dias. Sobram vacinas da D2, e faltam da D1. Ontem chegaram da D1 pouco mais de 400 doses. Já da D2 tem pra mais de 3.200 doses aqui em Santa Inês.

 

90 DIAS

Ligaram para o AGORA para lembrar que o prefeito Luís Felipe prometeu em campanha, colocar em funcionamento nos primeiros 90 dias de sua administração, o Centro de Hemodiálise do município. Ah, foi? Então quem apostou nisso perdeu a aposta.

 

ILUMINAÇÃO PÚBLICA

A briga é grande, a maioria não quer brigar, mas a minoria quer. E no Brasil é sempre a minoria que consegue tirar das gavetas e de debaixo do tapete, o que muitos políticos escondem. Exemplo; a CPI que vai investigar Bolsonaro. E assim por diante. É que a maioria está sempre mais confortável em seu dia a dia. A taxa de iluminação pública, salvo engano, quem conhece mais dela por aqui, é o Jornal AGORA que tem tudo arquivado, brigou, levou pancada, mas não largou o calcanhar do então prefeito Ribamar Alves e seus aliados na Câmara. Ele teve a pachorra de aumentar a taxa de iluminação pública entre 700 e 1.000% e fez valer isso, com uma câmara que lhe batia continência, até quase o fim de seu mandato, quando mandou um outro Projeto de Lei para a Câmara, reduzindo o valor da taxa – CIP – (esta é a sigla que está na conta de energia) Contribuição de Iluminação Pública – conforme o decreto que foi sancionado pelo presidente da edilidade Orlando Mendes. Agora, se não foi implantado no governo de Vianey Bringel, é como diz o Ademarzinho, passaram-se os quatro anos e ninguém tocou no assunto na Câmara. Os vereadores ficaram igual a poste sem se mover nessa direção. Agora, Sargento Oliveira e outros da minoria desenterraram o tal decreto e tinha mais que fazer isso mesmo. A taxa de iluminação pública em Santa Inês é um “roubo!”.  Chega às vezes a ser algo em torno de 6, 7 e até 10% da conte de energia. Exemplo: conta de energia de 400 reais. Taxa da CIP; 35,00. Isso é quanto por cento?

 

DETALHE

Tem sim que ser levado adiante, a gente paga taxa de iluminação pública, mas anda no escuro. Até na Rua do Comércio. Agora, se puder esperar um pouquinho mais para mexer com isso, devido a pandemia, tudo bem. Aí alguém vai dizer, tudo bem uma ova! É agora na pandemia que ninguém tem dinheiro para tanto. É, vai ver que é isso mesmo. E de mais a mais, como disse a vereadora Maria Alves, “temo que defender o povo, somos vereadores para isso”. Também isso é verdade. Logo...mãos à obra!

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Coluna-do-Silveira

Data: 14/04/2021

Visitas: 388

Palavras-chave: COLUNA DO SILVEIRA 1593

Fonte:

Big Systems
9412028 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 23 do mês 06 de 2021