Agora Santa Inês - COLUNA DO SILVEIRA 1610

COLUNA DO SILVEIRA 1610

“Talvez seja tarde para que ricos e pobres que ignoram A Deus  e Seus preceitos de vida, sejam beneficiados com o perdão dos pecados na hora da morte. A que te unires por aqui, também servirá para te unir na vida eterna”. Clélio Silveira Filho, do Livro Gotas de Reflexão Espiritual parte II.

O

lá, bom final de semana! Fechamos esta edição propositadamente depois que saiu o balanço do dia sobre o número de mortos pela covid19 no Brasil. Fato esse que foi divulgado por volta das 21 horas deste sábado, 19 de junho. 500.868 mortos. Uma tragédia jamais vista neste país de 521 anos. Parece até ironia, mas é como se tivéssemos pagando com  MIL vidas por cada um desses 521 anos. Mas é claro que uma coisa não tem nada a ver com a outra. O mundo...o planeta vive essa pandemia desde o começo do ano passado, e o Brasil desde março do mesmo ano. O problema está na forma como cada país tratou seus cidadãos e cidadãs com relação ao Coronavírus/Covid19.

Aqui no Brasil, fomos (e somos) vítimas da politização da doença, do negacionismo, do desrespeito à ciência, do atraso proposital na aquisição de vacinas, da irresponsabilidade de quem vive no mundo da lua e jura que a terra é plana e não redonda. Quanta dor isso tem nos custado. Não sofremos só pelos nossos, mas por todos àqueles que derramam rios de lágrimas nos quatro cantos do Brasil, enquanto o presidente desfila de moto, de jet-ski, de helicóptero, a pé mesmo, ou no avião presidencial onde de Norte ao Nordeste, de preferência, passeia à guisa de inaugurar uma obra ou entregar algumas centenas de títulos de terra, momentos esses em que ele aproveita para “enterrar” mais e mais moralmente este país. Não somos a favor de Lula (aliás, nunca fomos), nem de A ou B, pelo menos por enquanto. Agora somos antes de tudo Brasil...Maranhão... Santa Inês e Região. Mas uma coisa é certa; não batemos palmas nem de unhas para quem se mostra ser tudo, menos um ser equilibrado e correto o quanto pregam em seu nome, pois nem ele assume que o é. Até porque ninguém, fora seus apoiadores, o levam sério. Seguimos enterrando nossos mortos, a cada dia 2 mil ou mais, e por aqui em Santa Inês 1, 2 ou mais, só em junho foram 19 até ontem, dia 18. Mas uma coisa é certa; não fugimos de nossa missão que nos foi dada por Deus. Deus que não nos fez medroso e nem omisso. Que não  deixa que nos imponham a pecha de covarde, e que nos livra dos inimigos desde quando há mais de 53 anos, nos decidimos por essa profissão. Seguimos em frente...chorando...tristes...saudosos, e lamentando cada vida perdida. Mas temos a certeza de que Deus nos quer cuidando da profissão que ele nos deu. Da sabedoria, do discernimento, da Fé que temos e nos mantém de pé, a serviço de uma coletividade, e que, se o que escrevemos por aqui, ajudar a salva uma vida, já vai ter valido a pena! Que ele continue a  nos abençoar  a todos que o tem como grande e único Senhor de nossas vidas, e que essas bênçãos nos alcancem onde estivermos. Senhor Deus, cuida dessas 500 mil e 868 almas, vítimas da incompreensão humana! Amém!    

PUBLICIDADE

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Coluna-do-Silveira

Data: 21/06/2021

Visitas: 235

Palavras-chave: COLUNA DO SILVEIRA 1610

Fonte:

Big Systems
9660138 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 03 do mês 08 de 2021