• Agora Santa Inês - camp
  • Agora Santa Inês - camp
  • Agora Santa Inês -
  • Agora Santa Inês -
Agora Santa Inês - MORTES ANUNCIADAS HOJE EM SANTA INÊS NA PARTE DA MANHÃ IMPACTAM MAIS A CIDADE E SERVEM DE ALERTA À POPULAÇÃO

MORTES ANUNCIADAS HOJE EM SANTA INÊS NA PARTE DA MANHÃ IMPACTAM MAIS A CIDADE E SERVEM DE ALERTA À POPULAÇÃO

 

 

 

Foto - José Ribamar Silva Santos, o Zequinha de Eliezer, de 65 anos, ao lado do irmão também já falecido Dr. Eliezinho, ex-secretário de Obras de Santa Inês

 

Foto - O empresário Cícero Batista Lopes de Sousa, o Batista, foi a óbito também na manhã de hoje no Hospital Macrorregional de Santa Inês

 

 

Foto – A Associação Comercial e Industrial de Santa Inês publicou Nota de Pesar

 No meio da manhã desta quinta-feira (29), começou a circular nas redes sociais com pequenos intervalos entre um caso e outro, as notícias das mortes do empresário Cícero Batista Lopes de Sousa, o Batista, dono de lojas no setor comercial de Santa Inês, pessoa muito conhecida no comércio local, e do comerciante José Ribamar Silva Santos, o Zequinha de Eliezer, de 65 anos, morador desde que nasceu na Rua da Barreirinha (hoje um trecho conhecido como Avenida Governador José Sarney) centro da cidade,  onde tinha um comércio de vendas de bebidas para abastecer outros comerciantes da região. O pequeno comércio de Zequinha de Eliezer ficava em frente à antiga Policlínica do Dr. Henry, onde hoje funciona uma policlínica estadual.

AS MORTES E A COVID19 ZEQUINHA DE ELIEZER

Ele estava internado  em uma UTI de um hospital de São Luís, já em torno de mês, diagnosticado com covid19, mas não resistiu a doença e foi a óbito no começo desta manhã. De família tradicional de Santa Inês, de vários irmãos, todos conhecidos, inclusive o mais popular deles, o engenheiro civil Eliezinho Santos, que foi um dos primeiros santainesenses a conquistar um  diploma de um curso superior ainda pelo começo da década de 70, e que chegou a ser secretário municipal de Obras de Santa Inês, no governo do então prefeito Ribamar Alves, e que faleceu a cerca de dois ou três anos devido a vários problemas de saúde.  A notícia da morte de Zequinha de Eliezer causou muita comoção entre seus familiares e amigos. A família não anunciou ainda se o corpo vai ser sepultado em São Luís, o que é mais provável, diante dos protocolos sanitários, ou se virá para ser sepultado em Santa Inês.

SEU BATISTA

Já o empresário Cícero Batista Lopes de Sousa, o Batista, foi a óbito também na manhã de hoje no Hospital Macrorregional de Santa Inês - onde também se encontrava internado havia mais de mês -  em consequência de infecções provocadas pela Covid19. Seu corpo foi levado para ser sepultado em sua terra natal, no Ceará, saindo daqui  no começo da tarde por volta das 12:20h. A Associação Comercial e Industrial de Santa Inês publicou Nota de Pesar, onde lamenta profundamente a morte de Batista, como era conhecido. O Jornal AGORA Santa Inês e a família Silveira, também se unem ao sofrimento de ambas às famílias enlutadas, ao mesmo tempo em  que rogam  a Deus que conforte os familiares dos mesmos e os receba em um bom ligar. (Da Editoria de Cidade do AGORA)   

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: A-Cidade

Data: 29/04/2021

Visitas: 1430

Palavras-chave: MORTES ANUNCIADAS HOJE EM SANTA INÊS NA PARTE DA MANHÃ IMPACTAM MAIS A CIDADE E SERVEM DE ALERTA À POPULAÇÃO

Fonte: Editoria de Cidade do AGORA

Big Systems
9416929 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 23 do mês 06 de 2021